TV Susto

chacina01.jpg
Ontem, pela primeira vez, vi um noticiário da Rede Record. E aquilo mete medo. Imaginem o “24 Horas” em movimento: crimes em barda, corrupção por todo o lado, gente feia até mais não. Tudo tem aspecto patibular: do deputado corrupto ao delegado, passando pelos políticos, que, por sinal, andam sempre em fuga. Nunca antes tinha ouvido tantas vezes, em tão pouco tempo, as palavras “assalto”, “tortura”, “assassinato” e “chacina”.
Tão cedo não volto a falar do sensacionalismo das nossas TVs.

4 thoughts on “TV Susto”

  1. Bizarrices não faltam nesse canal. Na primeira e última vez que assisti o “Cidade Alerta”, os jornalistas contavam com emoção como um “desempregado honesto” havia sido morto por um pneu de autocarro que saiu a rolar pelo passeio a 50 km/h. O repórter entra na casa da família e ao ser expulso, diz, em directo: “Filma aí, filma aí. Pois é, pessoal, vamos respeitar a dor desta família sofrida, que perdeu o sustento da casa…” Uma cena para esquecer que esse canal existe.

  2. Já não é necessário. Não tinha visto que o Luís Lavoura tinha feito a mesma pergunta. Já li a resposta dada. Estou satisfeita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.