3 thoughts on “50 minutos bem passados”

  1. Em tempo de ascenção de novos imperialismos e derrocada eminente de várias parcelas do actual império, Ammaia pode de facto constituir-se como território simbólico.

    Obrigado pela divulgação deste vídeo. Durante 50 minutos esqueci o palháçio de Belém.

    No entanto, como documentário de televisão, há que lamentar um modêlo de produção frenético, desnecessariamente americanizado, numa RTP2 que se pretende aniquilar através da banalização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.