8 thoughts on “sentem-se onde quiserem”

  1. Meus caros, eu sei que já disse isto, mas com esta coisa da casa nova quer-me parecer oportuno repetir. Não me levem a mal, evidentemente. Aliás, não me levem de todo, que a choradeira cá em casa não se poderia ouvir, digo eu.. (e all and only the best para a casa nova).

    Blog’residentes:

    Venho lendo os vossos comentários, post apost post, e vem-me´à memória um dos sítios mais agradáveis para se estar e beber café em Ponta Delgada.
    Chama-se ‘Tabacaria’ e é um café, esplanada e salão interior com balcão e mesas, por onde se entra; mais à frente tem um balcão de tabacaria, com utilidades várias, brinquedos, tabaco, isqueiros, jornais e revistas. E lá ao fundo, bem ao fundo e à direita tem uma boa sala de leitura com pequena biblioteca, para sentar e ler. Ás vezes, no mais das vezes, é tanta a gente e a barulheira nas primeiras duas salas que ninguém chega à da leitura. Ou se chega, não há leitura em condições com tanto fait divers.
    Deixei de ler na ‘Tabacaria’ por causa da confusão. Quando lá vou agora, raramente, é só pelo café. E pela confusão, também, um bocadinho. Não para ler.

    Tabaspirina?

    rvn

  2. Meu Caro RVN
    O Mário Serpa agradece os cumprimentos, retribui, e está à espera de mais pescarias.
    Um abraço.
    Daniel

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.