A vingança dos impotentes

A terceira indignação é com o ministro Santos Silva. O ministro Santos Silva decidiu fazer uma coisa nunca vista num Ministro da Defesa. Foi comunicar, a países onde passam a existir núcleos de espiões portugueses – isto é, agentes de informações portugueses – “Olhe, a partir de agora mandamos uma equipa de espiões!” Nunca se tinha visto isto, um Ministro da Defesa a comunicar à comunicação social, a comunicar publicamente, que em países estrangeiros passariam a intervir agentes dos serviços secretos portugueses. Para, a partir daí, naturalmente, nesses países, no Líbano ou, porventura, amanhã também no Afeganistão, eles começarem a registar “Quem é que acabou de chegar! Vamos lá ver se estes são espiões ou não…” Os pobres ainda não começaram a intervir e já têm, olha, “Santos Silva” em baixo, “espião”. Os que são e os que não são, em princípio são todos espiões. Isto é Ministro da Defesa? Estamos a brincar…

Marcelo, perto das 22h de 29 de Agosto de 2010


*

Moura Guedes tinha razão quando vocalizou o sentido lamento: O que me faz pena é ver a informação da TVI chegar onde chegou. De facto, o mais provável era que Marcelo não conseguisse fazer este número chungoso se tivesse à frente Flor Pedroso. Pelo menos, ouviria uma boquinha acerca da inexistência de espiões ou da deturpação à má-fila do que foi dito por Santos Silva e respectivo pretexto e contexto da referência ao CISMIL. Com Júlio Magalhães, numa vergonhosa estratégia de favorecimento ao Governo e a Sócrates, passa tudo sem um murmúrio de questionamento. E passou a tentativa patética de achincalhar Santos Silva, mas feita a partir da mais absentista noção do ridículo. Não só Marcelo está a baralhar pedaços da história como se revela profundamente ignorante acerca do que sejam os serviços de informação militares portugueses. O que lhe interessava era malhar no malhador, à maluca.

Crespo passou a semana a pedir colaboracionistas para o mesmo espancamento. Santos Silva provava-lhe, se provas faltassem, que o Governo estava nas mãos da escória nacional, até os espiões eram enviados para a carnificina juntamente com uma legião de inocentes, doravante condenados à degola. Mas o verdugo não estava preocupado com a saúde de algum 007, muito menos com o descanso dos turistas, estava era extasiado com o valor do preso que torturava. Ostentava alarve a sua pose de gordurosa e venenosa sonsice enquanto pedia a opinião aos convidados, premiando as declarações de censura ao Ministro da Defesa com sorrisos e risos vitoriosos. O jornalista impoluto, no espaço noticioso paradigmático da liberdade de expressão, tinha derrubado mais um ministro miserável. Até Vítor Ramalho alinhou nesta pornochachada onde se sucedem personalidades públicas a bajularem um ser civicamente decadente e poluidor. Por isso, quando Ana Gomes lá foi, na sexta-feira, havia fortes chances de ela ajudar à festa com a sua contumaz irreverência anti-governamental, pensou o bicharoco. Acontece que a energética senhora, quando recebeu o mote, começou por esfregar o texto do general Loureiro dos Santos no focinho do pseudo-jornalista à sua direita. E rapidamente ocupou o tempo a repetir que seria estúpido não usar os analistas militares disponíveis para garantir a segurança das tropas. Várias vezes o disse, e com ênfase suficiente para não deixar dúvidas a uma porta: estúpido. Em resposta, viu o Crespo empertigar-se na cadeira e dizer que o Ministro devia ter ficado calado. Os argumentos da entrevistada, e as suas citações, não interessavam para nada, o porcalhão tinha uma mensagem para fazer chegar ao povo e quem lhe aparecesse à frente com outras ideias seria despachado como irrelevante ou cúmplice.

Neste episódio à volta do Ministro da Defesa há uma faceta que remete para a espectacular exibição de ignorância e estupidez tão típica da pseudo-direita que enche o PSD, o CDS e seus apaniguados jornalistas. Mas há outra faceta, indisfarçável: o ressentimento, ressabiado, contra Santos Silva. E porquê? Ora, porque a risota nervosa e desmiolada é a vingança dos impotentes.

