118 thoughts on “Exactissimamente”

  1. deixem-se de merdas e não apresentem ninguém até os outros estarem todos queimados ou que a direita gaste as assinaturas todas a promover mais candidatos tipo agáneto.

  2. Estamos a contar convosco amigos Xuxalistas, primeiro o To Zero, depois o To Chamucas, agora luta de poleiros para ver quem e que o Candidato de Punho em riste.

    Bamos camaradas, em breve sereis como o PASOK, o PSOE ou o PS do Holande.

  3. O IGNORANTEZES em mais uma tirada carnavalesca. Bá, bá, façem cumós treinadores, num diguem quem baie jugare, queles depois savem. ganda marreco, pá, tu debias ser impedido de votar, presunto rançoso.

  4. Como diria o Voldermort, exactissimanente Numbejonada.

    Ele devia haver minimos para ter o direito a votar, coisa tipo ter cumprido escolaridade obrigatoria, e confirmar que o individuo nao sofre de reaccoes tipo cao pavlov, como por exemplo meter o punho em riste e / ou gritar “Liberdade, 25 de Abril para sempre” ao visionar um discurso televisivo do 44.

  5. Pode ser que te enganes, Básico, apesar de reconhecer que as direitas neste país têm o controlo absoluto da situação, Olha, Básico, ficaste a saber, ontem, que o ministro Macedo está enterrado até ao pescoço nos Vistos Gold. Por isso se demitiu, tal como Miguel Relvas da falsa licenciatura. Demitiram-se ambos, sabemo-lo agora, não por razões éticas, assumindo responsabilidades políticas, mas porque era impossível encobrir a prevaricação. E não me venhas com a merda gasta da “licenciatura ao domingo” do Sócrates, que nada tem a ver com a pouca vergonha das licenciaturas por equivalência da Lusófona. Como estás recordado, Básico, o nosso super-juiz Carlos Alexandre, que tinha o ministro Macedo debaixo do nariz, apanhado em flagrante, olhou para o lado e depois deve ter ligado para alguém a perguntar “É agora?”, foi mesmo na hora exacta, para matar três coelhos de uma só cajadada: desviou as atenções dos homens da governação Passos/Portas; converteu num velório a festa de aclamaçâo de Costa como SG do PS; e prenderam o homem mais perseguido da história da democracia, Sócrates. Perseguido pelo poder judicial, pelo todo poderoso poder político e económico da direita, pelos jornalistas cães-de fila e por uma boa mão-cheia de esquerdalhos. A ti, Básico, contaram a história da carochina de que tanto gostas, de que estavas à espera e não queres ouvir outra. Quanto ao tema do Post, penso que o país está mais precisado de gente íntegra e curriculum que atesta essa integridade, do que coisas esponjosas a tresandar a politiquice da mais rasteira, com provas dadas, como é o caso de Santana ou Rebelo de Sousa. Eu acredito que o povão vai aprendendo alguma coisa com a história.

  6. “Quanto ao tema do Post, penso que o país está mais precisado de gente íntegra e curriculum que atesta essa integridade”

    Pessoas como o 44, que, infelizmente, esta engavetado, se nao, tinhas Presidente, nao e?

    E de facto engracado que perante as maiores evidencias de fraude e corrupcao – o 44 e o primeiro a admitir que recebeu mais de 670 mil euros do “amigo”, sem que tivesse algumas hipoteses (ou interesse) em os repagar – continuem a dizer que o homem esta a ser perseguido. Um homem que admitiu que ligou para angola para desbloquear negocios (trafico de influencias), um homem que pagava ao seu motorista por fora (fuga aos impostos), etc.

    A unica perseguicao com a qual voces sao confrontados diariamente e aquela que se passa dentro da vossa cabeca, em que a parte do cerebro que trata da moralidade e dos escrupulos comeca logo a fugir da perseguicao que os vossos instintos primarios comunistas lhe move quando passam pelos olhos imagens do Camarada 44.

  7. O homem tem Ciências da Educação, quem sabe, com todo o iluminismo trazido de fora, não educa os democratas marrecos deste País?

  8. Foste buscar os 670 mil euros ao pasquim Correio da Manhã ou seus congéneres, como o Sol? Foi a Felicia Cabrita que te deu a dica? Porque mentes, inventas, treslês? Não percebes que é a maior prova de que não tens razão no que afirmas? Aponta um facto, um só, de corrupção. Faz isso, mas não repitas o que sai do esgoto a céu aberto da pasquinada, porque vale tanto como a bosta odienta que publicam. Dizes que não há perseguição política àquele homem concreto por ser quem é, de esquerda e do PS e ex-PM, quando ouves nas TVs que o Miguel Macedo não só não foi constituído arguido, como nem sequer foi ouvido, apesar de fazer o favor ao Carlos Alexandre de se oferecer para ser ouvido. Tantas delicadezas para com um ministro da direita! Bates palmas? Pelo que escreves, até deves deitar foguetes. A mim, isto dá-me volta ao estômago.

  9. BÁSICO, oube, oube! Olha que há vómitos proletários por aqui, de punho erguido e cara dura, à comuna, tás a bere? Traz a mangueira pra limpar o bomitado.

  10. “Dá-me provas, provas.”Bom, o 44 até escreveu nas cartas que dirigiu à imprensa que o outro lhe havia emprestado dinheiro e tudo, mas se quiser a viver num espaço mental onde até isso é mentira, be my guest. Por acaso não foi uma daquelas pessoas que fazia fila em defesa do vale e Azevedo?

  11. Bom… este pântano politico está a ficar fora do controle da direita radical e seus apaniguados distribuídos pela blogosfera. Só assim se entende os comentários com mais desespero do que nexo do cegueta e do soldado. Para cumulo da sua angústia já começam a sentir-se órfãos porque a múmia que lhes tem dado cobertura com o sarcófago de Belém está com o prazo de validade a terminar.

  12. a questão é se se prova ou não o crime de corrupção, para o que não basta receber de empréstimo 670 mil mesmo com intenção de os não pagar, sendo certo que, por enquanto e ao que se saiba, ninguém o acusa de burlar o amigo santos silva. depois temos essa coisa complicada da presunção de inocência. e finalmente temos essa coisa que devia ser simples mas é muito complicada para alguns e que consiste em perceber que se faz justiça quando se persegue indiscriminadamente os prevaricadores e faz-se grosseira injustiça quanto se discrimina ostensivamente, positiva ou negativamente tanto faz, alguns em função da sua cor política.

