Freitas perguntou, Louçã calou

3) Se o BE entende não adoptar nenhum modelo de socialismo já experimentado (talvez porque todos falharam…), e por isso propõe – tal como o MFA em 1975 – uma «via original para um socialismo português», que via é essa? Em que consiste? O que é que tem de original? Para quem já o ouviu defender a nacionalização da Energia (electricidade, gás natural, petróleo), o que pensa da nacionalização da Banca? E dos Seguros? E dos transportes colectivos? Em que difere, aqui, do PCP?

__

Freitas do Amaral, na Visão de 21 de Maio de 2009, fez sete perguntas a Francisco Louçã. Se alguém souber onde se encontram as respostas, é favor avisar.

2 thoughts on “Freitas perguntou, Louçã calou”

  1. Via original para o socialismo português? Mas este Freitas anda a dormir, ou quê?! Não saberá ele que essa via já está em vigor em Portugal e que não tem nada de original? Chama-se «terceira via» e é a ideologia «socialista», cúmplice do neoliberalismo», trazida à existência pelo Blair, conhecido também por «Bliar», e que o Pinto de Sousa, também conhecido or mentiroso, decidiu copiar e implementar em Portugal. Aliás, até a postura plastificada e o sorriso pepsodent o mentiroso copiou. Portanto, em que difere esse «socialismo» «original» do neoliberalismo dominante? Na impostura, apenas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.