3 thoughts on “Os cadernos de M”

  1. Tem razão Claudia, nao tem piada nenhuma.
    É tão real que oscila entre o hilariante e o deprimente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.