A modinha do Chico Lopes

O candidato presidencial do PCP ganhou as simpatias da direita. Isto porque deu porrada em Cavaco, mas sem o ferir de morte, sequer deixar mazelas a precisarem de tratamento. Foram uns sopapos dados em alguém meio entrevado, sem capacidade de se defender. A direita também tem razões para sovar Cavaco, mas não pode permitir que sejam os xuxas a fazê-lo, pelo que ter um comuna a prestar esse serviço catártico é a melhor solução.

Mas o que realmente agrada no Chico Lopes é a sua disciplina de funcionário. Ele apresenta-se com a cassete das Testemunhas de Jeová e o aprumo executivo dos oficiantes da Igreja Universal do Reino de Deus. É um pastor, pois. E de um conservadorismo que já nem no catolicismo se gasta. Essa higiene política mínima foi quanto bastou para reunir agrado, o que igualmente ilustra o nível paupérrimo dos restantes candidatos.

Temos substituto do Jerónimo, isso é certo. E o PCP ficará cada vez mais igual a si próprio, mais barricado e hostil, o que a direita aplaude.

4 thoughts on “A modinha do Chico Lopes”

  1. os geróminos, sousa e martins fizeram grandes concertações sociais. gandes tempos em que pingava doce no partido, já o lopes é mais pálas.

  2. Caro Valupi,

    após as festas um pouco de reflexão política só pode fazer bem ao físico “castigado” com a fartura da “última ceia”.

    Estamos de acordo, a direita do Neves e do Marcelo é apenas matreira, manhosa e sem graça. O Cavaco deve provar do seu (deles) veneno para que não tenha a veleidade de os esquecer. Só nódoas negras, dizes muito bem. É quanto basta ao seu (deles) juízo.

    O candidato do PC tem o “acerto” mais justo do que os que crêem na cidade de Deus, é um dos últimos fanáticos. Muito bem visto. Na conclusão também estás muito bem, nada mais útil à direita “estúpida” do que um PC radicalizado.

    Tanto acordo com o teu texto espanta, será da idade? Bom Ano Novo.

    PS. a tua nova aquisição é um bomba de direito e do mais que se verá.

  3. citando,

    ” E o PCP ficará cada vez mais igual a si próprio, mais barricado e hostil, o que a direita aplaude ”

    De igual modo – barricado e hostil – se encontra o seu “,menino de ouro” – sócrates-, e por estranho que possa parecer, a mesma direita também aplaude.

    E, me parece, fá-lo mais (o aplauso) por agradecimento pelas “boas práticas políticas de direita”, do que pelo outro motivo que está a pensar.

    * sócrates, e por arrastamento, tudo o que sobrou do PS, partido esse que presentemente se encontra capturado por uma máfia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.