19 thoughts on “Inspirações para o 2 de Março”

  1. olha uma música tão gira para os transeuntes em massa cantarem em tom voz arrastadinha de fado :-):

    ai que cheirinho
    saudades do cantinho
    quando não eramos deles
    ai que cheirinho
    gosto mais de PEC contigo
    do que das iscas com eles

  2. ai que cheirinho
    deste belo peidinho
    de igual aroma
    a tal comentário
    que nada diz
    antes pelo contrário
    se tem tachinho, vive feliz
    e é ordinário

  3. há gente mesmo infeliz, DC: querias ter bom humor mesmo só com tachos para lavar, não querias? tens é de nascer de novo – pede aos teus pais para irem para o beco fazer-te outra vez. :-)

  4. Tenho bom humor, mas também sei identificar as pobrezas dos teus posts aqui neste excelente blogue. Estou aqui mais para aprender e não esquecer do que ensinar, coisa que desconfio que não consigo com os seus comentários que vão sempre para niveis inferiores. Always look at the bright side of life, já diziam os outros, vou tentar ;)

  5. não devias perder tempo comigo: cada um deve ir até ao limiar da sua inteligência. neste caso, a tua bate nos tais níveis inferiores. percebo.

  6. Acho que o seu nível de leitura também está um bocado mau. Eu disse que estou neste blogue apenas para me informar, não para dialogar com o que se passa a nível politico ou whatever; apenas sem ofensa, que os seus comentários podiam ser melhores. Não diga mal dos outros, transcenda-se.

  7. não estou interessada nas tuas opiniões nem comentários. nem venho para agradar. e também não digo mal – só o que vejo. enfim, gente que não tem mais o que fazer.

  8. Guio-me por blogues para não ficar na absoluta ignorância, dando razão à Olinda. Cérebro queimado não dá para mais. Já pensei que fosse o Benjamim Burton, mas não. Deixo para quem sabe.

  9. Bem, estou na casa dos 30s; no tempo dos PECs, confesso, fui a Paris. Poderá ser irónico. País onde está o malandro! Comprava roupa, oferecia prendas, tinha algum de lado. Nunca fui rico, o meu pai saiu de casa tinha eu 4 (por isso não dava para o teu conselho Olinda) e a minha mãe fez milagres para não passarmos fome. O meu comentário ao post, é, que tenho saudades dos Pre-Pecs e desse tempo, não apenas por mim, mas porque as pessoas andavam mais felizes e eram mais protegidas, e não de muitas vergonhas que se passam agora.

  10. pronto, partilhaste a tua experiência e aproveitaste para enxovalhares quem não gostas. fizeste bem. como de mim nada sabes, não venhas cá com o mesmo propósito. ou se te apetecer, vem. é como quiseres.

  11. Vejo e revejo o debate Sócrates – Passos e… rio-me. Desculpa a agressividade, Olinda, not my style. Cumps a todos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.