Metamorfoses de Janeiro


Quem hoje em dia visite o conhecido Afixe leva com uma surpresa. No seu lugar está um blogue de novo nome — De Vagares — e com uma filosofia que não podia ser mais distinta da do frenético Afixe: poucos posts, todos bem matutados e delongadamente maturados. A coisa promete; pelo menos à vista é já bem agradável. Os nostálgicos do Afixe em estado de crisálida podem sempre voltar ao passado.
Esperemos para ver. E que metamorfose terá sofrido o imarcescível Monty desta vez?

15 thoughts on “Metamorfoses de Janeiro”

  1. É de facto uma espécie de contraponto. Conhecendo alguns dos colaboradores ( dos novos quero eu dizer ) auguro que venha a ser coisa gira.
    A Susana fixou-se no imarcescível, eu gostei mais da ideia da metamorfose… Aprecio metamorfoses, mesmo a do Kafka.

  2. desculpa luís, mas no comentário acima linquei-me por lapso para o aspirina em vez de o fazer para o de vagares. pelo facto, apresento as minhas desculpas :)

  3. Eu já fui ao Afixe, mas ele põe tantos posts num só dia que não dá para seguir. Ele sozinho consegue ser mais rápido do que 6 pessoas no Aspirina. O Monty é hiperactivo (lol).

  4. Afinal, disse uma baboseira. Teria jurado que era só o Monty a publicar no Afixe, mas não me parece… Seja como for, aquilo vai a uma velocidade-luz que não dá para seguir. Não gosto de blogs hiperactivos.

  5. O Monty anda de mal com o mundo… Acaso insultei-te? Não. Então agradecia que também tivesses uma posição mais adequada. Cada um tem a sua opinião e agradecia que respeitasses a minha. Point final.
    À la ligne.
    Post Scriptum – Sabes que ter sentido de humor cura muitas maleitas? Pensa nisso.

  6. Claudinha, não ando de mal com o mundo, ando de mal com cenas idiotas como a que disseste. Proferiste uma opinião que apelidaste de baboseira. Eu achei que devias ter ido mais longe. Foi só uma achega. Agora sim, ponto final!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.