Espada em Madrid

nesstanley.jpg

Decorreu esta semana em Madrid, por iniciativa do Professor Eduardo Nolta e da FAES (Fundacion para al Analisis y los Estudos Sociais), instituição que para além de tudo é conhecida pelo o uso de gravatas garridas italianas e a confecção de excelente scones, uma conferência comemorativa do bicentenário do nascimento de Sir Alexis de Tocqueville. O Hotel, que me arranjaram, era muito em conta e estava situado na Calle Mayor, no atrío polulavam os fellows em alegres concílios, sempre com a dignidade que se exige, a excelência que se procura, e claro, fatos a condizer: você já repararam o ar distinto das casacas, mesmo quando não usadas em Wimbledon?
Entre os temas abordados esteve a concepção de liberdade em Tocqueville, que deve ser distinguida claramente de Rosseau e, ainda que menos vincadamente ( a mim as pregas não me ficam muito bem), da de John Stuart Mill. Como por coincidência, recordei aqui no sábado passado, Rousseau (embora não tenha conseguido falar-lhe ao telefone) não aceitava o indivíduo enraizado em qualquer particularismo – dizia-me com muita graça Sir Karl Popper: “Spading (ele tratava-me assim) isso são sinais e faça o favor de me ir buscar o carro” –, como os seus interesses privados, a sua família, o seu negócio ou a sua igreja ( em Messajana há uma particularmente conseguida). Esta hostilidade contra todos os “attachments” particulares (em mails e fora deles), para usar da expressão de Michael Oakeshott, que carteia no bridge como poucos, esteve na origem do jacobinismo e do comunismo, que como todos sabemos não sabem fazer o nó da gravata e não apreciam a Zara e a liberdade.

(Qualquer parecença com a crónica do professor João Carlos Espada, de hoje e de sempre, é casual)

2 thoughts on “Espada em Madrid”

  1. Ó pá: agora já não vou conseguir ler com a avidez do costume as crónicas do Espada. Esta síntese já fixou as suas melhores e mais apetitosas idiossincrasias…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.