30 thoughts on “A vingança dos impotentes”

  1. Impotentes, não! Castrados!!! Voluntáriamente castrados. Um impotente quase sempre não tem culpa de o ser. Mas um eunuco submete-se à castração para servir o seu senhor. E estes anti-Sócrates são uns voluntários e invertebrados eunucos. Eu li Loureiro dos Santos e fiquei esclarecido. Só não fica quem decidiu deixar-se capar, para lamber as botas dos «zerinhos» de que fala o Valupi.
    Marcelo é o aldrabão dos aldrabrões da nossa praça politica. Também eu duvido que aquela Flor pasmada da RTP balbuciasse o que quer que fosse perante o pesporrento Marcelo.

  2. Lembro-me de ver a Flor Pedroso a contrapor alguma coisinha; embora a lógica nunca fosse a de fazer um debate, tão-só de pontuar e puxar pelos assuntos, claro.

  3. Ora, ora! A direita portuguesa, de há muito tempo a esta parte, tem estado sobretudo preocupada em produzir dirigentes e comentadores de futebol no antes, durante e após a actividade política dos seus elementos.

    As estatísticas demonstram-no e, valendo o que valem, não são fruto do acaso. Valentim Loureiro, Santana Lopes, Seara, o próprio Rebelo de Sousa, o Seara, o Dias Ferreira por afinidade genética, o Seara, Silvio Servant, Hermínio Loureiro, Rui Gomes da Silva…

    Realmente o algodão não engana: esta política de causas sim, tem sido um contributo decisivo para o estado actual da sociedade portuguesa. E, neste contexto, a promiscuidade entre o jornalismo de encomenda que predomina na comunicação social e esta política feita de populismo e bovinidade, emerge com uma naturalidade repugnante.

  4. Valupi,
    Também vi a farsa patética que MRS representou na sua pantomineirice dominical. Estava vendo e pensando:- este homem não leu o artigo do general Loureiro dos Santos e está fazendo uma figura duplamente patética ao insistir na tese dos “espiões”-. Contudo a sua parvoíce, tal como a de Lobo Antunes sobre a guerra colonial, é tanta que se julgam acima da História. Este tipo de gente patarata está apanhada pelo tempo de antena que lhes dão, e que sendo pagos a peso de ouro, os leva a pensarem que do outro lado “comem” toda a porcaria que deitam pela boca, como se estivessem a falar para papalvos.
    Enquanto Portugal não se livrar destes charlatães sem pinga de vergonha armados em “professores” de tudo e todos sempre deitando baba pela boca, dificilmente iremos a lugar algum.

  5. Meus Caros,

    Eu sou anti-democrata, mando em mim, não gosto que me dêem ordens, não gosto da política de Sócartes, não gosto da direita, o que é isso, nem da esquerda, o que é isso, e centro, também não sei o que é. Portanto não sou hipócrita.
    Algum saco onde os possamos enfiar a todos? Volto a perguntar-vos: sabem a Justiça que é feita nesta país? A justiça económica, a social, e a dos tribunais? NENHUMA.

    Que faz o PS? Mete ao bolso, mente nos tributos. A Direita? Desejosa de comer, bem agora deve estar borradinha de todo se o outro não acaba o mandato. Este vê-se grego para o acabar. Até temos um tipo que quer ser eleito pela boca do foleiro Botas, que diz que o passos coelho é um homem sério porque vive em Massamá. Por essa via, os que viviam no Casal Ventoso de Lisboa eram seríissimos.
    Que faz a Oposição? Cala-se e orienta em jeito de maestro os seus interesses, dando-lhe jeito as merdas em que Sócrates se encontra envolvido, porque o que interessa é dividir para reinar. O povo, burro e como qualquer burro, vocacionado para andar à nora e meter água, cala-se e aguenta sob o canto do Junqueira, nem as moscas das orelhas consegue sacudir, mas entretém-se a discutir o que na realidade não sabe, ou o que sabe, não é sequer considerado pelos detentores do Poder, que não discutem o importante. É tudo uma questão de cornos, os tais que o Pinho pôs na cabeça no maior desrespeito aos eleitores. Provando afinal que cornos não existem, são apenas coisas que nos poem na cabeça. A língua portuguesa é magnífica, pena que esteja a morrer e os cancionetistas do regime não se preocupem com isso. Parece também que os portugueses estão em extinção, não se reproduzem, será porque estão fartos de ser comidos pelo sistema todos os dias, ou não gostam do lema de cavaco Silva«Portugueses, reproduzam-se como os coelhos».

