Para dizer a verdade

Eu cá não gosto de gatos. Odeio gatos! São muito livres, independentes, autónomos mas depois aparecem para comer a paparoca que eu compro com o dinheiro de não ser livre, independente nem autónomo. Chulos! Domesticados no que interessa. Se é para isso, mais vale ter um filho adolescente. RMD

7 thoughts on “Para dizer a verdade”

  1. É exactamente por isso que eu adoro gatos. O gato que vive comigo é um amigo, não um servo.
    Quanto a ser igual a ter adolescentes, basta dizer que um gato não te aparece em casa com um filho ao colo. É que um gato podes castrar, um filho adolescente já é mais complicado. ;)

  2. É exactamente o que fazem os filhos adolescentes. Só adolescentes atrasados mentais ou reprimidos não se sentem livres e autónomos, aparecem depois para comer a paparoca e já agora pedir mais algum para voltarem a ser livres.
    Resultado: igual ao gato, mas mais caro.

  3. Com a diferença que um filho adoelescente sai mais caro. E se for filha, arrisca-se a ter que sustentar também um neto… Já para não falar no preço a que estão as pastilhas de ecstasy…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *