Uma maioria, um Governo, um Presidente..

Tudo para dar certo.

Primeiro trimestre deste ano:

1) consumo: caiu 6, 3 %

2) investimento: caiu 16, 8 %

3) PIB: 4, 0%

4) desemprego: mais 100 mil pessoas perderam o seu emprego

Tudo para dar certo e nem uma palavra. Só o estafado recurso ao passado, como se as pessoas fossem idiotas, como se ninguém se lembrasse da “austeridade expansionista”, como se ninguém se lembrasse de nada, como se tudo o que foi previsto por este Governo não tivesse falhado sempre, como se alguém tivesse escondido o número desastroso para a economia portuguesa, que vai cair, este ano, no mínimo 3% , como se o sucesso pudesse ser proclamado à conta da balança comercial, que é o que é  (saldo positivo de 1,4%) porque na desesperança importamos desesperados. Não, não temos um país povoado de empresas sem problemas a exportarem freneticamente.

Um Governo, uma maioria, um Presidente, boas relações com a concertação social: tinham tudo, tudo para dar certo, como nunca, e perdemos tudo.

2 thoughts on “Uma maioria, um Governo, um Presidente..”

  1. Ou seja, e para concluir:

    uma maioria, um governo, um presidente, UMA VERGONHA.

    (muito sinceramente acham que somos parvos?)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.