No comments

O sistema em que o Aspirina habita está sujeito a caprichos. Desta vez, ficámos mais de 12 horas sem poder comentar. Com o tempo, descobrimos que as perturbações são como os tigres de Borges. Aparecem sem sabermos porquê, e acabam por se tornar parte do ritual.

7 thoughts on “No comments”

  1. foge… não querem ter um sistema halloscan em stand by para estas ocasiões? depois copia-se tudo e edita-se na caixa de comentários da weblog.

  2. Ontem não voltei de casa
    Não a vi

    E não me engano
    Prefiro o desespero
    Os loucos como tu

    Na cantina da razão

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.