    Desculpa VALUPI, mas hoje foi um dia cheio de merda, tive de a resolver e de cofiar o bigode e por-me na balança do meu sexo oposto. Uma questão de mostrar que a balança cai sempre para onde realmente queremos.

  6. poça, eu enjôo só de ler. Voc ês têm estômgos muito melhores que o meu. E no entanto é um difuso dèjá-vu, sempre déjà-vu. Mas como é que se varre essa fauna jurássica instaladíssima? Sendo que, por outro lado, têm o direito de existir assim. Um tsunami mental talvez – escuso de dizer que o Valupi é acerado como a verdade que refulge em borboletas de aço.

  7. Toutaber

    Sei que andas triste e compreend-te. A merda é de mais. Mas tens de ver quem a caga. Quando falas das coisas em que «Sócrates está envolvido», devias dizer, isso sim, coisas em que os merdosos o envolveram. Sabes que é verdade. Pelo menos tu, não comas a merda que te servem.
    Meu caro, também eu já sonhei que podia mudar o mundo com um estalar de dedos ou avançando de peito aberto com a minha veradde total! Havias de ver, pá! Que coragem na ponta da lingua deste chico esperto. Mas como a minha raíz é mesmo democrática, acabei por entender, quando me passou o excesso de tesão, que não podia enfileirar dez mil ou dez milhões de cabecinhas atrás das minhas brilhantes verdades. Nem dez sequer. Nem as do meu querido agregado familiar. Afinal tinha que contar com outras vontades, “pensares e sentires”. Fiquei reduzido à minha insignificancia e passei a admirar quem faz a obra possivel, respeitando tanto quanto possivel o mundo dos outros. É uma democracia dificil para carago de levar por diante.
    Fazes bem denunciar toda a merda, mas<pensa na minha verdade…E não é um conselho, é apenas um palpitezinho que te deixo.

  8. Val… para já peço desculpa por escrever este post, que por sinal não tem nada a ver com a história em questão, mas é para que se saiba os gatos que ecixtem dentro do PS, prontos a saltarem…

    Ontem, no Facebook consegui fazer o seguinte coment no mural do António José Seguro, deputado do PS como toda a gente sabe, comentário esse a propósito da visita que ele fez às zonas ardidas e aos comentários então feitos por ele…

    Foi assim:

    Zeca
    Gosto, mas pouco…desde que, andas a minar a actual direcção e o actual secretário-geral sem nada teres feito para o enfrentares…Tem coragem e enfrenta-o de uma vez por todas…

    há 16 horas · GostoNão gosto! ·

    Passado algum tempo e para minha surpresa recebo uma mansagem privada também através do Facebook, que rezava assim:

    Entre Tu e António José Seguro
    30/8 às 21:43
    Boa noite
    Antes de responder ao seu comentário gostaria que tivesse a coragem de provar o que afirma.Vamos lá a ver essa sua coragem!

    Eu respondi, como não podia deixar de ser, assim:

    Zeca 30/8 às 22:27

    Boa noite
    Basta vê-lo na SICN perante o “aborto” Mário Crespo, onde nunca defendeu o Governo e o seu (não meu, que não sou militante) secretário-geral José Socrates, perante os comentários “jocosos” do anormal, tal Manela “trasvetida”, que em todos os frente-a-frente ataca de toda a maneira e feitio o José Socrates…e você impávido e sereno…Se tem ideias contrárias demonstre, como demostrou o Manuel Alegre em toda a legislatura anterior, tanto que até é apoiado pelos meninos queques do BE, dos quais você se calhar também agradecia o apoio…Mas o Manuel ainda teve a coragem de se candidatar a secretário-geral do Partido, enquanto você se escondeu sempre e até agora nada…Tenha coragem, abra uma crise interna no PS e desafie já o Socrates a ir a directas e não ande a minar o Governo e o José Socrates com essas visitas às áreas ardidas e com críticas às medidas tomadas…
    No meio disto tudo quem se ri é o PSD, que até não precisa de inventar tantas atordoadas para atacar o 1º Ministro…
    Com amigos e companheiros de partido assim, bem pode o Sócrates, preferir os seus inimigos…

    Obtive a seguinte resposta, assim :

    30/8 às 22:50
    Boa noite
    Pauto a minha actuação política em coerência com os principios e os valores que defendo e pelos quais aderi ao PS. Não tenho donos, nem chefes! Apenas obedeço à minha consciência. E, na vida política, não há só pretos e brancos. Os que são 100% a favor e os que são 100% contra. Na política, tal como eu a entendo, pode-se ser solidário e ter opinião. Nunca abdicarei de ter opinião e isso não faz de mim candidato ao que quer que seja.
    Visitei as áreas ardidas do Gerês porque sou Deputado eleito pelo distrito de Braga. É essa a minha obrigação! Estar junto das populações. Tal como estiveram os meus colegas. E ainda hoje estivemos reunidos com o Secretário de Estado do Ambiente! Eu faço o meu trabalho. E não são insinuações ou intrigas, e pelos vistos até mesmo ameaças, que me afstarão deste caminho. Doa a quem doer!

