Joana Santana Dias

Na primeira página do DN, mercê de uma publicidade engraçadinha da TSF, aparecem sobrepostos os rostos de Joana Amaral Dias e Pedro Santana Lopes. Melhor dizendo, a metade esquerda do rosto dela (que publicamente se assume de esquerda) funde-se com a metade direita do rosto dele (que publicamente se assume de direita). Além do perigoso subtexto da imagem (esquerda e direita transformando-se numa só e mesma coisa…), choca-me a ideia de um eventual clone que cruzasse o DNA das duas figuras. Como é que seria o discurso de uma tal quimera? E quem levaria a melhor: a menina guerreira soarista ou o engatatão com excesso de rímel?

3 thoughts on “Joana Santana Dias”

  1. Caro João Vasco, precisa de ir ao oculista.

    O que tem a ver uma mulher interessante, com o pintas com o cabelo cheio de banha….

    A Joana goste-se ou não tem ideias, o Lopes tem uma ambição desmedida de poder, mas o excesso de banha no cabelo, dificulta qualquer rasgo ….

    Aliás toda esta campanha contra a Joana cheira á distância a misoginia, porque não referem a Teresa Caeiro, a deputado do PP, essa sim só petulância, e muito pouco sizo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.