Aspirina Box #3

boxas.jpg Mais coisas na box. Para celebrar a notícia que vai haver este ano um novo disco do grande Robert Wyatt, acrescentei mais três temas do rapaz: o clássico «Shipbuilding», a versão revisited de «Left Of Man» e o fabuloso docu-drama que é «Pigs… (In There)» (a sério: vale mesmo a pena espreitar a letra). Depois, há mais uma obra-prima de The Field (que sampla com grande pinta a guitarra do inarrável Hello de Lionel Ritchie), a melhor faixa que os Idaho gravaram até hoje e uma pérola dos Of Montreal, cujo último disco tem sido, para mim, uma das grandes surpesas do ano. Fui ainda repescar um tema dos Faultline que prova que a voz do Chris Martin é ainda a única coisa que se aproveita dos Coldplay, um belo exemplo de shoegazzing sacado do último disco das saudosas The Raincoats (sabiam que a Ana Silva é prima da nossa Ministra da Educação?) e ainda uma das canções mais emblemáticas da década de 90: «78 Stone Wobble» dos Gomez (que andam agora muito estragadinhos, ‘taditos). Para finalizar, há uma bomba chamada «Silent Shout» dos The Knife (incrível como, com tanto concerto, ninguém se tenha lembrado de os trazer a Portugal) e um clássico de Django Reinhardt que ouvi pela primeira vez há muitos anos no belíssimo Stardust Memories de Woody Allen. Um dia, juro-vos, hei-de saber tocar essa cena.

13 thoughts on “Aspirina Box #3”

  1. … eu bem te dizia que isto dos OTArios tinha um grande potencial semiótico, cicOTA incluída. Agora temos este hipopótamo contra o outro, das obras públicas. Os hipopótamos são os únicos que dão cabo dos crocodilos, quando estes atacam um bébé.

  2. Também a minha, obrigado, mas só comecei agora…

    ——-

    JP, a poluição alzheimeriana que fiz aí em cima é para justificar o trabalho dos assessores que me perseguem, na esperança de deixar os ministros baratinados.

  3. JP
    (Roça a demência? Não acredito… :-)
    A A.box é simplesmente genial! Ligo-a como pano de fundo enquanto trabalho.
    Não hesites em continuar em embeber-nos neste mar de som.

    Py
    Sob pena de me julgarem parte do lobby Ota, começo a achar que seria interessante que este governo caísse agora e que fosse substituído pelo PSD, com maioria e com Marques Mentes como PM.
    Poderíamos então observar como é que eles iam desembrulhar este presente que, sem dúvida, já tem cicOTA (e quando digo este… como seriam os outros?).

  4. Sou gamado em sotaques carago!, por isso é que corro a lusofonia, achava isto aqui de Lisboa um enjôo, mas agora está muito melhor por causa dos migrantes… Com o pessoal do Norte dou-me bem, são mais divertidos e pêlo na venta.

    Sininho, acho que me vou tentar calar sobre política uns dias, a ver se isto vai ao sítio, obrigado pelos teus pensamentos

  5. Mas também me rio todo com os açorianos, madeirenses, timorenses, e etc. e tal.

    mas há uns brasucas enrolados do sul que não gosto

    bazar

  6. Ó primo, o teu sotaque? A tua pronúncia, carago!

    E aposto que seria um sucesso na rádio. Por falar disso, lembras-te de um jantar em Janeiro, no Bairro?… Tu e um mouro à conversa sobre projectos na rádio?…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.