Já é oficial: PSD está à direita do CDS

Passos Coelho quer alteração à lei do aborto

__

Actualização

CDS tenta colar-se ao PSD no extremismo ideológico:

Paulo Portas diz que reavaliação da lei do aborto é “evidência que se impõe”

__

Reactualização

Passos diz que estava outra vez a reinar com a malta, mas lembrou que a brincar, a brincar, é que o macaco foi ao cu à mãe:

Passos Coelho: “PSD não propôs referendo” ao aborto

13 thoughts on “Já é oficial: PSD está à direita do CDS”

  1. ” A lei (do aborto) pode ter ido longe de mais” diz Passos Coelho e nós devemos perguntar em caso de brincadeira( só pode ser brincadeira esta do PPCoelho!),se foi até Marte ou só até Massamá?

  2. Isso foi de manhã. Agora, de tarde, já veio dizer que afinal não propôs referendo nenhum. Com o Passos Coelho só temos uma certeza: seja qual for o assunto em questão, a resposta é sempre sim, não e talvez.

  3. Bem lhe respondeu Sócrates: “Passos muda de convicções conforme as conveniências”.
    Assim é que, entre alentejanos não há ninguém mais alentejano do que ele, entre africanos, não há ninguém mais africano e entre totós não haverá ninguém mais totó.

  4. Na realidade o rapaz não propôs referendo algum.

    O que ele tenciona fazer é pura e simplesmente aprovar a alteração na assembleia, em colaboração (para fazer maioria) com o seu “sidekick” Paulinho, claro).

  5. Então mas não foste tu que fizeste um drama de 587 posts aqui mesmo neste blogue a explicar que o resultado do referendo era mau e que a razão racional e progressista, assim como o mais simples humanismo, consistia em mudar a lei no sentido do respeito da dignidade da mulher que apenas deve escolher abortar quando livremente recusa fazê-lo ?

    Isto so visto !

    Estas desnorteado com os prognosticos sobre as eleições, é o que é.

    So uma coisa : eu, como imagino muitas pessoas, estou ja plenamente convencido de que o Passos é uma tristeza, e o Louçã, e o Portas, e o Jeronimo. E até acho piada ao Socrates.

    O problema destas eleições não é pessoal, nem tem a ver com isso. E’ politico. Votar numa solução que o proprio Socrates diz que não leva a lado nenhum, como se provou que não levava, não da…

    Se as coisas estão péssimas e votamos em quem diz : pois é, mas vamos continuar e nos somos os unicos que tornam isto menos doloroso, o melhor é fazer o totobola !

  6. Morto de Riso, segundo vi num vídeo da SIC, ele lançou um alerta (“lanço aqui um alerta”) a que movimentos civis… bla, bla. Não, que ideia, não propôs nada. Ele? Não! Isso foi de manhã. O quê? Lançar um alerta é promover um referendo? Não, evidentemene que não.

    Ridículo. Mais uma vez.

  7. «Pai», perdoa o Valupetas porque ele já não sabe o que diz!
    Perdoa-lhe, porque a memória dele é curta e ele já se esqueceu que votou contra a lei de despenalização aborto. Perdoa-lhe, por ele classificar como «extremismo ideológico», aquilo que antes considerou ser a «defesa da vida e dos inocentes». Perdoa-lhe, por ele ter vergonha de assumir que concorda com o Passos e que por isso também está à direita do CDS, até porque nesta matéria o exemplo vem de cima, e já se tornou uma normalidade ver o Pinto de Sousa implementar políticas de direita e não assumir que não é de esquerda. «Pai», perdoa-lhe, porque desde que a Cancro lhe prometeu um lugar no Parlamento que o tipo está proibido de a contrariar e tem que mostrar que está a cumprir o serviço. «Pai», perdoa-lhe, porque o «vinho» que ele se farta de querer impedir que os outros bebam é, pelos vistos, o sangue do Teu próprio filho…

  8. Eu acho que devemos expulsar o homem que levou Portugal (e não só) à bancarrota. Pelos vistos também deu uma ajudinha às bacarrotas da Irlanda, Grécia, Espanha, Bélgica, etc…
    E ainda há gente que não entendeu isto…

  9. Penélope, sem dúvida que me escapou esse “alerta”.

    Mas sempre há uma diferença entre “tentar influenciar opinião” e “validar opinião através de referendo”.

    Não sei se ele tem coragem (não me parece), ou se mesmo quer saber o que a maioria pensa disso.

  10. Essa proposta também vem no programa do PSD, ou é apenas mais um dos muitos foguetes que o Passos Coelho anda a deitar na campanha para fugir ao essencial?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.