Broad Coalition Report

O Comandante Supremo da Broad Coalition for Change, Steps Rabbit, acompanhado do General Michael Grasses e do Brigadeiro Mark Tony Coast, revelou ao começo da noite que os bombardeamentos da coligação atingiram todos os alvos seleccionados com ruinoso sucesso:

Juros da dívida atingem máximo histórico de 8,1%

A moeda europeia caiu pelo segundo dia consecutivo após a votação no parlamento português que levou à demissão do primeiro-ministro José Sócrates, alimentado especulações nos mercados de que Portugal terá mesmo de recorrer a uma ajuda externa.

Confederações receiam consequências económicas

Chumbo do PEC provoca “stress” nos mercados, alerta OCDE

38 thoughts on “Broad Coalition Report”

  1. O Eng. Sócrates sai e temos por isso um cenário de eleições antecipadas, que nesta altura coloca sem dúvida pressão acrescida sobre Portugal. Realizar estas eleições antecipadas custará ao país mais de 18 milhões de euros (LINK), incluindo …tempos de antena, despesa com os membros das mesas de voto e os perto de oito milhões de euros de subvenção estatal para as campanhas. Mas tudo isto oportuno, pois a crise económica deverá estar muito longe, de acordo com a visão dos nossos politicos,certamente !!!

    Pessoalmente, parece-nos que eleições antecipadas só não serão prejudiciais (ou até positivo), se pudéssemos antever um resultado final de Governo suportada em maioria absoluta! Mas melhor, melhor que todo este cenário seria ter-se conseguido um consenso sem recorrer a eleições, este sim seria o melhor sinal que o país poderia dar aos mercados Internacionais.

    Por isso continuo a acreditar que se tivéssemos bons políticos teríamos o problema de Portugal resolvido criando um Governo de salvação nacional que incluísse praticamente todos aqueles partidos que defendem a democracia. Sem um acordo de regime não há solução, quer haja eleições ou não.

    Fonte : http://cogitare.forumenfermagem.org/2011/03/eleicoes-antecipadas-gastemos-mais-18-milhoes/

  2. Talvez esteja na altura de lhe dar a conhecer os Cantos:

    “Ó tu, Sertório, ó nobre Coriolano,
    Catilina, e vós outros dos antigos,
    Que contra vossas pátrias, com profano
    Coração, vos fizestes inimigos,
    Se lá no reino escuro de Sumano
    Receberdes gravíssimos castigos,
    Dizei-lhe que também dos Portugueses
    Alguns tredores houve algumas vezes.

  3. Portanto, nos ultimos 2 anos temos assistido a uma descida/estabilização das taxas de juro, apenas hoje, e após o tal bombardeamento, os juros subiram e perdemos a confiança do estrangeiro. Tá certo … as ilusões continuam!!!

  4. “Bolsa nacional segue em alta após os mercados reagirem à demissão do Governo. Ouvido por uma agência noticiosa, um analista de mercado disse que os mercados reagiram muito bem à noticia da demissão de Sócrates”.

  5. adolfo dias, e os juros da dívida? não eram os mercados a última justificação para o desvario do ppd na votação de ontem?

  6. Ó Assis os juros têm subido todos os dias nos ultimos 2 anos, quase todos os dias temos mais um record da taxa, hoje é só mais um desses dias…

  7. Não, Adolfo, eles estavam a baixar não há muito tempo atrás. Mas o que queres provar? Que todos os analistas aquém e além fronteiras estão enganados e que a crise política não tem qualquer impacto nos mercados, ou se tiver é positivo?

  8. Vê aqui: http://www.bloomberg.com/apps/quote?ticker=GSPT5YR:IND

    Se achas que a tendência que se verifica no gráfico é baixar, ok, a ilusão continua…

    Outra ilusão do Sócrates é de que, com ele, Portugal nunca precisaria de ajuda do fundo europeu/FMI, uma falácia que finalmente vai sendo desmascarada, e ainda vai ser mais evidente quando se conhecer verdadeiramente a factura que devemos.

  9. Adolfo, estás a olhar para o mesmo gráfico que eu ou viste de pernas para o ar??? Olha para o pré e para o pós 11-Março.

  10. Adolfo, quando tiveres um momento livre nesse furor da busca de indicadores fabulásticos dá uma palavrinha ao Zapatero a ver se ajudas os espanhóis a resolverem a crise deles com esta receita ganhadora das crises políticas para animar os mercados.

  11. O cheiro nauseabundo que tresanda dessa esquina da Europa tem vindo a piorar assustadoramente. Com os mais recentes bombardeamentos calculo o quanto o ar deve estar irrespirável por aí. E as expectativas da poluição aumentar continuam em alta.

    Tenho que ir à Embaixada saber se já estão a efectuar voos de evacuação para sacar o meu pessoal daí. Mais Cavaquistão, não obrigado.

