6 thoughts on “Não basta ter cacau”

  1. Semblante triste? O antropomorfismo não é o teu melhor conselheiro.

    E outra coisinha: se não me conheces, não sabes se me conheces. Lembra-te disto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.