Vinte Linhas 689

Todos os sete leões de ontem jogaram nestes dois campos

Minutos depois do fim do jogo contra a Bósnia (e também contra uma repugnante equipa de arbitragem) lembrei-me desta imagem captada do velho jornal (1922) do Sporting Clube de Portugal. Já sem balizas e com os miúdos de malas aviadas para jogarem em Rio Maior (iniciados), Óbidos (juvenis) e Sarilhos Pequenos (juniores), os dois campos relvados eram uma saudade no momento do flash do repórter fotográfico. Não está assinada a foto; só por isso não refiro o seu autor. Mas voltemos ao jogo. Jogaram Rui Patrício, Miguel Veloso, João Moutinho, Cristiano Ronaldo, Nani, Ricardo Quaresma e Carlos Martins. Particularidade: todos os referidos sete jogadores andaram na escola de futebol do SCP e todos jogaram nestes dois relvados. No da esquerda vi o Carlos Martins fazer um jogo fantástico contra o União de Tomar, ainda juvenil já brilhava nos juniores. No da direita ouvi o queixume do Ricardo Quaresma, iniciado, no dia em que não foi o «10» mas sim o «16» porque ficou a tomar conta da pequenina irmã na Costa de Caparica. No da esquerda vi o Cristiano Ronaldo mandar o Fábio Ferreira para a frente enquanto ele facturava sem parar como segundo ponta de lança. No da direita vi o João Moutinho e o Miguel Veloso fazerem prodígios e ganharem todos os 28 jogos da época 1999-2000 (com 195-6 de saldo em golos) para no fim não os deixarem ser campeões nacionais de iniciados. Nos dois campos vi jogar e entrevistei Rui Patrício ao lado de Ruben Gravata (sorte grande/aproximação) e percebi a teimosia de João Couto em Luís Carlos Cunha (Nani) quando mais ninguém acreditava que os documentos de identidade iam aparecer. Ao pé desta emoção o jornal METRO hoje com uma equipa portuguesa com apenas dez jogadores é uma brincadeira de mau gosto. Esqueceram-se do Ronaldo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.