  12. Continuam com as ilusões, fantástico!!! Só alguém num estado amnésico poderá dizer, olhando para a tendência do gráfico ao longo dos ultimos meses, que estávamos em tendencia descendente… Podes ver o gráfico semanal, mensal, diário, a um ano, a 5 anos, só a vossa ilusão vos afasta da realidade!!!

  13. Ó traquinas o teu pessoal rosinha já se forneceu bem, não te preocupes, tivessemos todos como esses boys e girls…

  14. adolfo, estás mesmo a por-te a jeito para a brincadeira. Então vamos lá. Brincamos com esse tipo de argumento de que pareces ser grande apreciador: Quanto é que te pagam para vires aqui defender o pessoal do pote?

  15. Já andam toda ca naifa afiada, Edie. Até dá gosto ver-lhes o entusiasmo. A gaita vai ser quando tiverem mesmo que fazer acontecer, que isto não está exactamente como no tempo do durão cobardão e do cavaco-com-os-milhões-dos-outros-faço-um-figurão.

  16. Mas qual tendência do gráfico, ó Dias? Tás à espera de quê, méne? De milagres?
    Sempre estou pra ver a bela merda de alternativas que tens para propor em matéria de liderança para o país, pá.
    Já agora, deixa lá os gráficos e partilha com a malta esse teu segredo para o milagre da recuperação económica.
    A sério, a ver se angarias os votos necessários para não teres o desgosto de ver o Sócras ganhar outra vez…

  17. Ó shark, não fui eu que iniciei esta posta, foi falado no aumento da taxa de juro que aconteceu devido à demissão do governo, eu simplesmente rebati com factos, com gráficos, mas existem os que preferem viver na ilusão ….

  18. Nenhum de nós pode viver na ilusão, Adolfo. Por isto ou por aquilo estamos a ficar atascados até ao pescoço e de pouco nos vale apontar o dedo a este ou ao outro, temos é que usar a mona na busca de soluções para a Pátria que é algo de muito superior a nós e está a saque pela estranja.
    Isto não é nacionalismo bacoco, é desespero de causa. E a causa justifica puxarmos todos para o mesmo lado da corda até se ultrapassar esta ameaça.

  19. Sim Shark, tentar que todos puxemos para o mesmo lado, de acordo, mas quando não existe confiança entre as partes isso vai-se tornando dificil e as tentativas quase “virtuais” para isso acontecer podem ter o efeito contrário. Por isso já disse aqui, um dos grandes pecados de Cavaco foi ter deixado formar o Governo de minoria com Sócrates a liderar.
    Tenho pena que o PS não encontre outra figura para liderar o partido, com Sócrates já se viu que é impossivel existir qualquer tipo de entendimento.

  20. Ao que vens é fácil e transparente, Adolfo: és um concern troll.

    Se não souberes o que é, aqui tens a definição:

    In an argument (usually a political debate), a concern troll is someone who is on one side of the discussion, but pretends to be a supporter of the other side with “concerns”. The idea behind this is that your opponents will take your arguments more seriously if they think you’re an ally. Concern trolls who use fake identities are sometimes known as sockpuppets.

    No teu caso, é simples. A tua preocupação é Sócrates. Era bem melhor que o PS corresse com ele, não era?

  21. Adolfo, agora que o Sócrates se foi embora é que isso vai passar a ser tudo cor de rosinha. Um paraíso. No Cavaquismo era um oásis, diziam. Já lá vai tanto tempo e ainda tenho bem presente o cheiro. Não gostei, o que é que tu queres que eu te faça. E não tenho nenhuma expectativa que o Coelhismo venha a ter um odor diferente.

  22. olha, falhou-me o link no outro comento. Era só o Passos a dizer lá em Bruxelas que “espera que Portugal fique fora de um resgate”. E, claro, eram só ouvidos para ele.

  23. Estou frequentemente de passagem pelo aspirina, Val. Vícios é mesmo assim : )
    Normalmente falta-me tempo para intervir e a actualização relativamente ao que se passa por aí é naturalmente diferente. As circunstâncias, os últimos desenvolvimentos da vossa actualidade política e o sarcasmo do teu texto é que foram decisivas hoje : )

  24. Caro Val,

    Infelizmente, depois desta irresponsável borrasca, acho que vamos mesmo ter que fechar a tasca. Com ou sem o Fundo, vamos mesmo bater no fundo. Corremos o risco de seguir a trajectória daquela fábula de Ambrose Bierce, onde, “o povo insatisfeito com um Governo Democrata que só lhe roubava quanto tinha, elegeu um Governo Republicano que, não só lhe roubou tudo o que tinha, como lhe exigiu uma promissória pelo saldo devedor, coberta por uma hipoteca sobre a sua esperança de morte”…

  25. Ok senpratento já estou de saida, vão falando sozinhos então, vão-se iludindo uns aos outros …

    E JP, portanto será o próximo Governo que nos vai individar para os próximos 50 anos, com dividas que nunca mais acabam e ainda nem se sabem bem quais são, tá certo, tão portuga, os outros é que têm a culpa, quem vier a seguir que se desemerde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.