17 thoughts on “Para os gordos não há crise, estão mais bonitos”

  1. Não. Não estou. Sou!
    E garanto que é pior que ser gorda. A uma gorda ninguém diz “estás gorda como uma texuga” mas a uma magra insistem em dizer ” estás cada vez mais pele e osso”. Discriminação!
    E já viste como nem temos publicidade para nós? Alguma vez viste um anúncio sobre Ganhe 10 quilos numa semana? Ou por acaso há produtos heavy no mercado? E as revistas têm artigos sobre “Engordar. Saiba como”. Nadinha. Está tudo feito para as gordas. As magras não têm direito ao mercado. Espero mesmo que nunca tenhas entrado numa ervanária ou numa farmácia e pedido qualquer coisinha para engordar. Garanto que deve ser mais fácil pedir para trocar uma seringa.
    Mas ainda não desisti do sonho de um dia acordar balzaquiana. Coxa farta e peito generoso. Não sei porquê mas delicio-me com estes farta e generoso. Luxúria. Isto sim deve ser luxúria.
    Gorda por um dia. É o meu sonho!

  2. Valupi, agora vais desculpar esta mas ser cabra de serviço permite alguns esticanços…

    Ó Carlos Santos, não sei se já reparou mas por aqui quase toda a malta tem blogs, mas só o Carlinhos insiste em deixar links para o seu tasco.
    Olhe, faça assim. Escreva “gajas nuas” ou “sexo anal” ou “Cristiano Ronaldo” num post e vai ver como vai ter imensa gente a dar valor às suas ideias.

    Muito obrigada Valupi por me teres permitido este pequeno desabafo. Sinto-me ainda mais leve, o que dado o periodo de crise não sei se será avisado.

  3. És magra. E queres engordar. Sentes o peso da discriminação. Lutas contra a obesidade do preconceito. Reclamas pelo direito à fartança da generosidade. Hummm… E o nome McDonald’s, diz-te alguma coisa?

  4. Valupi, meu querido (Carnaval e aquela coisa de ninguém levar a mal…), se não gostas e mim diz logo.
    McQuantos? Engordar sim, mas dá-me Tripas à moda do Porto ou assim outras comidinhas ligeiras, essa coisa de que falas so pode ser explicada pela obesidade da inveja.
    (viste a notícia de hoje? os japoneses identificaram a zona do cérebro que processa a inveja. Lá se vai mais um dos pecados mortais)

  5. LOL. Não. Nada disso. Mas gosto de como eu sou. :-) O mais importante é gostarmos de nós próprios, como somos, física e mentalmente (neste último ponto, o meu duplo prega-me partidas).

  6. Trabalhei com mulheres entre 1966 e 1996 e moro perto de uma padaria que faz uns queques excelentes. Quando levava um pacote de 8 queques acabadinhos de fazer levava um papel a dizer que não engordavam. Era uma risota…

  7. Caro valupi, escolhe lá com quem queres ficar, a gorda assim-assim, ou a a magra mas não tanto, uma tem gatos a outra fantasmas, ou é a mesma que tem tudo?
    jcfrancisco, despacha a questão, os queques eram só para uma ou dividias com quantas?
    A moral é a seguinte: Quantas comestes para ficares gordo?
    É carnaval rapaziada, não levem isto para lado algum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.