21 thoughts on “Suspeita do dia”

  1. Numa coisa estou de acordo com o Pacheco na Sábado.É uma falta de respeito um jovem como Mário Soares desancar uma sénior como a D. Manuela.

  2. Desconfio que o PSD tem um problema de cariz freudiano…ou seja..falta de quecas..
    Mas sobre esses recalcamentos, não tenho a erudição necessária….
    Promova-se uma cimeira entre o Berlusconi e a Manuela…

  3. Conheço mal, Sinhã, mas sei que, entre outras coisas, é futurista. Não estarias a gozar com as declarações do Zé Pedro dos Xutos, pois não? :)

  4. isso: um brilhante futurista.:-)

    não, não, apesar de me parecer que uma adaptação, agora, ao hino, ia bem assim:

    às armas, às armas
    que a vida vai torta
    as saudades que eu já tinha da minh’alegre casinha
    contam histórias de tudo
    às armas, às armas
    a carga pronta e metida nos contentores

    :D

    (tens riso no CC em re.dixit) :-)

  5. Já me ri com o CC, concordo com a teoria dele. Não precisamos de ir para a caixa dele, o tema que aborda, de certa forma, está relacionado com este post. :)

  6. Estamos com um problema. Gosto mais desta caixa.:)
    Os temas são muito parecidos, em ambos o casamento está em vias de extinção. Como é que desempatamos isto? :)

  7. ora como eu sou apologista dos casamentos verdadeiros – com amor – não tenciono dissuadir-te: fica com a caixa que gostas mais, guidinha. :-)

  8. Para te fazer a vontade fui lá mais uma vez. Não tenho nada a acrescentar. Está tudo dito.:)
    Lá é só uma família. Aqui, são os pilares da sociedade que ameaçam ruir (ou pior). :)

  9. Não sei se serão suficientes as botas e o capacete. Utilizei a palavra ruir, mas a correcta é diluir. Os pilares diluem-se, ou seja, o problema é mais grave (já se sabe como é que é o Governo). Se calhar a máscara dá jeito, nunca se sabe que vapores se poderão libertar.:)

  10. quem sabe até desapareça o país.

    se a lei das uniões de facto e o casamento entre pessoas do mesmo sexo consegue pôr em causa os pilares da sociedade é porque a sua estrutura é pouco sólida.
    mais vale derrubá-la e erguer outra sociedade mais consistente e adaptada à época.

  11. A família nunca vai desaparecer com Sócrates ou com Manuela. Ela funda-se na FILIAÇÃO. Hoje em dia já não faz sentido dizer-se que a família tem a sua base no casamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.