27 thoughts on “Os imbecis não se enxergam”

  1. acabaram as aparições do relvas aos infiéis, vai recolher novamente ao convento para retiro espiritual e audição da grandola até decorar a letra.

  2. Ó rato dos canos , esta é uma luta antiga, ja te esqueceste ó oportunista !

    José Sócrates e Mariano Gago surpreendidos com protesto de estudantes

    O primeiro-ministro, José Sócrates e Mariano Gago, ministro da Ciência e Ensino Superior, estiveram no Porto nesta terça-feira para celebrar o arranque do ano lectivo nos institutos politécnicos mas foi o protesto de um grupo de estudantes que mais se destacou durante a cerimónia.

    Custo elevado das propinas e falta de apoio social foram as palavras de ordem ouvidas por instantes no Auditório Magno do Instituto Superior de Engenharia do Porto. Antes de a presidente do Instituto Politécnico do Porto discursar, três alunos tomaram de assalto o palanque.

  3. Esta é uma luta antiga. Alguns ratos do porão ja se esqueceram

    José Sócrates e Mariano Gago surpreendidos com protesto de estudantes

    O primeiro-ministro, José Sócrates e Mariano Gago, ministro da Ciência e Ensino Superior, estiveram no Porto nesta terça-feira para celebrar o arranque do ano lectivo nos institutos politécnicos mas foi o protesto de um grupo de estudantes que mais se destacou durante a cerimónia.

    Custo elevado das propinas e falta de apoio social foram as palavras de ordem ouvidas por instantes no Auditório Magno do Instituto Superior de Engenharia do Porto. Antes de a presidente do Instituto Politécnico do Porto discursar, três alunos tomaram de assalto o palanque.

  4. não sei se será ironia, o post, mas parece-me mesmo ridículo: uma coisa é, como fez o Joaquim Jorge em Gaia, impedir o povo de colocar questões enviesando palavras e bloqueando o diálogo e outra bem diferente é não permitirem sequer que o diálogo acontecesse.

  5. Sim. Porque convidar um ministro que chantageia jornais, despede jornalistas e promove os negócios mais obscuros no sector para discursar sobre o futuro do jornalismo (e ainda por cima numa universidade) não é uma imbecilidade. Relvas. Futuro do jornalismo. Ring a bell, Val?

    Quanto ao seu insulto arrogante a quem, como eu, se limitou a exercer o seu direito à indignação naquela sala, cá me fica.

  6. Mas o Relvas que não estudou, foi fazer o quê para para o sitio onde estão os que estudam? Uma conferência/debate sobre “O que vai ser o jornalismo nos próximos 20 anos”
    Quem o convidou deve saber tanto de jornalismo como ele. Bha!..um tipo que nem a letra de Grândola sabe, sabe o quê de jornalismo?

  7. Obrigado, Pedro Esteves, por dizeres o óbvio e por teres feito o necessário.

    O problema é que o Val (e não só) joga sempre na antecipação e na defesa do clube dele.

  8. Aquele aluno que há uns anitos a traz mostrou a bunda nua a Manuela Ferreira Leite, hoje tem idade para ser professor destes descontentes.

    Mas era mais original que estes rapazes, que já são filhos da «geração-mais-preparada».

    Embora estes mostrem a cara em vez da bunda.

    O que quer dizer que não comem todos mas há mais moral.

  9. Bom, bom, foi ver o Luís (maçónico) Recto a defender o “irmão” maçónico Relvas dos protestos dos estudantes. Bem feito! Shame on you, Val!

  10. “Esta é uma luta antiga. Alguns ratos do porão ja se esqueceram”

    todos se recordam das esperas que a comunada fez ao socras para o apear do governo e botar lá esta quadrilha que nos governa e todos conhecem o descaramento com que o pcp se apropria de manifestações e contestação alheia. isto para dizer que as comparções que fazes são abusivas e não têm nada a ver com essas supostas lutas em que o pcp se pendura. seguem os links daquilo que omitiste e da bronca de hoje que bem ilustram como o socras lidou com a escumalha comunista e como reaje o relvas ao qslt.

