Perdeu-se na tradução

Porque será que o programa “Esquadrão G” inclui um especialista em “Lazer” e o original americano, “Queer Eye for the Straight Guy” fala de uma coisa chamada “Culture”?
Imagino o pessoal da programação a comentar esta adaptação:
— Cultura? Mas vocês estão malucos? Não sabem que o povo lê isso e começa logo a pensar em bailado, exposições e coisas ainda mais chatas, como livros?
Depois, malta desta anda pelos cafés a comentar que os americanos é que são uns palonços rústicos, incapazes de apontar no mapa a localização de Lisboa…

3 thoughts on “Perdeu-se na tradução”

  1. Tenho definitivamente que passar por aqui mais vezes ( mas ainda mais vezes do que isto, é um bocadinho complicado ) porque farto-me de aprender!
    Vi uma vez o famoso Esquadrão e nem reparei que um dos especialistas era em Lazer…Percebi que havia para a vestimenta, para a culinária, para a decoração, e pensando bem eles eram uns 5 – faltam 2. Um é do Lazer, e o outro?
    E nunca me lembrei de comparar com a versão original. OK, agora já o fizeste e assim fico mais culta, o que só me fica bem.

  2. Fui ver ao link que deixaste. O “outro” que me escapava é de imagem. Que é isso? A moda não está dentro da imagem? Desisto de entender, com toda a franqueza aquilo é um tipo de areia que não serve para a minha camionete.

  3. vim espreitar a nova casa. jeitosa.
    p.s. quantos portugueses, desses que andam pelos cafés a apontar o dedo aos rústicos, saberão apontar o Nebraska ou mesmo o Texas no mapa da “América”?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.