Vinte Linhas 784

Paulo Teixeira – memória a propósito dos campeões nacionais de hoje

A equipa de Juniores do Sporting Clube de Portugal sagrou-se campeã nacional de Juniores época 2011/2012. Tudo bem. Temos alegria, festa, júbilo por mais um feito mas temos também a amarga ideia de que quase nada se aproveita da colheita.

Escolho o Paulo Teixeira para ilustrar a ideia pois foi o capitão de uma equipa de 1997/98 ao lado de: Hugo Calha, Márcio Ramos, João Filipe, Marco Caneira, Vasco Faísca, Orlando Silva, Pedro Valente, José Domingos, Miguel Silva, Bruno Leal, «Alhandra», Tomás Pereira, João Martins, Nelson Pinheiro, Cuvilito Gomes, Rui Carvalho, Vasco Matos, Mário Balseiro, Sérgio Brito, Ricardo Miranda e Paulo Costa. Da colheita anterior (1996/97) lembro Nuno Santos, Vargas, Simão Sabrosa, Gabriel, Gomes, Travassos, Nuno Assis e o malogrado Toni Kakinda. Estive com eles na Nazaré quando lhes foi roubado o título de campeão à frente de todos nós. E esse árbitro ainda anda por ai a fazer estragos, tinha na altura 23 anos.

Basta ver a selecção nacional de Sub-21 para perceber quantos são ou foram jogadores do Sporting. Basta pensar nos que andam emprestados de Norte a Sul do País para entender o alcance deste logro. Andam a vender gato por lebre com essa história de colocar o Sporting a competir com o Benfica e o Porto sabendo nós que os argumentos são outros. Comprar 19 jogadores novos para lutar pelo quarto lugar não faz sentido. Sentido faria trabalhar apenas com a prata da casa e só deixar sair jogadores quando o argumento financeiro fosse mesmo irrefutável. Lembrar Paulo Teixeira faz todo o sentido neste dia de festa. Grande jogador, grande capitão, motor das equipas onde jogou, ainda esteve na equipa «B» mas depois saiu. Dizem que está na Suíça mas não sei, sei que está longe e devia estar aqui, junto a todos nós.

6 thoughts on “Vinte Linhas 784”

  1. sou sportinguista desde pequenino eheheheh.
    e gostava de ver o meu SPORTING só com jogadores portugueses e de preferencia “criados” nas camadas jovens.
    Pronto já sei… no maximo 2 estrangeiros.

  2. É caso para dizer que somos campeões em liberdade, não é só o outro da capital do norte.

    Tambem em liberdade já não há salgueiros nem boavista, mas temos o histórico moreira de cónegos que é uma das grandes vitórias da democracia.

    Alguma vez em ditadura tínhamos a felicidade de ver o regresso do tão grande e histórico Moreirense aos maiores da nação?

  3. Jogadores criados no Sporten? Mas então esse clubio (4º. da liga) com muitos estrangeiros (só agora foram 19) tem criação de jogadores? Dá-lhes o biberon , é? O que eu sabia desde há muitos anos é que o Sporten tinha olheiros, andava pelos clubezitos pequeninos esses sim,tesos, a formarem atletas e depois o Sporten e outros vão lá roubá-los e depois vêm dizer que são feitos o seu clubio.
    Não Xico mentiroso! Quem forma os jogadores são pequenos clubes de bairro, de rua onde depois vocês os vãs roubar. Percebeste. oh meu? Não sejas parvo nem queiras fazer dos outros parvos.
    E ser campeão de juniores o que é isso? Que alegria é essa? É o mesmo que ser campeão do jogo da MALHA, do chinquilho, etc. Quem não tem dinheiro caça com gato, né?
    E depois de tudo isso maltratam os jogadores, chamam-lhes maçãs podres, mandam-nos para o Benfica, como o Simão e Carlos Martins, e depois de formarem tantos atletas acabam por ir buscar o Pereira que o Benfica não quis e lá foi para Braga.
    Manda a formação à merda! Formação todos têm. Só que uns têm iniciados no seu clube enquanto vocês os vão roubar e depois dizem serem aí formados (vidé Figo).
    Já cheira mal este blog trazer para estas merdas da bola que não interessam a ninguém a não ser ao Xico que não vê um palmo adiante do nariz.

  4. Ó Xicú aperta o laço
    Ó Xicú apertó bem
    Ó Xicú aperta o laço
    olha cú sportem num te quere bem

    heeehehehehe, Chanfrado, mentiroso, baidoso, fostes despedido do sportem pá, num te quiseram lá, candas tua aí a falare do sportem pá, ?, hein, BENFIQUISTA, maçon do Bairro Alto, sim, és um maçon do bairro alto, safado, trambolho, andas a rondar o muro das freiras, não é?, hein, ? a ber se incontras lá alguma outra com um nome que tem dois nomes, num é? Ranhoso, olha, empresta-lhes a hoober, pode ser que alguma te reze com intenção, pecador. Baie pró caraças, pá. Já me xatiaste.

    Ó cimento, pá, larga lá o cú às gajas dos figos, meuzinho e bem aqui a defendere o teu amigo poiata, o gajo larga póias de dois em dois segundos, e escrebe-as, porra quem não sabia que a merda tamèm siscribia.

  5. «jcfranciscoMai 14th, 2012 at 22:35

    Pois isto não vai com gravatinhas nem perfumes… E as sondagens são dependentes de quem as faz e com quem, são simples amostras multiplicadas, o universo é muito pequeno…

    hehehheheeh, a última pérrrrola do XICÚ! ele dize que oo uniberso é muito pequeno, ele save, el andou na escola comerrrrrcial. Ó XICÚ, tens sorte de eu tar com comichãoe no ravo, páh, se não, eu fazia-se uma póia à maneira acerrrrca do uniberso e a pequenez do mesmu e a tua lógica, a que distingue de todo o lixo humano, dizes tu.
    BARDA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.