  13. ó corbo preto, cunfundes-me, num é? hum? cegueta és tu, ó ignaro IGNORANTEZES, baie arrear noutro poste, pá, caqui só se aceita inteligenssia cum pedigree. rafeiro.

  14. ó ladrão de niques, ENAPA, oube, tu aprecebeste-te do que escrebeste? então cunta aí como é que se proba a corrução, bá! bá., dize lá. oqueie.

  15. atão aquela coisa da cruz já rescindiu contrato ou estão à espera do relatório da comissão nacional de alambiques?

  16. Ao menos apresenta-se alguém que sabemos que nos dignifica e ao país.
    Se quiserem eleger mais um marreco, dificilmente será pior do que este.

  17. Sim, Básico, ele escreveu que o amigo lhe havia emprestado dinheiro. Não disse quanto, mas quando o seu advogado perguntado ( entrevista à TVI) se o valor do empréstimo era de cerca de 500 mil, o advogado respondeu que se tratava de valores muito inferiores a isso. Agora pensa, Básico: um pasquim terá muito interesse em mentir para destruir a pessoa que pretende, mas o advogado não pode, sob pena de completo descrédito e grave prejuízo do seu cliente mentir publicamente. Mas isto são coisas que um Básico terá dificuldade em perceber, sobretudo quando movido pelo ódio puro e simples. E vá-se lá saber por quê.

  18. basico,estás a esticar a corda de tal maneira, que quando o preso 44 sair da cadeia para vergonha da justiça,vai ficar com esse cú que nem o chapéu de um pobre.nem para meteres nojo no aspirina te vais poder sentar.tem vergonha e não julgues as pessoas conforme os teus desejos,e muitos menos atraves de “noticias” de um pasquim como o “correio da manha”!

  19. O pasquim chamado Tribunal Da Relação de Lisboa dizia o seguinte a duas semanas atrás :

    Recurso da preventiva, decidido hoje por unanimidade pela Relação de Lisboa, concorda que há indícios fortes dos crimes imputados, há risco de perturbação do inquérito e da prova mas não há perigo de fuga.

    Eu costumo ter a magistratura por coisa ajuizada, mas vocês mantenham-se na vossa Carvalho, o homem está a ser perseguido e a única coisa que há contra ele são as infâmias do correio da manhã.

  20. Os gajos continuam a dar-lhe. Ó abriladas e IGNORANTEZES, porque não processam o tribunal da Relação, hum? Bá lá. Querem ajuda, hum? oqueie.

  21. Os juizes da Relação que despejaram o acórdão guiaram-se pela lógica das cabras e dos cabritos. Faltou dizer, escrever, concretizar onde estavam as cabras e os cabritos. Uma sentença para cabrão ler e apreciar, fazendo chacota sobre um homem preso e humilhado como seria deficil de imaginar num Estado de Direito. Festejas, Básico. Pode ser que um dia uma Relação destas te calhe em sorte.

  22. Tens razão Maria Abril, e só amadores lá no tribunal da relação, gente que tirou licenciaturas sabe-se lá como, que escreve acórdãos dum parágrafo só, alusivo a animais, para justificar a prisão dum inocente, uma pessoa que claramente está a ser perseguida por uma justiça que não acredita no milagre da multiplicação, que não percebe como é que se pode viver nas zonas mais caras de Paris, viajar em primeira classe, comer em restaurantes de primeira sem se ter um ordenado ou fonte de rendimentos conhecida e tributada, tudo um cabala cxralho.

  23. basico,és um perfeito cão de fila.preocupa-te com a seriedade do actual pm,que nem os recebimentos da tecnoforma autoriza que sejam analisados.

  24. “… e só amadores lá no tribunal da relação, gente que tirou licenciaturas sabe-se lá como, que escreve acórdãos dum parágrafo só…” e com “falta de tempo para ir a biblioteca e não lhe sobrar dinheiro para comprar um livro”
    http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=4490172&page=2

    “… que não percebe como é que se pode viver nas zonas mais caras de Paris, viajar em primeira classe, comer em restaurantes de primeira sem se ter um ordenado ou fonte de rendimentos conhecida e tributada…”

    aqui o sigilo fical funciona, porque será que a ficha do fisco ainda não foi divulgada? se calhar pagou até hoje mais impostos que o cavaco, coelho, portas e núncio juntos e nunca se enganou ao declarar ou omitiu rendimentos. segundo o correio da manhã recebia € 24.000 de ordenado mensal e como emigrante deve pagar o mesmo que o hortaliça do osório paga ao fisco português.
    http://www.sabado.pt/ultima_hora/detalhe/ordenado_milionario_nao_trava_dividas.html

    escavem.. escavem sem parar e quando as campaínhas do núncio dispararem, talvez seja melhor fazerem uma reunião de conselho de ministros urgente pelo skipe para isentarem os gajos de direita do pagamento de impostos, não vá algum asae tresloucado começar a prender mexias, carrapatos, catrogas e outras drogas.

  25. BÁSICO estás a lidar com CARNEIROS formatados na lógica da IGNORÂNCIA. Estes tipos já foram mais do que ensinados nesta matéria do 44. Não entendem, não têm capacidade para isso. Buscam palavras e combinações em links duvidosos, eles que condenam os …pasquins. Remete-os para o PROCESSO de per se e para o PROCESSO PENAL.

    Os tipos sabem tanto,mas tanto, tanto, que impressiona o facto de se quedarem por aqui e NADA fazerem para libertar o perseguido. Comentam a lógica pastoril – mas nem se apercebem do que a mesma significa ou pode vir a significar. IGNAROS todos os dias, sopeiros comunas, sem eira nem beira inteletual para a discussão.

  26. Exacto Numbejonada, exactissimamente. Esta um gato aqui a perder tempo com gajos que não conseguem perceber o ridículo de usar como dados de apoio aos seus argumentos notícias de pasquins que tanto criticam, ou que não conseguem a incongruência gritante dum homem que não conseguia viver com 24,000 euros por mês, quando meses antes, e durante 6 anos, enquanto primeiro ministro, estava “folgado” com um ordenado que não chegava a 1/4 desse montante.
    Enfim, ele há pastores com mais inteligência que estas almas burgessas.