    Respondi da seguinte maneira, assim:

    Zeca 30/8 às 23:09

    Ameaças?

    Quem sou eu para ameaçar alguém?

    Pediu-me, se tivesse coragem, para provar as minhas afirmações…

    Foi o que fiz e parece que, não gostou muito…

    Pelos menos não negou a conivência com o aborto do Mário crespo nos Frente-a-Frente da SICN…

    Coragem sua, era se abrisse um crise interna no PS desafiando já e agora o José Socrates, antes que o Cavaco o demitisse após as eleições presidenciais…

    Vergonha tinha eu, se estivesse no seu lugar de Deputado e não defendesse o meu Governo e o meu Secretário-geral de todas as intrigas caluniosas com que tem sido atingido…

    Ou então você sabe coisas que, nós simples mortais não sabemos e em consciência não pode defender o político e principalmente o homem…

    Nesse caso devia ter a coragem de denunciar o que sabe e repito mais uma vez, desafiá-lo a ir a directas já, para que se esclareça as coisas dentro do PS…

    Pensava eu que, sacos de gatos só existia dentro do PSD mas parece que afinal há por aí alguns gatos escondidos dentro do partido que desde o 25 de Abril de 1974, sempre apoiei…

    Mais uma vez digo, tenha coragem e assuma-se…

    Obtive esta resposta, assim:

    30/8 às 23:12
    Finalmente compreendi o que pretendeu com as suas palavras.
    Desejo-lhe felicidades. De mim vai continuar a ouvir opiniões e posições. Boa noite!

    Ainda respondi assim:

    Zeca 30/8 às 23:19

    Está a fugir às respostas que devia dar?

    Estou a pôr em causa alguma coisa?

    Não o esperava tão cobarde…

    De mim sempre que puder vou denunciá-lo…

    É pena que no site do PS não se possa fazer comentários…

    Sempre à sua disposição para discutir política a sério, sem

    rasteiras ou jogo sujo…

    Fica assim provado que, aquele que é apontado como um dos sucessores de José Socrates, não tem categoria suficiente para ser secretário-geral e que é um dos
    mineiros que andam a rebentar com a estrutura interna do PS…esperando que José Socrates continue a ser queimado em lume brando, sem sair em sua defesa.

    Para ter amigos e companheiros destes mais vale defrontar os inimigos…

  9. zeca, em abono da verdade, já várias vezes vi o Seguro a defender na porqueira posições do Governo ou a bater-se contra calúnias, difamações e infâmias contra Sócrates. Isso, obviamente, em nada desmente a sua declarada intenção de ser secretário-geral do PS e as acções respectivas que vai tomando (em especial, a estratégia Alegre). Mas, tal vontade só lhe fica bem, também estarás de acordo.

  10. tá bom de ver, e ouvir, para quem gasta mais que um sentido com o cresponews, que o crespúsculo só entevista quem lhe responde o que ele pretende, caso contrário não volta ao pugrama. aquela cambada supostamente representa os socialistas nas tertúlias do crespim foi escolhida a dedo entre ressabiados, frustrados e invejosos incompetentes que vendem opiniões avulso.

  11. Crespo, se conseguisses levantar-te da cadeira erguer os braços e gritar ” I´m mad as hell and i´m not going to take this anymore”
    Aí sim, serias um Homem.

