9 thoughts on “Da série esta gente

  1. Isso é outro campeonato, factual, este é bem mais modesto (embora não menos corrosivo), e diz apenas respeito às acusações lançadas contra o PS por existirem pessoas ligadas ao partido que aparecem envolvidas em casos de corrupção. Como se esses casos decorressem da natureza ou liderança do partido ou como se fossem um exclusivo de um qualquer grupo político.

  2. Não há corruptos no BE. É um partido impoluto. É por isso o único que pode legitimamente apontar o dedo aos outros. Coisa que faz abundantemente. É por isso que sei que por aqueles lados não há corrupção, ou pessoas corruptíveis. Não é?

  3. Isso dos quatro mil milhões não interessa nada. Nem a lista das trancadas de luxo. É a vida, caríssimos. É vida. Se da dita fizessem parte alguns daqueles em que estamos a pensar, podem estar certos que ela já estaria disponível nos locais do costume.

  4. “Esta gente” corrupta não é exclusividade de um único partido político, como alguns nos querem fazer crer, mas que los hay, los hay… Agora, esta notícia é uma boa ginja, pois vem lembrar que no melhor pano cai a nódoa, apesar dos pesares, dos valores e da moral puxada pelo lustro. É caso para dizer, esta gente (hipócrita!) não tem emenda…

  5. Não, não desviou nada. Os políticos nunca desviam nada. Utilizam o dinheiro no exercício das suas funções. Eçagora, e logo do CDS, que são tão generosos, amigos do seu amigo, sempre muito bem apessoados, liberais, cabelos louros e tal, não, a notícia não é verdadeira. Isto foi dinheiro posto de parte para comprar mais um submarino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.