Meu Deus…

cover_art.jpg

Pela primeira vez desde o fim de Novembro, passei um dia sem pôr olhos em cima desta página. De regresso a Lisboa, já a meio da noite, ainda fui tentado por um reluzente quiosque de Internet numa estação de serviço toda modernaça. Mas resisti com galhardia; sempre me ensinaram que não devemos ceder aos nossos vícios em público. E em boa hora o fiz: não sei se conseguiria concentrar-me na restante jornada depois de confrontado com as dimensões da teofania que varreu este canto da blogosfera (sim, já reparei que os cantos das esferas são de topografia inconstante e traiçoeira).
Deus, pá, que sejas bem-vindo!

8 thoughts on “Meu Deus…”

  1. Não pude controlar o tamanho das imagens, lamento. Tentei todas as tuas password e nennhuma deu. Cheguei a entrar em stress, fica sabendo.

  2. O patrãozinho já voltou dos contactos com os capitalistas do Porto?
    Vendeu o suficiente?
    Gostaram da corda e da batinha?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.