  27. oh burro do caralho, gostei desse último linque, sobretudo dos dois últimos parágrafos:

    “Entretanto, o CM apurou que José Sócrates terá pressionado a direcção do INEM, quando trabalhava na Octopharma, no sentido de que esta mantivesse contratos com empresas da esfera da farmacêutica.

    O presidente do INEM, Paulo Campos, terá contudo evitado qualquer contacto com José Sócrates, não se deixando influenciar.”

    não se percebe bem o que é que o sócras pressionou e qual a ilegalidade da pressão, o que se percebe é que o tal impressionável se demitiu por usar um helicóptero do inem para transportar uma amiga.
    http://www.jn.pt/PaginaInicial/Nacional/Saude/Interior.aspx?content_id=4464529

  28. E depois os «argumentos» dos IGNAROS, ai! Nem sequer chegam a ser simples, mas pateticamente inadequados à realidade fática que ao que parece tem vindo a ser solidamente edificada.

  29. o juiz que diz que “atamancou “o texto,diz-nos tambem que não tem dinheiro para comprar o livro.coitado do pobrezinho.passem de imediato ordenado para o nivel de PM,pois é isso que pretende esta classe que pouco trabalha e recebe acima dos 5mil por mês.haja pudor!

  30. O Ignorantz, tenta fazer ai um google como e teu apanagio e compara os numeros que o 44 anunciava depois de cada missao, com os numeros efectivamente contractados. Compara tambem esses numeros com o que foi efectivamente pago e recebido em Portugal. A ultima vez que vi isso, tinha assustado com a dimensao do mal parado e com o que nem sequer foi comecado, mas isso a ti, temerario Socialista da Borralheira, nao te apoquenta. No conforto da tua avenca paga pelo largo do rato, estas-te bem a borrifar para que empresas portuguesas tenham ido, ou vao ir a falencia a conta das negociatas do 44, o senhor das comissoes.

  31. 1º – comissões em compras do estado é com o portas, aquele dos nós de gravata

    2.º – branqueamento de capitais é com o secratário de estrado da quermesse dos audis

    3.º – o governo português nunca vendeu nada à venezuela, só promoveu missões comerciais e os negócios resultantes foram contratos entre empresas privadas portuguesas e empresas estatais venezuelanas. se esses contratos previrem pagamento de comissões entidades desconhecidas através de bancos na estranja, o governo português não tem puto a ver com isso, faz-parte-do-negócio, e não tem possibilidade de controlo. se não gostas vai denunciar o soares dos santos ao calex por causa daqueles supermercados que ele se farta de abrir na colômbia.

    4º. – totais nacionais de empresas falidas em 3,5 anos dos 2 últimos governos
    2008 – 4.103
    2009 – 5.235
    2010 – 6.317
    2011 – 6.858
    2012 – 9.450
    2013 -10.213
    2014 – 9.229

    sócras: 19.084 (37%) c/ crise e s/ credibilidade
    coelheira: 32.321 (63%) s/crise e c/credibilidade

  32. Só mesmo a ignorância autoriza os seus adeptos a falarem do que não sabem. Que sabe esta gente sobre processos judiciais? Ó brilhantes, vós que sabeis tudo, que tendes solução para tudo, formalizai a vossa sabedoria. Ide formar-vos, ide trabalhar MUITO na justiça, não vos quedeis tão só pela crítica poveira e acarneirada de quem faz o que lhe dizem para fazer.

  33. Caro Básico, diga-me se concorda: o grupo Lena venceu concursos por mérito próprio, não é? Sócrates por influência do amigo, altruísta por natureza, era poupadinho e nunca aceitou nada de ninguém, não é? Portanto, era natural que ele simplesmente encaminhasse os amigos pelo telefone, os levasse em comitiva, além de que pôs Portugal no mapa de venezuela – que aqui, os portugueses não são conhecidos, nem como padeiros, não acha?
    …..etc, etc…havia cabras, cabritos e ração «de pedigree»…tudo em nome do socialismo. O que acha? Estarei a analisar a coisa com demasiada severidade?

  34. Caro numbejonada, mais bien sur, o camarada 44 mais nao era que a consumacao dum altruista ao servico da nacao, nada mais do que isso.
    O que lhe pode eventualmente ter acontecido durante todo os seus mandatos politicos foram necessidades pontuais de liquidez que foi colmatando com emprestimos de alguns amigos chegados, que, coincidencia das coincidencias, calhavam de gerir empresas. Estas, tambem por enorme coincidencia, nao eram nada antes dele chegar ao poder, e eis que, passados meia duzia de anos, passavam a ser uma referencia no panorama nacional, e internacional, nas suas areas de intervencao.

  35. Caro Ignorantz, amigo do research by google, podias demonstrar com factos, e, preferencialmente, condenacoes judiciais os pontos 1 e 2?

  36. é uma chatice o grupo lena continuar a ganhar contratos e a exportar para a benezuela, se cavarem muito ainda vão descobrir que o portas telefonou ao sócras para meter uma cunha ao maduro e assinar o contrato a tempo do passólas o abanar ao povo em ano de eleições.

  37. já botei linques sobre isso, mas como não quero que te falte nada, aí vai de novo:

    http://dciap.pgr.pt/Atualidades/2014/comunicado_dciap_18_12.pdf

    http://www.esquerda.net/artigo/quem-e-paulo-nuncio/36279

    condenações judiciais não há, por motivos óbvios, a justiça não investiga quem lhe aumenta o ordenado e lhe permite fazer o que quer sem dar satisfações a ninguém. melhor, a justiça persegue quem investigar as listas de intocáveis da direita, como aconteceu recentemente no fisco.

  38. poizé, não tal mal observado para observador, mas falta pôr os nomes dos gajos que levaram processos disciplinares e os motivos. só não o fizeram para não cair no rídículo, mas devem estar a falar do freeporcos, da cândida, do magalhães, do paes faria e do interesse em manter o processo enquanto o sócras fosse vivo. já tinham a máquina montada e tiveram que fazer outro caso, a operação marquês. lá teve que ir a cândida oferecer os préstimos à laranjada em castelo de vide e os procuradores das 27 perguntas 27 receberam a condecoração joana d’arc do sindicato que ia a belém todas as semanas entregar o relatório da fogueira que não queira arder.
    http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/pinto-monteiro/freeport-pgr-abre-processo-disciplinar-a-candida-almeida

  39. No sitio onde meteram o freeport ate tinham proibido um cemiterio ve la tu, e, coisa ainda mais engracada, o despacho foi dado a dias do homem sair de cena.

