Perguntas simples

Tendo em conta que Portugal está nas mãos da gente séria, ainda por cima tendo nós a boa sorte de poder contar com estadistas visionários do calibre de Passos e Cavaco, será mesmo necessário continuar a gastar dinheiro com o inútil Tribunal Constitucional?

10 thoughts on “Perguntas simples”

  1. Com gente tão séria a governar-nos o melhor era acabar mesmo com todos os tribunais. Assim evitava-se o triste espectáculo de ver diariamente ex-ministros e ex-dirigentes do PPD a serem julgados pelos mais variados crimes, que vão deste burlas a homicídios. Proponho, em substituição a criação de uma Santa Procuradoria presidida por filhos de amigos do nosso PR, que perseguissem criminalmente Sócrates e os Socratistas. Assim se purificava o país!
    Claro que seguidamente iam os Sindicalistas, os Comunistas e os Bloquistas, mas quando estes gritassem, já não havia ninguém para lhes acudir!
    Espero que a história não se repita como tragédia!

  2. Um pouco de paciência camaradas!

    A inutilidade do Tribunal Constitucional será apenas confirmada com a tomada de poder do grande estadista e filósofo português José Sócrates, até lá convém não precipitar os acontecimentos.

    Depois vão ver que ELE, num curto espaço de tempo, vai transformar de novo Portugal na Silicon Valley da Europa com o seu Magalhães 2.0. Só a programação e fabricação de apps vai ser suficiente para atingir o pleno emprego.

    Podemos imaginar que esta nova situação irá provocar alguns atritos políticos com o BE e o PCP no Alentejo: não vai haver pessoal suficiente para a apanha da azeitona. Mas quem é que quer comer azeitona nacional se agora, podres de ricos, vamos passar a importar as melhores azeitonas do mundo: KALAMATA, ajudando ao mesmo tempo um país do sul da Europa que, por falta de um engenheiro como o nosso, continua a sofrer as consequências da crise.

  3. oh avec da rosa! o magalhães já foi recuperado pelo portas, a polícia inglesa já comprou e os holandeses estão na calha. os carros eléctricos brevemente serão reinventados conforme link abaixo. o combóio seguirá o mesmo caminho e brevemente teremos notícias sobre o novo aeroporto. o que vale são intoxicados como tu que já não se lembram como tudo começou e estão dispostos a tudo por uma colher de merda diária.
    http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/energia/detalhe/governo_prepara_recuperacao_da_mobilidade_electrica_lancada_por_socrates.html

  4. Ó senhor Carmo da Rosa, porque não se entretem a lamber sabão enquanto dá uma voltinha ao bilhar grande?!

  5. E o TOZE? ainda quer eleicoes antecipadas?
    Ou vamos apoiar um governo do bloco central de direita?
    O PS? ainda existe?
    Nao se nota

  6. oh sebento, do disco riscado! pensei que era um governo patriótico de esquerda, afinal a santa aliança mantém-se sem o bloco.

  7. …..exibir parolice emigrante

    Mais uma declaração de ódio de classe, de casta, de Cascais em relação à classe operária! Manifestação evidente de um socialismo elitista e caviar, que apenas se serve das classes mais desfavorecidas para conseguir o poder.

    Não seria mais natural, menos esquizofrénico, esta malta assumir corajosamente o elitismo que adquiriram por herança, tentando obter o poder pelos seus próprios meios, sem alusões hipócritas a classes trabalhadoras, emigrantes e outros coitadinhos que desprezam diariamente?

  8. o problema existencial do aveque balança entre as memórias prolet-ó-famélicas da juventude e a neoconice táxista do luxemburgo. experimenta gravar um cd para bimbos com azeitonas gregas e laureano clássico à mixtura pode ser que vás a secretário da comunidade citrina no exílio.

  9. CÍCERO: “….porque não se entretem a lamber sabão enquanto dá uma voltinha ao bilhar grande?!”

    Caro Senhor Cícero, porque isso já o meu amigo faz, não vamos fazer todos a mesma coisa, pois não!

    Mas não é bem sabão o que aqui mais se lambe, é mais a pila do Sócrates, caro amigo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.