ASPIRINAB.COM

Amigos, Senhores e outros Mortais,

Lamentamos interromper o vosso serão.Está o Tiago Martim a lavar a louça, está a Soraia Vanessa a deitar os miúdos, está a Dona Gilda quase quase a acabar o sodoku, está o Doutor Gustavo, de fones postos, na lição 7 do harpsicórdio – e vimos nós desassossegar tão amável mundo. Custa-nos sobretudo interromper o Gato Fedorento, que tão promissoramente nos precedeu na passagem destas bloguíticas paragens para sítios se possível ainda mais vistosos. Mas, vai ver já, a interrupção tinha mesmo de ser.É que, Senhores, Mortais e outros Amigos, nós estamos noutra. Percebeu bem: o Aspirina está noutra. Onde? Onde? Isso agora… Para achar coisa apelativa, investigámos, estudámos, suámos, fizemos três biliões de operações por segundo. Mudávamos os parâmetros, fazíamos rotação de algoritmos, e o resultado era sempre, sempre o mesmo. Este:

aspirinab.com

Só. Só assim. Nem uns dâblius para uma última hesitação, um último desvio.

Rendemo-nos, pois. Migrámos. Transumançámos. Com armas e bagagens, lá fomos instalar-nos. Já aqui estamos. Já aqui estávamos. Foi o segredo mais bem guardado do século. E ainda ele é uma criança.

7 thoughts on “ASPIRINAB.COM

  1. What a Revolution! Huge capitals to cross the blood barrier in small brains. Pathetic!

    And he was right after all. This blogue was (and continues to be) extremely UGLY.

  2. Por favor, reconsiderem, não terminem com o Aspirina B. Se foi por alguma que se disse, desculpa, Venâncio. Se foi por alguma coisa que não se disse, Vanâncio, desculpa. Desculpem os outros se não sei os nomes mas até nisso vocês são parecidos com os Gato Fedorento. Venance, por favor, não acabes com o Aspirina.

  3. “Deus não pôs os ceptros nas mãos dos príncipes para que descansem, senão para trabalharem no bom governo dos seus reinos”
    Testamento Político de D. Luís da Cunha ao futuro Rei D. José I.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.