12 thoughts on “Foi uma fé”

  1. talvez livres da conversa, mas não livres de o estado estar a pagar 6 melhões de euros aos padres por causa dos incêndios?
    como é q os padres gastam 6 milhões de eurs a apagar fogos? será q todos os padres são bombeiros?

  2. E não é que o homem tem mesmo razão! Que outra entidade teria a capacidade para julgar tamanha embrulhada e monte de mentiras, senão Ele mesmo, o todo omnipresente. Quem, se não Ele pode ver toda a tramóia montada por povos e povos para assassinar(matar é sempre um verno muito curto), selectivamente entenda-se, todas aquelas pessoas. Certo, é que não há nesta Terra tribunal capaz de julgar tal guerra, ou se calhar até há, mas pertencem todos aos senhores que fizeram a guerra. O tal Tony, não é burro não senhor, nada melhor que Deus para julgar a história dos homens, e olha para mim que sou ateu.

  3. Qual é a novidade ? Se o Macaco fala e vai a despacho com Deus em matéria de guerra aos infiéis, por que razão é que o seu lapdog Blairdalhoca não haveria de fazer o mesmo ?

  4. O nazi-bushismo em todo o seu esplendor…

    “We should invade their countries, kill their leaders and convert them to Christianity. We weren’t punctilious about locating and punishing only Hitler and his top officers. We carpet-bombed German cities; we killed civilians. That’s war. And this is war.”, Ann Coulter

    Por muito menos que isto alguns nazis foram pendurados em Nuremberga…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.