4 thoughts on “Quem disse”

  1. “Quem disse que um muçulmano não pode ser um exemplo de respeito e sensatez em matérias de orientação sexual e costumes?”.

    O quê, já nem te lembras do que dizes? Cuidado, pàzinho, anda por aí Al kibir Alazeimers…

    Consulta a imã Cância, ela deve saber da cura pra isso.

  2. A mim parece-me uma evidência que esta necessidade de domínio sobre a mulher, levada até à violência extrema nalguns casos, é transversal às religiões: os muçulmanos não podem ser o bode expiatório e conveniente do fenómeno. It´s not a muslim world, it’s a men’s world.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.