Much Ado About Nothing

dependurado.jpg

Iraque! Iraque! Iraque! E os Democratas safam-se? E os Republicanos são os únicos culpados? E a Pelosi?! E os Democratas?! E os Republicanos?! E os Democratas?! E os Republicanos?! E o João Miranda?! E o Badaró?! Tanta retórica para um problema cuja solução é por demais óbvia e simples: arranjar mais 350.000 soldados que acabem o serviço mal feito! Como ninguém os vai arranjar….olhem… é não enforcarem o outro e devolverem-lhe a loja.

6 thoughts on “Much Ado About Nothing”

  1. “Se aproveitarem bem os estudos, se estudarem muito, se fizerem os trabalhos de casa e um esforço para serem espertos, serão capazes de se desenrascar e de se darem bem, senão, ficam iguais ao Gibel: todos os dias, pela manhãzinha, sodomiza toda a Brigada Bigornas, do cabo ao comandante”.

  2. «Como ninguém os vai arranjar….olhem… é não enforcarem o outro e devolverem-lhe a loja.»

    Ainda melhor! Enforquem o outro, enforquem o Cheney e pirem-se!

  3. “é não enforcarem o outro e devolverem-lhe a loja.”
    O problema não está na loja em si, mas na verdadeira pechincha que se esconde por detrás do arrendamento. Desconfio que mais depressa se abre na loja verdadeiro centro comercial da modernidade do que algum dos antigos arrendat+arios voltem a fazer daquilo “loja de conveniência” e aqui, conveniência, é mesmo a palavra chave

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.