Uma inovação que promete animação, se mais nada

Pergunto eu: entregar a liderança de um partido a um homem e uma mulher que não são cônjuges não se arrisca a criar conflitos com as respetivas famílias? Estou a pensar nas sogras. Ressalvo que se fossem dois homens o problema se manteria. Mas quem se lembraria de entregar o poder a dois homens? Ou a duas mulheres, céus. Ou a duas pessoas, simplesmente.

One thought on “Uma inovação que promete animação, se mais nada”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.