Portas, o divisor previdente

Não fazendo aqui a análise de tudo o que se passou durante a discussão e votação da moção de censura ao Governo da autoria do PCP, houve um momento determinante acerca do estado do Governo que vale a pena reter.
Se a intervenção principal do nº um da coligação mereceu ovação de pé por parte de ambas as bancadas apoiantes, o mesmo não sucedeu com a intervenção final do nº dois, Paulo Portas.
Este, assistindo a um debate esperado em que o PSD ataca PCP e, depois de uma intervenção brilhante de Pedro Silva Pereira, pergunta, com elevação, pela voz de um Deputado sem argumentos, se tal verbo teria chegado de “uma mesa de Paris”; assistindo a um debate em que o PCP, igual a 1975, exercendo o direito de censurar um Governo de direita, ataca o PS que nos livrou há quase 40 anos de uma ditadura comunista – uma dor; Paulo Portas opta por outra via.
E foi simples: subiu à tribuna e explicou que estávamos perante uma moção de censura. Depois explicou a sua legitimidade e deu exemplos de como já tinha sido protagonista de várias. Daqui partiu para os custos que se devem pesar quando se opta por esta via. Percebeu que sendo o PCP o autor da moção era ao PCP e a mais ninguém que se deveria dirigir. Analisou o percurso e testou num juízo de prognose as soluções do PCP – o desastre. Retirou ao PCP o monopólio das preocupações sociais e aqui deu-se o seu passo mais estratégico:
Citou medidas sociais deste Governo, apenas de Ministérios do CDS. Medidas sociais, note-se.
Já vinha começando o distanciamento do CDS/Paulo Portas do PSD/Passos/Gaspar/Relvas. Porque o futuro a Deus pertence, e hoje viu-se mais uma jogada, serena no tom, nesse sentido.
Portas é inteligente e acaba o discurso com o PSD sentado.
Como queria.

14 thoughts on “Portas, o divisor previdente”

  1. Não acompanhei na íntegra todo o debate da moção de censura do PCP!
    Só nos excertos mostrados no telejornal da RTP1 vi o tal primeiro deputado do PSD
    fazer uma menção a Paris voltado para a bancada do PS, este comportamento é de
    quem se vê num espelho pior, mostra o medo que sentem pela sua própria incompe-
    tência, temem o que José Sócrates possa, um dia, dizer e acabar-lhes com o reinado!
    Se dúvidas existiam hoje ficaram desfeitas, já não colhe o argumento do papão da
    bancarrota que, só se tornou possível pelo trabalho de sapa do PSD e a santa aliança
    que se formou para rejeitar o PEC IV que, assegurava noutras condições o financiamen-
    to do País! Foi um ano de destruição do tecido económico do País e de empobrecimento
    forçado da maior parte dos portugueses, sem nenhuma verdadeira reforma feita!!!

  2. Hoje, para meu contentamento, vi na intervenção de silva pereira, que foi brilhante, e com todo o grupo parlamentar a aplaudi-lo de pé,uma alternativa para a liderança do ps.O que ele disse à direita e ao Pcp,josé seguro, já o devia ter dito mas falta-lhe na minha opinião grandeza de caracter para o fazer.Os portugueses e em particular os socialistas têm direito a ser felizes.Sem traumas nem ressentimentos era bom que José seguro mais cedo do que tarde abdicasse do seu cargo.Pode-se servir o pais de varias formas,e elas estarão à disposição do actual lider. O Ps precisa de todos,mas nem todos têm perfil de lideres.

  3. A União Nacional dos Tachos no seu melhor.
    O programa da troika é mau para o país, o governo que o negociou não soube defender os interesses do país.
    Os partidos que o sobrescreverão e que hoje estão no governo ainda o piorarão.
    Os derrotados do dia o povo português, e os traficantes da União Nacional dos Tachos que cada vez menos encontram parolos para enganar.

  4. Pelo que vou lendo, António José Seguro e o PCP é que são os responsáveis pelo votos dos deputados do PS no Orçamento, nas alterações à legislação do trabalho e em todas as outras malfeitorias que nos estão conduzindo à ruína.
    PS, PSD e CDS nunca governaram, nunca estiveram em maioria na AR, nada têm a ver com as desastrosas políticas de direita das últimas dezenas de anos. A crise caiu do céu, a dívida caiu do céu, a destruição do nosso tecido industrial, das pescas, e da agricultura foram obra do diabo, a austeridade não tem alternativa, os pobres vão ficar mais ricos e os ricos mais pobres e o Pai Natal não é uma invenção da Coca-Cola.
    E, nesta lenga-lenga toda, a ocultação da verdade: o PS, quando não colabora activamente com a direita, lava as mãos.

  5. Comunas, ratazanas e ratos não interessam nada, mas gostei do “sobrescreverão”, que normalmente se escreve em português: subscreveram. Confundes o passado com o futuro, coisa fatal lá na tua seita de roedores.

    O Portas é um demagogo e um oportunista, não falha uma. Agora está a querer demarcar-se do Coelho, já a pensar no que se vai seguir, quando este governo se afundar completamente. Os primeiros a abandonar o barco são os ratos.