    O que o safou foi o homem da tesoura, a legislacao feita a medida, e interpretada de forma conveniente.

    Claro esta que agora que ele esta um bocadinho afastado de cena, a coisa chia mais fino. Ja viste o filme?
    Ja sabes como e que o 44 se conseguia manter a tona com um ordenado de PM e de ministro de 5000 euritos, quando pouco tempo depois nem 25,000 chegavam?

    Como e que ele amealhava dinheiro para comprar casas a pronto no centro de lisboa com tao parcos rendimentos, sabes? Eu a mim custa-me tanto a arrecadar 250,000 euros para pagar casas a pronto, mas eu nao sei fazer o milagre da multiplicacao como o 44 sabia.

  40. basco vai-te foder mais a tua perseguiçao implacavel.és um esquizofrenico sem cura possivel.fala de coisa importantes e deixa a justiça funcionar.por acaso vês aqui a maralha a falar dos ladroes que militam no psd?saõ muitos e de muitos milhoes que andamos todos a pagar.há de tudo,desde ministros, a secretarios de estado.

  41. numbejoana,começo a pensar que e´funcionario publico ,ao serviço dos juizos.uma especie de oficial de deligências.a justiça está mal, por que os juizes,são uma especie do refugo dos formados em direito,que após analise pessoal,chegaram à conclusaõ que não tinham pedalada para competir no mercado, com proenças de carvalho,josé miguel judice, e rogerio alves e outros.conheci um que a única coisa que pelos vistos fazia bem,era arranjar promoçes para um irmão numa empresa publica muito conhecida.uma vergonha!

  42. Cari Fifi,

    Retirando o José Judice, os outros que menciona, advogam? A sério? Não sabia…São bons advogados, é? Não sabia, e acho que não se lhes reconhece tal categoria no dito mercado.

    Meu caro, quer saber o que faço? Pois ainda não percebeu?
    Oiça há juízes que o são de vocação, mas há outros que de facto, são uns belos emplastros, fazem assim sentenças, como quem faz redações em série. Note, porém, que a minha impressão sobre o Juíz Carlos Alexandre é a melhor e o Sr. Procurador não lhe fica atràs.
    Já agora, os oficiais de diligências são quantas vezes excelentes substitutos de livros jurídicos…

  43. numbejonada,nunca vi proença de carvalho no tribunal,mas recordo palavras de josé judice numa entrevista: proença de carvalho e´o melhor advogado na barra do tribunal.se ele diz,quem sou eu para o contrariar.numbejonada,quem utiliza os meios do juiz carlos alexandre,levanta serias suspeitas.estas fugas de informação em exclusivo a um pasquim da nossa praça,permite varias leituras,reforçadas depois de sabermos que o mesmo recusa subir de posto,para não largar a funçao actual.não tenho nada contra os oficiais de deligências.

  44. Caro Fifi,

    Se o José Judice elogiou o Proença de carvalho assim, das duas uma: interesses ou ironia. Acredite-me: sabe mais um estagiário em tribunal do que aquele. O Rogério Alves, esse? Mas ele existe? Nunca dei por ele….

    .Não sou oficial de diligências, mas creia que são excelentes alternativas ao saber teórico dos livros. Respeito-os imenso.

    O Juíz Carlos Alexandre é um bom juíz e por sê-lo, é que o temem.

  45. As fugas de informação, nesta altura, não interessam. O que interessa são os factos e esses, caro Fifi, já passaram a fase da fumaça…e isso é grave.

  46. ninguém teme bons juízes, mas sim maus juízes, que é o caso deste campeão de trafulhice judicial por encomenda.

  47. o que interessa são actos puníveis pela lei e isso não há. o que há são fezadas e crenças baseados em suponhamos sem qualquer enquadramento penal para desespero dos justiceiros do costume.

  48. Que ironia. Está há quase meio ano na prisão um homem por suspeita de ter contribuído para os negócios mais benéficos para a economia portuguesa nas últimas décadas.

    http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/construcao/detalhe/grupo_lena_cria_cidade_nos_arredores_de_caracas.html

    http://www.dn.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=1317800

    http://www.tvi24.iol.pt/construcaio/industria/portucel-inicia-hoje-construcao-de-nova-fabrica-por-500-milhoes

    http://www.publico.pt/local/noticia/socrates-reconversao-vai-tornar-refinaria-de-sines-em-centro-industrial-de-primeira-linha-1352980

    Enquanto governa quem nela não deixa pedra sobre pedra de interesse nacional, cavalgando hipocritamente a desgraça financeira que se abateu sobre o mundo inteiro.

    http://olhodeboi.blogs.sapo.pt/haja-alguem-que-explique-66769

    Pode limpar as mãos à parede uma direita que escarnece de quem dá mostras de ter sido dos últimos a acreditar no sentido patriótico do seu país.

  49. «o que interessa são actos puníveis pela lei e isso não há. o que há são fezadas e crenças baseados em suponhamos sem qualquer enquadramento penal para desespero dos justiceiros do costume.»

    IGNARALHO, baie, anda baie só, baie isplicare isso à adibugada do maior altruísta de sempre – Santos Silva. Dize-lhe, ó IGNARO, dize-lhe que num se fazem articulados com base em «suponhamos», tás a abere? oqueie.

  50. E já agora, Ó IGNÓBIL, já alguma vez ouviste falar no princípio da livre convição, hum? Já? Ora procura aí um linque ( que não seja dos ratos dos xuxas comunas) e descobre….a propósito de fezadas e de crenças…

  51. a livre convicção que tenho é o superalex ter de empenhar a vivenda apalhaçada que está a construir em mação para pagar indemnizações ao sócras por erros grosseiros.

  52. Ele e os juízes do tribunal da relação, e todos os outros por quem vai passar o processo até a fatídica condenação.

    Coitado do 44, o maior negociador para o interesse português. Negociatas do grupo Lena na Venezuela – lucros privados, investimento da portucel, empresa privada listada em bolsa – lucros e iniciativa privada, Embraer, empresa brasileira que vem cá aproveitar os apoios comunitários e o facto de ainda fazermos parte da Europa – lucros estrangeiros, Refinaria de Sines – lucros privados.
    As únicas coisas em que ele interviu foram desastres para Portugal. Bloqueou a fusão da Pt – perdas de 7 billioes, matou a empresa. Parque escolar – perdas gigantescas. Quimonda – perdas gigantescas. Nacionalização BPN – perdas gigantescas. Geriu Portugal tão bem tão bem que levou o país à falência. Etc e tal.
    A única coisa em que provou ser bom foi em encher os bolsos.

