Presumo que preferem aquilo a que se designa como jornalismo

“Presumo [que os espanhóis da Prisa] preferem aquilo a que se designa como “jornalismo neutro”, onde não há sentido crítico.”
Manuela Moura Guedes, Magazine/Correio da Manhã, 05-02-06

3 thoughts on “Presumo que preferem aquilo a que se designa como jornalismo”

  1. Ou talvez prefiram uma clareza de papeis: que os pivôs sejam pivôs, os comentadores sejam comentadores, os jornalistas sejam jornalistas. Agora, uma pivô que vai semeando comentàrios estilo bitaite, que parece querer re-editar as peças dos seus colegas, que pensa conseguir disfarçar a falta de argumentos com a agressividade vocal: quem é que havia de preferir isso? Só mesmo o marido…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.