  6. O cds é o partido da direita.Não foi por acaso que votaram com coragem contra a constituição.O psd é o partido dos interesses privados,dos patos bravos,dos caciques locais.Porque será que o Cds por melhor candidato que apresente não ganha camaras?Outro dia um sondagem dava o cds em ultimo lugar.sabem porquê? era os que votam nos dois conforme as conveniencias,zangados com portas,por não alinhar em muito da politica do actual governo.Julgo que com o falecimento do seu irmão Miguel Portas,politico culto e tolerante, paulo portas, nunca mais será o mesmo.De vez em quando, vai lhe dar umas alegrias opoiando algumas das suas politicas desde que defendidas pelo PS,ou outro partido que surja das cinzas do bloco.

  7. Tenho que tirar o meu chapeu a Silva Pereira. Belo “poema” há muito que não via uma intervenção com ECO do PS. ( Na vertical….dizer a verdade, sobre a mentira do PCP….) Será que acabou mesmo o “COMPROMISSO HISTÓRICO PORTUGUÊS” ( PCP/BE/PSD/PP) ??
    ou esta” palhaçada” , que vem sendo jogada contra o PS, deste os tempos do PREC. Temo que o PCP entregue os votos dos seus simpatizantes à extrema direita. ( França, Grécia e Espanha )
    Mas Silva Pereira soube desmontar a mentira da TROIKA inicial e a TROIKA atual. Levou alguns deputados do PSD ao desespero, e sem argumentos, um tal Adão nem sequer evitou a humilhação!!!!…..Não lhe respondendo a uma tentativa de provocação, SILVA PEREIRA, acabou, com uma “estocada” mortal….«« Sr. deputado não posso fazer nada por si….»» O homem espumava de ódio…é vida….. O PS se quer ser alternativa a esta “mentira” tem que deixar a “falinhas mansas”….colocar o nome aos “BOIS” deu sempre bons resultados.

    N.B. Este discurso, ou parecido, tem que ser repetido e dirigido aos que mentiram ao povo para conseguirem derrubar um governo de esquerda.

  8. Sr edgar,o senhor vai-me desculpar,mas já tem idade para ter juizo.Enquanto nós viviamos no fascismo o sr Edgar delirava com o o socialismo do leste.Ambos foram corridos por indecente e má figura,e agora tem a desfaçatez de o querer exportar para Portugal através dos social fascistas do Pcp? e a liberdade para quem ficava? para os burocratas e colaboracionistas? defendamos o keynesianismo que é uma intervenção publica na economia com o objectivo do estado social.Isto tudo em liberdade.O socialismo que defende e por essa razão diz mal de tudo e de todos é o social fascismo,que apesar da queda ainda mantem resquicios, atraves do ex chefe da pide (KGB) do Putin.Senhor edgar a coerencia com o erro não é bom sintoma.Veja bem,nós no seu regime, não podiamos estar a trocar impressoes neste momento.No final das nossas ditaduras, Portugal mesmo pobre e periferico,ainda viveu 37 anos com alguma prosperidade e liberdade,e sem ela a vida não faz sentido.

  9. Enquanto continuarem a promover este palhaço, não vamos lá.
    Desde quando “filhodaputice”, vigarice e calculismo são sinónimos de inteligencia? Só se a intenção for disfarçar a ausencia da mesma quando se permite que o escroque seja, pela segunda vez, ministro de Portugal (não esquecer a percentagem eleitoral do CDS!).
    Este espírito traz à memória uma quantidade de casos, que tomei conhecimento, de trabalhadores competentes e honestos que acabaram por ser ultrapassados por “cheira cus” através de esquemas marados. Num tom paternalista e condescendente, era normal os colegas ( amigos, familiares, etc) comentarem:
    -Pois é, foste estúpido…

  10. o alcance do post é dizer que o portas se demarca por ser inteligente quando deveria ser dito que o gajo é um cobarde de merda, que se está borrifando para a solidariedade governativa e que está onde for preciso para tratar da vidinha. só faltou enaltecer o papel da cricas e do lambretas, verdadeiras anedotas nacionais que o portas nos impingiu como state of art da idiotice governativa só comparável com o sô àlbaro do eixo estratégio geotóino com o iraque. podem ter sido amigos de infância, mas não convém exagerar, né isabel? dá para enganar ritas e pouco mais.

  11. Mas quem é esta ave rara , que assina Nuno da Camara Pereira, depois de um elogio rasgado ao Paulo Portas, traz para a conversa o nome do saudoso Miguel Portas , e escreve sobre hipotéticas cinzas do Bloco de Esquerda.

    Pode esperar sentado, do BLOCO de ESQUERDA, o que pode esperar SÂO BRASAS e BEM ACESAS

    Quanto á discursata do Silva Pereira, é só conversa, o PS assina tudo de cruz com o PSD, e quanto ao Socrates foi chão que deu uvas.( BEM AMARGAS POR SINAL)

  12. ó agustinho, “brasas” bem acesas, no bloco, só se forem a amaral dias e a drago, mas a primeira parece que também já deu as uvas que tinha para dar (aposto que bem doces) e a segunda ainda está verde demais para assar seja o que for

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.