  53. numbejonada,outro dia o rogerio alves(do sporting como eu) disse que tinha empregados.pergunto: como lhes paga? lembro-me dele no caso madie e confesso que fiquei chocado.

  54. já todos sabem nesta casa quem vota no ps.já não sabemos quem saõ os pcp,bloquistas e direitolas,em virtude da semelhança dos argumentos e criticas.era bom que fizessem uma declaração de interesses para não serem tratados por igual!

  55. Ignatz não lhes ligues, que estás a descer ao nível deles, que neste caso é de merda, nível de merda

  56. “Ignatz não lhes ligues, que estás a descer ao nível deles, que neste caso é de merda, nível de merda”

    obrigadinho pela assessoria, mas a ideia é mesmo essa, mostrar que nem ao nível de merda dão uma para a caixa. se não sabes nadar na merda, é muito provável que te afogues.

  57. O Básico chama negociatas ao maior contrato de obras públicas conseguido por uma empresa portuguesa no estrangeiro, à manutenção de milhares de postos de trabalho, aos investimentos que levaram ao crescimento das exportações portuguesas. Deve achar um grande negócio, por exemplo, à entrega comissionada dos 13 mil milhões de euros de activos da Fidelidade, por menos de 10% desse valor, com que chineses ainda agora se rebolam no chão à gargalhada.
    Tudo aponta para que José Sócrates tenha sido o último grande estadista português. Levará muito tempo até que o poder institucional da nação deixe de ser ocupado por figuras de decoração e velhacaria ou moços de recados a mando de Berlim ou Pequim.

  58. O Galuxo, nome de alfaia agricola, o teu problema, e o problema da generalidade dos portugueses, e falarem do que nao sabem, ficando imediatamente rotulados de burros – que sao por sinal.

    Relativamente ao teu primeiro argumento, nao vou andar aqui a perder tempo a fazer research sobre o maior contracto de obras publicas da historia portuguesa, pois sabemos que (i) nao e, (ii) nao vai ser totalmente executado, (iii) nao vai ser pago. Basta pensar nos negocios que a mota engil ou outras grandes construtoras tem conseguido em Africa para ver que essa afirmacao nao tem ponta por onde se pegue.

    Relativamente ao teu segundo argumento, de burro tambem, talvez ainda mais que o primeiro, convem perceberes que os 13 mil milhoes de activos da fidelidade ou sao pertenca dos seus clientes, que investem produtos de poupanca, ou estao a gerar rendimentos para cobrabalancar os passivos da companhia (os riscos tomados). O negocio da fidelidade, tal como o dos bancos, e conseguir um spread nesses billioes, e nao a propriedade desses billioes. Foi por isso que a Fidelidade foi vendida pelo valor que foi, o seu ganda burro.

  59. Tanto faz se é o contrato da Lena na Venezuela é o maior ou um dos maiores. Ou até se tem ou não tem um final feliz. O risco faz parte do negócio. O que é importante é a miserável atitude trocista de Básicos como tu, cuja inveja de quem arrisca para produzir em tudo vê suspeitas e só bate palmas aos que jogam no casino da especulação financeira imediatista com o dinheiro dos outros. Cá estaremos para saber quem vai pagar as responsabilidades da Fidelidade se a jogatana der para o torto.

  60. Os problemas do sector privado so dao chatices ao sector publico quando o PS e a esquerda estao no poder.

    Nacionalizacoes pos 25 de Abril => bancarrota, custos para os contribuintes.

    Politica dirigista do consultado do 44:

    PT => falida, governo actual nao deixa que os custos passem pros contribuintes
    BNP => falido, PS passa os custos para os contribuintes
    BES => falido, governo nao deixa que os custos passem pros contribuintes, PS continua a tentar
    Quimonda => falida, PS passa os custos passados aos contribuintes
    EDP => vendida aos chineses
    REN => vendida aos chineses
    Aeroporto Beja => opcao PS, falido
    Pais => falido, politicas PS passam os custos das suas opcoes politicas para os contribuintes.

  61. Deves pensar que as dividas do pais nao sao para pagar, como o 44, ou que o pais pode adoptar a tactica do mestre e saldar as suas contas com “emprestimos” a fundo perdido de amigos.

  62. Deve haver uma nuance que vos escapa, que devem do facto que nos anos finais do consulado do 44, o pais acumulava deficits – e divida – ao ritmo de 10% do PIB ao ano. O que este governo fez foi reduzir o ritmo de acumulacao de divida, num pais que prai desde o 25 de abril nao para de ter deficits orcamentais.
    Nao percebo assim a surpresa de verem os impostos a subirem – ate um puto da escola primaria consegue perceber que deficits e divida mais nao sao do que impostos diferidos.

  63. Básico, cantas bem mas não alegras. Os défices de orçamento do actual governo ainda não conseguem ser tão baixos como os défices do governo de Sócrates antes da crise financeira global. E quem fala de défices de 2009 a 2011 sem considerar esse tumulto não é inteligente. Pior ainda, quem se aproveitou disso para se alçar ao pote de influências e comissões sobre a venda ao desbarato do que restava de interesse estratégico nacional é hipócrita e não tem amor à sua pátria. Isso aconteceu pelo que se diz ser o governo mais à direita desde o 25 de Abril.
    http://www.tradingeconomics.com/charts/portugal-government-budget.png?s=wcsdprt

  64. Oh Amigo Galucho, por quem sois. Deixe-me chapar-lhe aqui os dados do consulado 44, cortesia do Pordata

    2005 46,7 40,5 (6.20)
    2006 45,2 40,9 (4.30)
    2007 44,5 41,5 (3.00)
    2008 45,3 41,6 (3.80)
    2009 50,2 40,4 (9.80)
    2010 51,8 40,6 (11.20)
    2011 50,0 42,6 (7.40)
    Merdia -6.53

    O seu amigo 44, promoveu em media um deficit de 6.3%, percebe entao como chegamos a bancarrota? Para referencia, a media do deficit dos ultimos 3 anos, em plena intervencao externa e restruturacao da economia, sao 5%.

