23 thoughts on “Série provérbios”

  1. (Significa que o primeiro comentário pode induzir o sentido dos restantes comentários)

    (Claro que neste caso não vai acontecer, mas apenas porque o primeiro comentário induz a que assim não seja)

    (E se o portador da candeia que vai à frente estiver de candeias avessas? Iliminará duas vezes? Ou não iluminará de todo, porque a candeia, pelo simples facto de estar às avessas, sobrepõe-se à condição de ir à frente e o resultado destes dois factores é nulo?)

  2. Significa que quem o inventou não sabe contar. Trata-se de “candeia”, no singular, não de “candeias”, no plural. Como tal não pode ser duas vezes vezes que alumia.

    Poder-se-ia dizer que alumia em duas direcções, para a frente e para atrás, mas todas as candeias o fariam. No máximo posso considerar que, por ir à frente, é a que define a direcção em que alumia e, portanto, pode ser considerada como alumiando à frente e atrás, enquanto que as restantes alumiam só para trás.

    Também pode querer dizer, num sentido lato, que vai numa zona mal iluminada, caso contrário não necessitaria de iluminar nada.

    Pode querer dizer que o seu portador vê mal, tanto que precisa de alumiar mais que uma vez o seu caminho. Talvez por isso vá à frente, caso contrário o possível grupo deixá-lo-ia para trás.

    Também pode querer dizer que o possível grupo vai na direcção de uma zona de WLAN, a candeia é um portátil e, por chegar à zona do sinal antes dos outros pode constituir-se como o administrator da rede e impedir que os outros entrem.

    No World of Warcraft isso não faz sentido nenhum. A gente alumia com os poderes mágicos da personagem, né?

    Ah sim, segundo me explicou a minha avó, quereria dizer que a pessoa que ia à frente (em sentido figurado) tinha mais tempo para ver bem as coisas, o que significava que levava vantagem. Mas esta é uma explicação demasiado prosaica para os tempos modernos…

  3. Sou das poucas que pessoas que frequenta o Blog que viveu a passagem da candeia para a electricidade; foi em 1957 e a empresa chamava-se SEOL Sociedade Electrificadora do Oeste. A candeia à frente sugere-me que o facto de ir a romper a escuridão até parece que alumina mais do que as outras. Será?

  4. upi,
    Candeia que vai à frente alumia duas vezes, Uma é a natural, indutiva: alumia pela sua função de dar luz, (candear, se o verbo existisse). A outra será pelo destaque de ir à frente, já que passa a iluminar os outros (e/ou a ser particularmente iluminada) pelo exemplo que representa ao ir à frente, liderarando (a adequar depois à circunstância específica em causa: pela determinação, coragem, iniciativa, oportunidade, antecipação, etc..) o que quer que justifique a evocação da sabedoria popular, já por isso mesmo preparada com um colo farto de opções para cada aflição que o procure.

    Onde é que posso receber o meu chocolate?

  5. Uma vez os Cinco foram à ilha. Demoraram-se e resolveram dormir numa gruta que por lá havia. De madrugada, ouviram uns ruídos e viram um grupo de bandidos, desconfia-se que contrabandistas, a desembarcar de um pequeno bote. De repente, viram alguém na própria ilha, à frente deles, a alumiar duas vezes com uma candeia na mão. Era um bandido amigo dos outros, claro, e aquele era o sinal de que podiam desembarcar à vontade. É assim a história, segundo me lembro, e o significado é esse precisamente. Depois eu comecei a contar a história no bairro e a malta tomou aquela parte da candeia como um provérbio. Agora o que é que eu ganho? Um garrafão de vinho?

  6. “candeia”, aqui, aparece como sinónimo de bucha, naco, com que se “calça” o estômago. Por outras palavras, uma pessoa não se deve guardar para maiores comezainas que, eventualmente, podem nunca chegar, mas, ao invés, deve precaver-se. Ainda por outras palavras: “não se deve fiar em sapatos de defunto”. Epicuro talvez reduzisse este provérbio à fórmula “não deixes para amanhã o que podes gozar hoje”. (ah,ah, isso é para que se saiba que eu também sou capaz de ter alguns assomos eruditos sem sanchopanchices!)
    Estou à espera da lagosta (é que não dou por menos).
    E, já agora, vivo numa vila dos Açores que foi a primeira de Portugal a ter luz eléctrica, sabiam? Se sim, digam qual.

  7. Penso que o termo “candeia” tenha, aqui, apenas um sentido figurado. A “candeia” representa a pessoa que lidera, que “vai à frente”, com corajem, sem medo, seja lá do que for. “Alumia duas vezes” porque essa atitude de destemor, pode ser um exemplo e estimular aqueles que resolverem segui-la. É a luz que irradia da sua atitude a iluminar a escuridão dos acomodados, dos receosos ou dos cobardes.
    Terei, ao menos, direito a uma rifa?

  8. (caro Comendador, meu caro: cuidado com isso das gravatas, eu ainda estou de hawaianas boss de couro calçadas, enquanto os balenciaga e dior estão ancafuados em armários, mas só lhe digo se um dia lhe dá para curtir a suprema elegância do aligeiramento, é uma dor de tola que não digo nada: a espada do bisavô finalmente há-de ir para o Museu da Revolução de Maputo que é onde merece, a do avô continua comigo mais uns tempos)

  9. Tenho aqui uma bonita para ti:

    « -Qual é esse guardião? – perguntou Adimanto
    – A razão – respondi – aliada à música; só ela, uma vez estabelecida na alma, aí remanesce a vida toda como mantenedora da virtude.»

    Livro VI, 497 c-d

    A República de Platão

  10. O Rui, com a alusão ao chocolate, transformou esta tertúlia num grupo de atletas olímpicos. E agora, onde arranjar tantas medalhas para distribuir?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.