Dumping cinéfilo

Leia-se este resumo do Cinecartaz e a seguir o original. O Público informa que o texto vem da Cinemateca Portuguesa, pelo que a pergunta a fazer é a seguinte: quanto é que a Cinemateca está a pagar ao bacano das sinopses para ele copiar comentários do IMDB? Seja o que for, eu farei o mesmo trabalho por metade do que ele ganha.

6 thoughts on “Dumping cinéfilo”

  1. Eu faço por metade do que o Valupi cobrar.

    (Há um “bacano das sinopses”? Isso não é coisa de estagiário? Daqueles que só recebem subsídio de almoço? OK, metade de metade de uma sandes já não é mau. ;)

  2. Que vergonha!
    Já que aqui se fala no Mario Monicelli, que tal rever o delicioso “Amici Miei”? Irei fazê-lo já de seguida.

  3. Poderiam trocá-lo com o provedor da Santa Casa, que ninguém iria notar a diferença.

    Foi para isso que se inventou o termo “sinecura”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.