    Aprenda tambem que a crise financeira mundial comecou em 2007, e que em 2010 ja os EUA estavam novamente a crescer. O 44 com os seus truques e ma gestao escondeu a coisa, atraves de programas de investimento publico suicidas ate 2009, altura em que nao pode mais.

  65. Não sejas básico como eu JP Ferreiro! Ilumina-nos com a tua sabedoria financeira, banha-nos com detalhes de teoria macro econômica, faz-nos ver onde é que estamos a errar, como e que Portugal estaria agora a crescer acima da média europeia e como tínhamos evitado a bancarrota socrates.

  66. Básico, uma definição de burrice básica pode ser comparar dados económicos de períodos de plena crise financeira mundial com os restantes. Se os EUA já estavam a crescer em 2010 bem podem agradecer à responsabilidade e visão da Reserva Federal que executou as políticas monetárias que o actual governo sempre combateu e que demasiado tarde o BCE descobriu ser a única salvação possível de uma Europa moribunda. Podes martelar números da maneira que quiseres. Conforme Ângelo Correia, mentor e principal responsável da eleição do actual primeiro ministro, muito bem disse desta governação e do seu sentido estratégico (ou da falta dele): PIOR É IMPOSSÍVEL.

  67. Pior impossível? Tu deves ter perdido a entrevista do Teixeira dos Prantos, onde reconheceu ipsus verbis que o 44 faliu o país, e que se dependesse dele, as consequências teriam sido muito muito pior.

    Reciclados comunistas…

  68. basico,

    essa ultima até dá vontade de apertar o controlo de natalidade lá no manicómio onde nasceste.

  69. oh burro do caralho, esses números são o quê? cadê os números dos anos seguintes? não me digas que ainda são provisórios e não podem ser conhecidos porque ainda não foram homologados e as contas nãp batem certas. o último e pior rating da república do governo sócras, dado pela fitch em jun2011 foi BBB-, com crise da bolha, recessão europeia e pitrol a 114 dolars, quatro anos depois do confisco de ordenados, pensões, desmantelamento dos serviços sociais e saúde, venda ao desbarato do património estratégico, petróleo a 58 dollars, fim da bolha, a ficth atribui em mar2015 o rating BB+. só a fitch é que não vê as melhorias deste governo de imbecis. junto tabela de ratings para não teres a tentação de dizer que BB+ é melhor BBB-.
    http://visao.sapo.pt/tabela-ratings=f557041

  70. O ignorantz, tu, mais uma vez demonstras a tua total incapacidade de compreender o mundo, ou, por outras palavras, a tua burrice.

    Desde quando é que as notações de rating reflectem as condições financeiras dum país num dado momento no tempo? Queres saber o que o mundo pensava das políticas do socrates, mostra-me as taxas de juro das obrigações na altura, era essa a credibilidade que as suas políticas e país mereciam. Queres que faça uns googles do que o 44 pensava das agências de rating? Até se abriu uma comissão de inquérito em Portugal… Ainda te lembras como as agências de rating notavam os produtos estruturados? Claro que não, porque nessa altura tu nem sabias o que raio era uma obrigação, andavas preocupado a escrever discursos para o presidente da junta da borralheira.

  71. oh burro do caralho, não foi isso que te perguntei, mas repito:
    “esses números são o quê? cadê os números dos anos seguintes? não me digas que ainda são provisórios e não podem ser conhecidos porque ainda não foram homologados…”

  72. Isso de ter dificuldades cognitivas e sofrer de iliterata funcional e uma chatice. Ora vê lá bem este paste do meu exchange com o outro estarola, amostra suprema de inteligência amibimica, JP Ferreiro.

    “O seu amigo 44, promoveu em media um deficit de 6.3%, percebe entao como chegamos a bancarrota? Para referencia, a media do deficit dos ultimos 3 anos, em plena intervencao externa e restruturacao da economia, sao 5%.”

  73. “O seu amigo 44, promoveu em media um deficit de 6.3%, percebe entao como chegamos a bancarrota? Para referencia, a media do deficit dos ultimos 3 anos, em plena intervencao externa e restruturacao da economia, sao 5%.”

    oh burro do caralho, podes escrever isto 200 x que ninguém acredita. botas aí as contas e as fontes se queres mais conversa.

  74. O amigo ignorantz, grande campeão do research by Google, certamente pode ir ao pordata ou ao Ine descobrir isso por si próprio.

    Ou acha que está a dar ordens no sindicado dos professores do Sul e ilhas?

  75. Ó Básico, vê lá tu como o governo de José Sócrates promoveu défices orçamentais por esse mundo fora

    http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/4/40/Government_surplus_or_deficit_since_2001_(piiggs_and_US).svg/2000px-Government_surplus_or_deficit_since_2001_(piiggs_and_US).svg.png

    Só perderá as próximas eleições quem não desmascarar com frontalidade a indigência mental dos básicos que sustentam o governo mais anti-patriótico que Portugal já conheceu.

  76. “Ou acha que está a dar ordens no sindicado dos professores do Sul e ilhas?”

    não, acho que estou a perder tempo com um cretino que inventa umas merdas para armar confusão. portanto vai para a puta que te pariu com as aldrabices que debitas baseadas em invenções. queres discutir como as pessoas, botas fontes se não queres ficar a falar sózinho ou pensas que isto aqui é o tique, tu és o super alex e o maralhal tem que andar a consultar a pordata para descobrir as tuas aldrabices.

  77. O galucho, então e desses países quantos foram à falência como Portugal? E achas que te deves preocupar com o futuro desses países, ou com o futuro do teu, que o 44 arruinou? E já agora achas também que alguém, para além dos portugas, tem responsabilidade em resolver os problemas de Portugal, um país que desde o 25 de abril já foi à falência 3 vezes, e que nunca apresentou um único superavite.

  78. Básico, todos esses países passaram pela mesma dificuldade. Estão em melhor condição os que tiveram bancos centrais astutos ou os que tiveram oposições responsáveis que não empurraram os seus governos para os braços das ortodoxias do FMI.
    Os EUA, por exemplo, muito poucos superavits apresentaram nos últimos 60 anos e nem por isso deixaram de crescer, criar riqueza e criar emprego como nenhum outro país.
    Quem arruinou Portugal foi quem vendeu ao desbarato toda a sua vontade económica própria. Portugal acabou. Os Básicos das Lusíadas que governam este país transformaram-no em pouco mais do que um cenário para turistas tirarem fotografias e uma fonte de dividendos para especuladores chineses.

