Vinte Linhas 570

«O Livro das listas» – O MIRANTE é o primeiro da lista da página 81

João Pombeiro organizou e a Quetzal editou um livro muito especial – «O livro das listas». Nele, em 178 páginas, há tudo ou quase tudo o que uma pessoa sempre quis saber e não tem medo de perguntar. Respeitando embora o interesse de listas com os insultos essenciais para usar no dia-a-dia, os países com mais ovelhas do que pessoas, as frases bombásticas de Alberto João Jardim, os números que menos têm saído no euro milhões ou as 40 palavras mais usadas para designar os órgãos sexuais masculino e feminino, a verdade é que me interessou muito mais a lista com os jornais regionais portugueses de maior circulação. Temos então a lista tal e qual: o MIRANTE de Santarém com 29.344 exemplares seguido de Diário Cidade (Madeira) com 22.219, o Diário de Notícias da Madeira com 12.405, o Jornal do Fundão com 13.285, a Reconquista de Castelo Branco com 11.711, o Postal do Algarve com 11.629, os mesmos da Região de Leiria, o Badaladas de Torres Vedras com 9.660, o Diário de Coimbra com 9.213 e o Jornal da Bairrada com 8.796 exemplares. A nível mundial não deixa de ser curioso que nos dez maiores jornais do Mundo só há dois europeus – o Bild (alemão) em 4º lugar e o Sun (inglês) em 7º lugar. Todos os outros são da China, da Índia e do Japão. No que diz respeito ao futebol julgo que Fernando Peyroteo com 331 golos no campeonato nacional português fora os 13 golos na selecção nacional merecia estar na lista dos melhores – mas não tenho a certeza. Quantos ao tema do futebol julgo que o livro sobre a Académica não tem como único autor João Mesquita – mas não tenho a certeza. Até por isso este é um livro que nos interessa e nos desafia.

4 thoughts on “Vinte Linhas 570”

  1. Já agora completando a ideia: João Santana é o outro autor do livro da Académica e os golos da lista são de facto apenas dos campeonatos nacionais porque Fernando Peyroteo marcou no total 693 golos em 430 jogos. Nos campeonatos foram apenas (???) 330 golos.

  2. «a verdade é que me interessou muito mais a lista com os jornais regionais portugueses de maior circulação. » De certeza?

    JFK de certeza que não foi nesse livro que compraste com o teu cartão de ouro, aquela expressão muito decente de «vai esconder o morango»? Não quero ofender a tua originalidade, que tu és um génio das letras e as dissertações sobre os teus trabalhos geram distinções boas.

  3. A expressão bem popular é «mete o morango pa dentro!» – digo bem popular em Lisboa onde vivo desde 1966 ou seja há 44 anos. Como já sou mais lisboeta do que estremenho é lógico que a use pois a apropriação não é abusiva: 59 – 44= 15.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.