Verdadinha – Gente normal

MFL – […] Eu acredito, efectivamente, como toda a gente normal acredita, é que aquilo que é preciso é de mudar de políticas. Porque, evidentemente, se a política se mantém a ser a mesma, os resultados só podem ser os mesmos. […]

A Manela está do lado da gente normal. A gente normal é gente como ela, que pensa como ela. A senhora representa a normalidade das gentes normais. E lembra-nos disso sempre que opina acerca dos assuntos, tanto os normais como, especialmente, os anormais. Por exemplo, é muito provável que ela pense que o Eng. Sócrates não faz parte da gente normal. Por causa das suas políticas anormais. As quais ela vai mudar, em nome da normalidade. O candidato que escolheu para a Câmara de Lisboa também dizia haver algo de anormal em Sócrates, lá nos idos de 2005. Talvez por isso tenha sido escolhido pela Manela para dirigir Lisboa em direcção à normalidade abalada pelo actual presidente, amigo do outro anormal. Estas coisas são normais, está bem de ver. É a normal afinidade entre normais.

A Manela não mente. Verdade verdadinha.

8 thoughts on “Verdadinha – Gente normal

  1. A indigência argumentativa e as piruetas da Ferreira são de bradar aos céus! Não arranjam lá no partido da roubalheira ninguém melhor!

  2. E os que não acreditam, logo são anormais. Defensores do aborto e da igualdade de género, dos direitos dos homosexuais, do aborto, do divórcio, do testamento vital e de outras coisas quejandas que tu abominas. Ai, Nelinha! Ai, Nelinha! Chega-te cá ao British Bar que até te sirvo um chá de camomila. Fónix não há pachorra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.