  79. Foram so 5 anos no caso dos EUA o Galucho, coisa pouca. As outras nuances que escapam aqui a turba que nunca sentou o rabo numa universidade, sao:

    1 – custo de divida
    2 – ritmo crescimento economia (muito superior ao custo da divida no caso dos eua)
    3 – saldo primario do orcamento…
    4 – stock de divida acumulado.

    Pormenores que voces nao ententem, e que fazem a diferenca entre provar mousse de chocolate, ou uma pilha de mxrda. Ambas parecem iguais, mas quando se investiga os pormenores veem-se diferencas significativas.

  80. basico intelectualmente és o maior filho da puta que anda no aspirina.a tua universidade deve ter sido a catolica,ou a do relvas.socrates nunca disse que as divida não eram para pagar ,mas para se irem pagando.recordo-te meu grande pulha que ainda há pouco tempo portugal pagou uma divida do lider que te inspirou para a politica .salazar.

  81. “… mas quando se investiga os pormenores veem-se diferencas significativas.”

    yeah meu, especialmente quando se fala de tudo e mais um par de botas, inventa números, martela outros, ficciona realidades mal imaginadas e citações manhosas embutidas à marretada para credibilizar verborreia tipo santalopes, com as limitações de um burro do caralho.

  82. basico,no primeiro mandato sem crise internacional,o governo socrates atingiu o deficite mais baixo da democracia portuguesa.2.7%.numeros abaixo do exigido pela UE. eu bem digo que és um fdp!

  83. Olha que nao “Fifi”. Tens duvidas sobre os meus numeros vais ao Pordata, ao site do INE ou ao Eurostat da Uniao Europeia. Deixa-me reavivar-te a memoria sobre os numeros do consulado 44. O melhor que ele conseguiu, em periodo de forte crescimento economico a nivel global, com transferencias de fundos da UE em full power, com politicas de privatizacoes e desorcamentacao agressiva foi -3.0%. Um mestre de financas bem se ve, financas pessoais claro.

    2005 46,7 40,5 (6.20)
    2006 45,2 40,9 (4.30)
    2007 44,5 41,5 (3.00)
    2008 45,3 41,6 (3.80)
    2009 50,2 40,4 (9.80)
    2010 51,8 40,6 (11.20)
    2011 50,0 42,6 (7.40)
    Merdia -6.53

    A vossa maneira de aprender estatisticas financeiras aqui no blog e digirir propaganda Socialista, o que nao deixa de ser interessante, um sinal de grande inteligencia e espirito critico.

  84. 2005 46,7 40,5 (6.20)
    2006 45,2 40,9 (4.30)
    2007 44,5 41,5 (3.00)
    2008 45,3 41,6 (3.80)
    2009 50,2 40,4 (9.80)
    2010 51,8 40,6 (11.20)
    2011 50,0 42,6 (7.40)
    Merdia -6.53

    isto é o quê? a pressão dos pneus das viaturas do tribunal da relação ou copiaste aí dum comentário que ilustrava a quantidade de burrice que tens nos cornos. se somares tudo e dividires por 15 dá 38 de média, partindo do princípio que o absurdo é infinito e que a paciência tem limites.

  85. O idiota Ignorantz, eu sei que tu nao consegues alcancar o que uma crianca do jardim escola faz de na terceira classe, e que e inferir que tipo de dados esta a ver a partir do seu contexto.

    Aqui fica o link, especial para Ingnorantz do teu calibre.

    http://www.pordata.pt/Portugal/Administra%C3%A7%C3%B5es+P%C3%BAblicas+despesas++receitas+e+d%C3%A9fice+excedente+em+percentagem+do+PIB-2788

    Como pareces nao saber tambem algebra basica – hehee – a mxrdia que o socrates fez nas contas publicas obtem-se somando os deficits dos anos 2005 a 2011 e dividindo por 7. Agradece aqui ao mestre, Boi.

  86. poizé, oh burro do caralho! tal como eu previa somas batatas com alhos divides por 7 e dá caralhos, ou seja:

    1 – fazer médias de subtracções de receitas a despesas de um período de 7 anos, é mais ò menos a mêma coisa que fazer um gráfico da evolução da pressão dos pneus das viaturas do tribunal da relação entre 2005/2011.

    2 – botaste os números dos governos sócras mas omitistes os outros, porque a realidade é dura: as despesas da administração pública não baixaram e os rácios continuam inferiores aos dos governos socras antes da crise, tendo sido conseguidos com esbulho fiscal e sem qualquer sustentabilidade. não houve qualquer reforma da administração pública como querem fazer crer e sabe-se agora que afinal a despesa aumentou porque os serviços que o estado deixou de prestar, a tanga das economias e racionalizaçãoes de serviços, foi entregue aos privados de subcontrato, mais caro e pior serviço.

    3 – tamém como previa os números de 2013/14 são provisórios, ainda não foram homologados porque ainda não convenceram a comissão europeia que são verdadeiros, o que só acontecerá depois das eleições.

    4 – mais uma coisita, os socialistas só governaram até jun2011, a metade final foi por conta da coligação maravilhas.

    5 – depois ainda há mais uns detalhes, tal como os valores serem % do pib que vem em queda e os valores absolutos serem ainda mais assustadores.

    ano despesas receitas excedente
    2005 46,7 40,5 -6,2
    2006 45,2 40,9 -4,3
    2007 44,5 41,5 -3,0
    2008 45,3 41,6 -3,8
    2009 50,2 40,4 -9,8
    2010 51,8 40,6 -11,2
    2011 50,0 42,6 -7,4
    2012 48,5 42,9 -5,6
    2013 Pro 50,1 Pro 45,2 Pro -4,8
    2014 Pre 49,0 Pre 44,5 Pre -4,5

  87. 1 – tens razao pa, has-de me mostrar como se calcula a media dos deficits orcamentais do periodo. a tua matematica e tao avancada que para saber que a media de 2 e 4 deves usar calculo estocastico.

    2 – es um pequeno revisionista, quantas vezes ja meti neste chat a media dos anos seguintes? queres que meta mais vezes ate entrar no teu cerebro pequenito heim? Quanto ao resto do paleio nao consubstanciado que pasmas no paragrafo, carregado de idiologismo e populismo bacoco, agradecia que o guardasses para o proximo numero do avante ou para colares num poster das manifestacoes contra a troika.

