Vodka laranja – edição internacional

Numa bela tarde de Primavera, as borboletas vermelhas juntaram-se às borboletas laranjas e azuis para chumbar o PEC sem terem apresentado qualquer alternativa e sabendo das consequências catastróficas para a economia nacional de tal decisão. Por causa disso, o Governo deixou de ter condições para seguir a sua política, tendo sido obrigado a demitir-se. Por causa disso, o Estado está obrigado a aceitar as condições que o FMI vier a impor. Por causa disso, os países europeus irão participar na ajuda externa a Portugal. Por causa disso, na Finlândia o partido nacionalista de extrema-direita Perussuomalaiset (Verdadeiros Finlandeses) fez a sua campanha eleitoral tendo como bandeira principal a recusa da contribuição finlandesa para os cofres portugueses. Por causa disso, a extrema-direita finlandesa teve oito vezes mais votos do que em 2007, obtendo 19% dos votos e 39 assentos parlamentares.

Moral da história: o bater de asas dos comunas portugueses é tal forma regido pela teoria do caos que consegue provocar o crescimento triunfal dos reaças na longínqua Finlândia.

12 thoughts on “Vodka laranja – edição internacional”

  1. Oh pá já vens tarde para o negócio, deixaram o povo de tal maneira na penaria que nem dinheiro para tachos tem quanto mais para panelas de pressão.

  2. Mas porra, será que ninguém terá para aí uma ratoeira para ver se acabamos com o “piar” do nojento roedor?

  3. Na verdade, Jojorataza, o teu sublime sentido de “autocrítica” (ou isso já acabou’?!) levou-te a escolher um pseudónimo que não te podia calhar melhor! Parabéns, rapaz!

  4. jojo, se estás farto de conviver com ratos, porque não te desvinculas do partido? O máximo que te pode acontecer é ficares na lista negra dos traidores.

  5. EDIE é por causa de ratos como tu e outros que tais.
    Já existe muito pouco queijo.
    Quando acabar fogem.
    Como fizeram no 25 de Abril de 1974.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.