21 thoughts on “No Reino de Pacheco”

  1. exactamente Reis, que vergonha ter que conviver com uma reedição da foto das Lajes agora com centenas de milhar de mortos por detrás.

  2. Num dia Sócrates tem isto tudo controlado desde a Judiciária até aos Serviços Secretos ao ponto de se suspeitar que tem Belém sob escuta, no outro é ele próprio o escutado e sai tudo nos jornais a confirmar o estado de asfixia em que o país está metido desde que chegou ao poder. Decidam-se. Em que é que ficamos?

  3. Pois é Val, lá se foi a tese da asfixia democratica e do controle dos serviços de informação por parte do governo.Observe-se que as virgens que protestaram pelo facto de um email ser publicado pelo DN, rejubilam agora com as escutas ao 1º ministro.O que eu estranho é o Expresso ter feito capa com as escutas ao Sócrates e não ter feito o mesmo com as escutas ao Cavaco.Desta vez o H.Monteiro não deve ter tido duvidas sobre os interesses de quem lhe passou a informação.
    Por outro lado isto tambem pode explicar a teimosia de MFLeite em ficar no PSD até à votação do orçamento, à espera que o governo lhe caia no colo.

    Quanto à justiça e a outros poderes “democraticos” entre os quais a imprensa (que nunca é demais notar é resultante maioritariamente da atribuição das licenças Tv por Cavaco)sempre estiveram na mão da direita.O PS nunca sera capaz de lidar com isso se não der luta frontal a esses interesses.Nessa luta não devem entrar aventais.

  4. O que pode acontecer à oposição
    Quando prestava serviço no Estabelecimento Prisional, como subchefe de guardas, da Direcção Geral dos Serviços Prisionais, hoje estou aposentado, de vez em quando havia agressões entre reclusos. O agredido vinha fazer queixa, dizia-lhe para a fazer por escrito, para poder dar seguimento a um processo de averiguações, negava-se a fazer com receio de represálias. Como não pactuava com isso e não podia actuar pelo motivo do ofendido ter medo, a única alternativa que me restava era chamar o suposto agressor, e condenar o acto por ele praticado. Negava tal acto. Contava com isso e advertia-o se soubesse que o ofendido voltava a ser agredido ou o visse com marcas de agressão, o castigado era ele, portanto para ter cuidado. Dizia que por ele não havia nada mas se outros o agredissem não tinha culpa. Dizia-lhe que a partir daquele momento para o bem ou para o mal era o principal suspeito. Era remédio santo, a partir daquele momento não faltava nada ao agredido, só faltava andar com ele ao colo.
    Faço este intróito como exemplo, do que prevejo como a oposição vai acarinhar o governo e andar com ele ao colo para não se dar o caso de ele (governo) cair e com isto provocar eleições antecipadas. Foi o que aconteceu com o programa do governo, todos o criticaram mas votar contra, ninguém se atreveu ou apresentou uma moção de rejeição. É que os deputados da oposição lêem jornais e vêem o PS a subir nas sondagens e, tem um medo que os péla. Por isso chego a uma conclusão que vai ser mais fácil governar do que muita gente julga, assim como o próprio Governo. Na outra legislatura quase todos os meses havia uma moção de censura, a partir de agora quero ver as que há. É que essas não produziam efeito, era mais para terem oportunidade de falar e dizer mal das opções do governo. Agora é que gostava de ver deputados de barba rija, apresentem uma moção de censura, para os ver a beber do vosso próprio veneno. Ainda dizem que tudo é obra do acaso, quanto a mim, tudo está relacionado, para grandes males, grandes remédios.
    Se não acontece-lhes como a esse preso que, à mínima coisa era ele o castigado.
    E gato escaldado de água fria tem medo.

  5. eh, eh, lá conseguiram apanhar o sócrates outra vez (eu até já me rio com isto; o homem não é pm, ele é o zé do telhado). são uns génios. e depois põem logo tudo cá fora, com todos os detalhes, para que os comentaristas e blogues da direita e da esquerda entrem rapidamente em orgasmos múltiplos. só ainda não compreendi como é que o vara, que ganha milhões no bcp, aceita subornos de uns míseros 10 mil euros, qual fiscal de obras de uma câmara qualquer. está claro que se a acusação insistir nos 10 mil, não haverá acusação contra ele e é ele que ficará a rir por último. depois esta comunicação social maníaca e depressiva vai logo pedir um comentário ao prof. marcelo, nem mais nem menos o putativo candidadto à liderança do maior partido da oposição. ora se isto não é esquizofrenia anti-sócrates ……..

  6. Quem é que informa os pasquins e quejandos, das escutas?Quem é o “Garganta Funda” e de onde será?- só pode ser da Judiciária,do Ministério Público,dos Magistrados,-se calhar é infiltrado da mossad(como emprestaram a tecnologia),da C.I.A.-como já teem a tecnologia,do M.I.6, -mesma razão,K.G.B.-esses já não existem.As escolhas são múltiplas, variadas e igualmente sacanas.Em relação ao “Garganta Funda”, espero que se engasgue e que não haja heimlich que o safe.A sacanice não deve ser nunca recompensada. Além do mais ,não me agradava nada ver o guru da Marmeleira a rir todo contente.Ele já é feio, a rir ainda é pior.

  7. O pasquim Sol devería ser obrigado a revelar a fonte.
    Ficavamos a conhecer quem era o criminoso que trabalha na Justiça e que não guarda o dever de preservar o Segredo de Justiça.

  8. 1º – Também concordo que a Mary Robinson é a candidata com mais qualidades para o lugar – de entre aqueles que já se conhecem. devemos é REJEITAR ABSOLUTAMENTE O engraçadinho de bluff socialista – Tony Blair! Nem que tenhamos de fazer um abaixo-assinado europeu!
    2º – Quanto à “face oculta” não acrescentarei nada ao comentário aqui deixado por “K”, que também subscrevo…aguardando que, PELO MENOS, ALGUNS JUÍZES ainda tenham resquícios do que significa “JUSTIÇA”!
    3º – As “notas” do “NIK” também ajudam na desmontagem do mundo diáfano da igraja católica… OU NÃO É QUE ISTO ANDA TUDO LIGADO…?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.