    3 – tu ate les o futuro cxarlho, pena e que nao comentes as sucessivas revisoes dos numeros da era do 44, que essas sim, sao conhecidas e graves.

    4 – ok, e tu sabes quando e que e aprovado o orcamento geral de estado?

    5 – ah sim, consegues consubstanciar? mostra la quao assustadores sao.
    para tua referencia, o amiba, o total da divida publica aumentou em 101.24 billioes entre 2005 e 2011, 101 BILLIOES, e esse o EFEITO 44, o que levou o pais a BANCARROTA.
    Entre 2012 e 2014, a divida portuguesa, em processo de intervencao externa e restruturacao, aumentou 32.67 billioes. Tas a ver a diferenca? Tenta rebater com numeros se faz favor, em vez das baboseiras do costume com que tentas convencer as sopeiras do monte abraao a votar no PS.

  88. As sopeiras já votavam PS antes do gato e do básico cá chegarem. Consta que vão continuar a votar no mesmo partido, desta vez no querido Costa para arrumar de vez com a coligação mal-cheirosa da direita que nos (des)governa. Uma revolução sopeiral está em marcha.
    básico, apruma-te!

  89. oh burro do caralho, vou explicar de novo:

    . 1 – para que é que serve o cálculo da média da pressão dos pneus nos últimos 7 anos das viaturas do tribunal da relação? só se for para o estudo custo/benefício da compra de um compressor.

    . 2 – pois, mas assim percebes o não consubstanciado, coligação maravilha aumentou tudo, despesas e receitas.

    . 3 – mas são números provisórios, não são? sabes porquê e incomoda-te falar nisso. pomos de lado e falemos de orçamentos rectificativos, sabes qual é a média deste governo vs sócras?

    . 4 – mas o orçamento de estado não era o memorando da troika feito pelo avó pintelhos e moedas que obrigaram o sócras a assinar para o responsabilizarem pela merda que iriam fazer a seguir.

    . 5 – já vi que a tua especialidade é martelar a realidade sócras e maquilhar a ficcção da coligação maravilhas, mas escusas de aldrabar tanto. de acordo com a pordata a dívida pública aumentou entre 2005 e jun2011 77.456,6 milhões de euros e de jun2011 a final 2014 aumentou 40.904,4 mil milhões, tás a ver a diferença entre a realidade e a aldrabice?

    2005 106.919,5
    2006 115.002,2
    2007 120.088,5
    2008 128.191,4
    2009 146.691,3
    2010 173.062,5
    2011 195.689,6
    2012 211.784,3
    2013 Pro219.644,6
    2014 Pro225.280,4

    http://www.pordata.pt/Portugal/Administra%C3%A7%C3%B5es+P%C3%BAblicas+d%C3%ADvida+bruta+(base+2011)-2783

  90. Uma vez aldrabao sempre aldrabao. Aprendeste com o mestre? Fizeste carreira como feirante a vender meias e atoalhados? So assim se conseguiria um avontade tao grande para tentar enganar a audiencia.

    O 44 entrou ao servico em Marco de 2005, logo, o stock de divida que conta, seu ganda burro, e o de fins de 2004, EUR 94.454,1.
    O 44 saiu de cena, depois de ter feito o orcamento para o ano e afundado o pais, em 21 de Junho de 2011. O stock de divida que conta e o do fim de 2011, EUR 195.689,5.

    Bem sei que a soma e a subtraccao sao coisas dificeis para ti, gajo que mal acabou a primaria, e quando se fala de subtracao, tu pensas em roubo de valores (como o 44), mas acredita burranga, Eur 195.69 – 94.45 sao mesmo Eur 101.45 billioes.

    Ja agora, ve ai na cartilha do 44, quanta riqueza (crescimento do PIB) se conseguiu criar em Portugal com todo esse enorme acumulado de divida?

  91. Ó Básico das Lusíadas, podes fazer o pino em cima da cadeira ou levar os números que quiseres ao passe-vite. A governação de José Sócrates, até ao eclodir da crise financeira mundial, é o período recente em que ocorreu maior crescimento económico com menor formação de dívida. São os teus colegas de bancada que o dizem

    http://oinsurgente.org/2015/03/24/uma-receita-para-o-sucesso/

    Nota bem: Se queres continuar a receber alguma atenção ao que escreves não utilizes escárnio pessoal. Se voltas a falar em linguagem tipo 44 considera-te mandado p’ró caralho.

  92. Ó Lucas ele não quer atenção nenhuma, ele quer mesmo é avacalhar aqui este cantinho à beira mar plantado.

    Como diz um primo meu, é dar importância à merda.

  93. Da um bocadinho menos que os 101 billioes de divida do 44, ou os 1.9 milhoes em juros que pagamos ate agora pela insurgencia da Canavilhas a venda dos Miros. Nao achas que 1.9 milhoes de euros e muito dinheiro? Quantas escolas construias com 1.9 milhoes de euros? Quantas pessoas despedias numa empresa se te causassem um prejuizo de 1.9 milhoes de euros? Porque e que os toinos do PS que apareceram na TV a dizer que iam meter umas providencias cautelares contra a venda dos Miros – todas rejeitadas – ainda nao estao presos?

  94. “Quantas escolas construias com 1.9 milhoes de euros?”

    oh burro do caralho que não sabe fazer contas, para que é que queres as escolas? só se for para o crato fechar e os gajos do património leiloarem por ajuste directo aos xinocas dos vistos gold. depois, quais mirós? só se forem as fotocópias, porque os originais foram empenhados no dia da compra.

  95. Quem sabe de fotocopias e o 44, mas acho que as dele valiam dinheiro.

    Entao e a presuncao de inocencia neste caso, e as fugas de informacao para a imprensa que sao tao criticaveis, onde e que diz no artigo que o homem cometeu um crime, esta demonstrado que o crime dele ja transitou em julgado.

    Dual standards, voces de tao enviesados ate parecem ridiculos.

  96. “Quem sabe de fotocopias e o 44, mas acho que as dele valiam dinheiro.”

    não foram 44, foram 60.000 num fim de semana e segundo reza a investigação foram 27 milhões em luvas de pelica para os sumarinos não deixarem rasto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.