    http://noticias.sapo.pt/info/artigo/1092495
    http://expresso.sapo.pt/ministro-miguel-relvas-obrigado-a-abandonar-conferencia-da-tvi=f788272

    e agora vai coçar a sarna lá para o centro de trabalho do teu bairro

  11. “Isto é antidemocrático e merece o mais imediato e completo repúdio”

    deves tar a falar do governo e a pensar na demissão do relvas

  12. O estado democrático já foi violentado há muito por este desgraçado e pelos que o acompanham no (des)governo. Abriram a porta. Agora levam com ela nas trombas. O que é interessante é ver como a vítima dos inimigos da democracia grasna a grândola (não sabe a letra, vê-se) no clube dos pensadores que o elegeu como pensador convidado e depois enfia aquele ar assustado (ai tirem-me daqui, que o povo está louco). Pois,loucuras podem acontecer nestas circunstâncias. Até os espanhois de Madrid ficaram loucos e destaram a cantar a Grândola. As revoltas e as revoçuções podem ser profundamente anti-democráticas.

    ignatz, sei que não gostas destas contestações, mas para seres coerente tens de divorciar-te já de outras coisas que vão associadas e o rock’n’roll can never die.
    http://www.youtube.com/watch?v=cawk2cMTnGo
    My my, hey hey
    Rock and roll is here to stay
    It’s better to burn out
    Than to fade away
    My my, hey hey.

    Out of the blue
    and into the black
    They give you this,
    but you pay for that
    And once you’re gone,
    you can never come back
    When you’re out of the blue
    and into the black.

    The king is gone
    but he’s not forgotten
    This is the story
    of a Johnny Rotten
    It’s better to burn out
    than it is to rust
    The king is gone
    but he’s not forgotten.

    Hey hey, my my
    Rock and roll can never die
    There’s more to the picture
    Than meets the eye.
    Hey hey, my my.

    Só para finalizar : os imbecis não se exergam, mas ha quem se enxergue.

  13. o meu comentário veio depois dos teus das 22:17 e 22:32.
    Depois viras o bico ao prego. Em que ficamos? A malta pode cortar o pio aos relvas ou os relvas é que podem cortar o pio à malta? Porque é esse o objectivo dos relvas, já viste, né?

  14. Ah, Val! Sou um teu incondicional. Religiosamente incondicional, perdoa-me a heresia. Mas desta vez, o Porfirio bate-te aos pontos. De larguete. O que só abona em favor dos dois.

    Abraços virtuais.

  15. edie, isso era quando viviamos num estado de direito, agora o enquadramento alterou com as violações constitucionais e depois não sou obrigado ao politicamente correcto, mas acho que estão a abusar da grandola e que o afonso não iria gostar se fosse vivo. por falar em johnny rotten saí vai um muro de berlin com creme.
    http://www.youtube.com/watch?v=227m9lw5CcI

  16. Zeca diabo

    Nao sei se o Dr Relvas passou mais tempo no ISCTE ou na Universidade Lusófona. Agora acredito que tenha ficado a conhecer melhor os cantos à casa do ISCTE do que da Lusófona.

  17. O rato dos canos é da mesma massa do relvas. Chunga, oportunista e um rapaz muito vivo, típico do chico esperto portugues.

    Isto do aumento das propinas, dos cortes na educacao publica e de licenciaturas duvidosas nao é só de agora , néscio!

    Vai tomar banho pá!

  18. oh bento! já conseguiste ver a diferença entre o que se passou e como acabaram os episódios da engenharia no porto e do iscte em lisboa ou já marchava um pec4 e uma mine? com o vasco gonçalves descontei um dia de trabalho para o estado e com o coelho desconto trinta, não é só de agora. pascácio!

  19. se ao invés de ir falar Relvas levasse umas grades de cerveja – talvez os estudantes nem se mexessem para aparecerem no recinto. que vergonha. em Gaia teria tudo corrido bem caso não fosse o moderador a envergonhar o país inibindo o povo de falar. cambada de gente tacanha e ignorante de cérebros enchidos a couve.

  20. pistolas do sexo muito bem metidas, ignatz. Mas lá está , extremamente violentos e mal comportados. Há quem lhes chame básicos, do tipo, pisaste-me o calo, eu GRITO. Mas o grito é muito violento, pisar o calo não justifica tanta agressividade. Mesmo que o calo seja a sobrevivência da dignidade.
    Ver Munsch.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.