Mais uma anedota

Maria Luís Albuquerque disse hoje na comissão parlamentar de inquérito que não imagina como é que o Marques Mendes teve conhecimento da solução para o BES e, posteriormente, a foi explicar na SIC (2 de Agosto), antes de o próprio governo a anunciar ao público (3 de Agosto).

Como é sabido, a CMVM suspeita fortemente que houve quem, com acesso a informação privilegiada, andou criminosamente a negociar na bolsa e a safar milhões (1 de Agosto), antes que a solução para o BES fosse conhecida e oficialmente anunciada pelo governo.

A ministra das Finanças explicou que sabiam com antecedência da resolução tomada em relação ao BES as seguintes (poucas) entidades:

– Carlos Costa e o Banco de Portugal (assim em geral);
– o primeiro-ministro;
– o vice-primeiro-ministro;
– ela, a ministra;
– algumas pessoas que trabalharam com ela, a ministra;
– a secretária de Estado do Tesouro;
– a Direcção-Geral da Concorrência (sic);
– o Banco Central Europeu e, em particular, os governadores do BCE que estiveram numa videoconferência a 1 de Agosto;
– “mais umas pessoas que ao longo desse fim de semana que estiveram a trabalhar no processo”;

A ministra das Finanças concluiu a sua enumeração com bastante graça: “Não tenho conhecimento de que mais gente soubesse. Admito que houvesse mais gente”.

Como é que o Marques Mendes soube? É mesmo um mistério, não é?

——

ÚLTIMA HORA:   Melhor ainda: segundo o Público, a ministra das Finanças reconheceu ainda, no final da sessão de seis horas de perguntas, que ANTES de a solução para o BES lhe ter sido comunicada pelo Banco de Portugal, já ela, a  ministra, e o governo todo (o conselho de ministros) sabiam o que estava para vir.

9 thoughts on “Mais uma anedota”

  1. Pelos vistos o nº de pessoas que sabia dava para encher o estádio da luz! E isso foi bom, para ser mais difícil descobrir quem deu à dica.

  2. Querido Manolo,

    Bom Dia!

    A Maria espera por ti na Mexicana pelas 12.30 e não te esqueças do chapéu de chuva
    Deixa lá essas coisas, isso agora não interessa nada! Vamos é gritar por estes!

    Primeiro tu!

    Viva o Costa! Viva!
    Viva o Ronaldo! Viva!
    Viva o Senhor D. Duarte! Viva!
    Viva o Galo de Barcelos! Viva!
    Viva a Manolo Heredia! Viva!
    Viva o Costa a 1º ministro! Viva!
    Viva os pombos do Rossio! Viva!
    Viva a Valupi! Viva!
    Viva os pasteis de bacalhau! Viva!
    Viva o a sardinha assada! Viva!
    Viva o este blog viva!
    Viva o escárnio e toda a maledicência do AspirinaB! Viva! Viva!
    Viva o Eusébio! Viva!
    Viva a minha comadre Maria! Viva!
    Viva o Tinto ! Viva!
    Vivam as mines! Viva!

    A mini istra?

    Viva! Viva a mini istra!

    Até já

    Rita

  3. Viva o senhor vigarista! (O cristão inflamado queria dizer senhor vigário!) . -Biba! (Isto foi no norte).
    A mentira está na moda. Não estará na hora de um qualquer deputado da naçâo dizer “basta”! Quantas vezes tem de mentir, descaradamente, um senhor ministro/ministra para ser demitido? Por quem, se o PM é o PM – Primeiro Mentiroso? E o PR? Bem, esse já não conta.´Há muito que e o PRI- Presidente da República Irrelevante.

  4. Cá vai!

    Sabia o Tareco e a Teresa da mercearia, O Antunes coitado também sabia, logo soube a Rita da tabacaria e o Zé dos frangos que é primo do outro Zé que disse ao primo Carlos, e claro, claro que foi o Carlos que disse na tabacaria, e claro que foi a Rita que ouviu tudo do Tareco.
    Ora sendo o tareco um labrador tem um olfacto fantástico, logo foi com certeza nos seus passeios matinais ao conhecer outros cães entre arbustos que tudo se soube, assim todos suspeitam que veio via Tareco. O mais provável é que tenha vindo da Teresa da mercearia ou do Antunes. Quiçá da Rita da tabacaria ou do Zé dos frangos? Quiçá até foi o Zé é que disse ao primo? Ou terá antes sido o Antunes que o disse na tabacaria? Ou a Rita que ouviu tudo do Tareco?
    Mas de quem é o Tareco?

  5. Caros comentadores, gostaria de saber se a informação que circula no facebook acerca de PS e coligação terem aprovado o fim das pensões vitalícias a deputados é verifica ou apenas “spin”; a ser verdade, representa a meu ver o fim de uma eventual vitoria da oposição nas próximas eleições indo dar razão aquilo que muitos já pensam, que não há diferença entre o PS e a coligação; eu também ficarei altamente desiludida…estranho não ver qualquer post sobre o assunto nem neste nem noutros blogues que visito !!

  6. Largo do Caldas:

    Azafama de muito operariado em frente a uma loja.
    Esticam, pintam, colocam ripas e desmontam andaimes,.
    Retiram as barreiras protectoras do passeio.

    Chega um camião com um enorme vidro que é descarregado e colocado na montra. Outros operários carregam uma enorme tela que vem enrolada,
    Afastam-se os curiosos que espantados se deparam com uma enorme tela plástica dourada. Não que ocupe toda a área da montra. Só ao centro existe uma abertura do tamanho de um homem.
    Tela ao alto, os espectadores arredam-se.
    Os operários estendem-na e retiram-lhe a película. Colam-na agora no enorme vidro da montra.
    Lavam o vidro, varrem a loja e arrumam tudo.

    Chega um homem de sorriso oriental acompanhado por tipo, tipo, saia casaco BCP. Ambos carregam um trono de mogno que colocam no centro da montra.
    Já na rua observam a montra e o trono.
    -Fabuloso!
    -Fantástico!

    Abre-se a porta da grande casa da frente e saí um homem de capa e espada douradas.
    Atravessa a rua e os ouve aplausos do oriental e do outro.
    Entra loja a dentro e senta-se no trono virado para o largo.
    No exterior mais operários colocam na grande casa sede uma placa na varanda. Ela diz: Sede Remax.

    Simultaneamente é colocada uma sob a montra.

    Que diz:

    O homem PP Gold

    Ele sorri e acena.

    A cena a cena

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.