6 thoughts on “Chefe”

  1. ZM,

    Não é para estragar o episódio (uma boa anedota nunca deveria explicar-se), mas existe uma linda tensão nesse uso de «chefe». Por um lado, há uma ousada familiaridade, por outro, um recuo, uma reserva mental. É esse entrecruzar de sentimentos que cria, por instantes, entre essas pessoas, uma relação problemática. E o nosso cérebro delira com esses curto-circuitos.

    Portanto: aceita, não o despeças, e faz-lhe um sorriso de entendimento. Mesmo que ele, agora, não entenda mesmo nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.