  12. Crespo é um herói só por conseguir por a camarilha do PS em peso contra ele!
    Porque não Há-de o homem ter direito à sua opinião, merdosa para uns melosa para outros?
    Que sentido democrático fazem frases: “Quando falas das coisas em que «Sócrates está envolvido», devias dizer, isso sim, coisas em que os merdosos o envolveram”. As tais coisas eram merdas ispis bervis no comentador anterior. Ora a verdade, é que com todas as manobras formais de encobrimento destas merdas que os poderes ocultos do aparelhismo PS tem conseguido até hoje ficamos sem saber se é o Sócrates que faz merda ou se é ele que se deixa facilmente enterrar nela. Em qualquer dos casos é inacreditável que um partido democrático como já foi o PS se comprometa até a ruína do país, com um secretário geral no mínimo de cheiro duvidoso! Será que o PS já tem tão poucos líderes que precise de correr o risco de se atolar nas merdas onde «Sócrates está envolvido» ou se deixa envolver?

  13. Carlos Pedro, quem fabricou o Freeport? Não foi,à mesa do café, gente do CDS e do PSD mais uma senhora jornalista e um policia? Pensa o senhor que andam todos falhos de momemória como usted? Não ouviu “quem de direito” quis comprar parte da TVI? Não viu como procuradores montaram escutas ilegais ao PM de Portugal? Não viu como ficaram desesperados os que pretendiam demonstrar que não foi a Administração da PT mas o PM Sócrates a querer comprar 30% da TVI? Isto não são grandes merdas em que envolveram Sócrates? E sem qualquer fundamento como ficou provado? São merdas sim, senhor Carlos Pedro, que borraram a cara de muita gente que se julga ilustrissima. Borraram a cara e encheram a boca. Não sei se alguma vez se conseguirão limpar. A História há-de julgá-los

  14. Exmº. Mário, o tema seria objecto de discussão acesa. Eu defendo sempre que só vendo, e estão-se a ver coisas. se há difamações, os lesados que se defendam.Reitero que só me cinjo por obrigação à vontade da maioria, que como sabe nem sempre é a melhor ou mais correcta. Sócrates escangalhou o país e como todos os ambiciosos e sedentos de Poder, escangalhou o seu Partido. Vai haver muros, divisões, já há, e as merdas são as que vemos. Direita, esquerda e fala-se num centro. Em tempos perguntei a um gajo do PS as diferenças entre a política socialista e a do PSD. Não respondeu, torneou, mas teve azar. Perguntei-lhe o que achava da soberania de um país. respondeu que «não vê problema nenhum em ceder parte da soberania portuguesa à UE». Claro que não, disse-lhe, aliás, o resultado vê-se no tratado de lisboa.

    Quanto à política comunista, que se escusasse de comentar porque «é vira o disco e toca o mesmo». São os amish da política. Não mudam, mantêem é o cantinho e tratam de obter as subvenções.

    Os bloquistas, assumem-se como possuidores de uma visão que não vai além do próprio umbigo. É só inteligentes enjoados.

    Não me apetece falar mais. Agora vou passar a falar de culinária e vinhos.

  15. O Único que sabe toda a verdade infalível é o papa que condecorou José Sócrates, Jaime Gama, Luís Amado e Maria Cavaco Silva com as insígnias da Ordem de São Gregório, a terceira mais relevante. Ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah!

  16. Eu não percebo: alguém que permitiu a interrupção voluntária da gravidez e o casamento entre pessoas do mesmo género é agraciado pelo papa. Afinal o mal está no cu ou nas calças? A solução é rir? Mhamm… cala-te boca.

  17. Afinal o Zé Sócrates é mais papista que o papa e o casamento entre pessoas do mesmo género se calhar é moda que vai acabar por pegar entre os padres católicos (eles são mestres no camalionisto do agiornamento…quando tem mesmo que ser!) porque Bento 16 vai ter que deixar de aceitar pedófilos entre as ovelhinhas do seu rebanho! Loooooooooooooooolada!

  18. Traques, karidu, o male tá sempre no cú. Só faze merda. As calças num têm culpa, sãoe ovrigadas a escunder as coisas.

  19. bonito de ver, Bo dá lá uma lambida ao gajo por mim, passo-te a bola,

    portanto deixa cá ver: tem mecanismos feedback e tem mecanismos feedforward, portanto esta do Nobel forward foi inovadora e muito inteligente, uma data de gente inocente terá sido salva por antecipação, ora isto é bonito de se ver ninguém me tira! Prabéns a quem teve a coragem da idéia.

    no entanto não canto vitória, vitória teria sido ter conseguido impedir a guerra, é meia vitória, sinal de esperança, já chega para soprar a brisa,

  20. TRAQUES, issu é amore, pá. Até já me bês escondido ou escondida. Tu ainda num saves.
    Continuas a responder-me, já bistes. Caí-te no goto. Tás feito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.