Teu nome (sobre foto de Paulo Sousa)

Eu andei dois meses à procura

De uma chave capaz de decifrar

Teu nome em hebraico é amargura

E nada tem a ver com a voz do mar.

Oposto a Maria que vem de água

Teu nome vem da terra e das estradas

O hebraico marah fixa a raiz da mágoa

O peso dos soluços e lágrimas abafadas.

Noemi, sogra de Ruth, entra em Belém

Mas o seu nome sofre uma alteração

O Todo-Poderoso, Ele e mais ninguém

Trouxe nova amargura ao seu coração.

Como ela mudou o nome no momento

Tu podes desmentir o velho significado

Rejeitas o teu nome em pensamento

E levas as gotas de mar a todo o lado.

2 thoughts on “Teu nome (sobre foto de Paulo Sousa)

  1. vá lá, podia ter-te dado para pior. não te esqueças de tomar as gotas e se vires o sr. alzheimer apresenta-lhe os meus respeitosos

  2. Finalmente parece-me que tens visto o Senhor. Tava a ver que não.
    Deixa-me lá levantar ca reforma não dá p’ro papo-seco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.