Vinte Linhas 345

A mais pequena livraria do Mundo

À cautela deverei afirmar: esta é, provavelmente, a mais pequena livraria do Mundo. Fica nas Escadinhas de São Cristóvão nº 18, ali à Rua da Madalena e ocupa uma superfície de 3,8 metros quadrados mas está cheia como um ovo. Gosto de livrarias porque gosto de livros. Depois da roda, a invenção mais importante do Homem foi o livro. A roda permite todas as viagens, o livro permite levar na mão todas as memórias e dissertações do pensamento. Ainda outro dia publiquei um poema sobre a livraria Fábula Urbis na Rua Augusto Rosa (à Sé). Fiz uma nota para a «Ler» sobre uma livraria nas catacumbas de Provins, já estive em Veneza numa livraria que empresta galochas aos clientes no tempo da acqua alta, quase cheguei atrasado ao casamento da minha filha mais velha porque me perdi na livraria de Helmesley num velho quartel de bombeiros. Nas Caldas vou à 107. Gosto de ir ao Bocage na Calçada do Combro 38 e aos Bonecos Rebeldes nas Escadinhas do Duque 19ª ou ainda à 1870 na Travessa de São José ali a São Bento. Quando posso começo no Largo da Misericórdia e bato-as todas do Calhariz ao Poço dos Negros. Quando não posso vou aos sábados à Rua Anchieta onde eles estão quase todos. Esta livraria das Escadinhas de São Cristóvão é especial e recomenda-se pela sua variedade: José Afonso, Raul de Carvalho, António Nobre, Jorge de Sena, Cesário Verde, Ruy Cinatti, Pablo Neruda, Ramos Rosa, António Osório, José Fernandes Fafe, Ângelo de Lima, Manuel Bandeira, António Botto. E uma raridade bibliográfica: o «Levantado do chão» com as dedicatórias entretanto apagadas. Só por isso valeria a pena a visita. Mas conversar com o livreiro é um valor acrescentado ao passeio entre chás e ortopedia.

7 thoughts on “Vinte Linhas 345”

  1. Olha Lenor já o Luis de Camões dizia: Fazei mais o que souberdes. Mas o mais importante é amar – só há uma medida para o amor; é amar sem medida.

  2. O que mais sabemos fazer costuma coincidir com o que mais amamos. Por isso é que nunca nos parece mal feito.

  3. Bem o meu computador não me abre o link mas de qualquer modo eu já tinha escrito uma palavra adversativa «provavelmente». Fazer uma livraria em 3,8 m2 não é para qualquer um, daí o meu espanto. Só é pena a página que indicas não estar disponível mas não há nada a fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.