Utilitário para a blogosfera

O texto que mais vezes me lembro, quando leio determinados “posts” e comentários

“Sente-se.Está sentado? Encoste-se tranquilamente na cadeira. Deve sentir-se bem instalado e descontraído. Pode fumar. É importante que me escute com muita atenção. Ouve-me bem? Tenho algo a dizer-lhe que vai interessá-lo.Você é um idiota. Está realmente a escutar-me? Não há pois dúvida alguma de que me ouve com clareza e distinção? Então Repito: você é um idiota. Um idiota.I como Isabel; D como Dinis; outro I como Irene; O como Orlando; T como Teodoro; A como Ana. Idiota. Por favor não me interrompa. Não deve interromper-me. Você é um idiota. Não diga nada. Não venha com evasivas. Você é um idiota. Ponto final. Aliás não sou o único a dizê-lo. A senhora sua mãe já o diz há muito tempo.Você é um idiota. Pergunte pois aos seus parentes. Se você não é um idiota…claro, a você não lho dirão, porque você se tornaria vingativo como todos os idiotas.Mas os que o rodeiam já há muitos dias e anos sabem que você é um idiota. É típico que você o negue. Isso mesmo: é típico que o Idiota negue que o é.Oh, como se torna difícil convencer um idiota de que é um Idiota.É francamente fatigante.Como vê, preciso de dizer mais uma vez que você é um Idiota e no entanto não é desinteressante para você saber o que você é e no entanto é uma desvantagem para você não saber o que toda a gente sabe. Ah sim, acha você que tem exactamente as mesmas ideias do seu parceiro.Mas também ele é um idiota.Faça favor, não se console a dizer que há outros Idiotas: Você é um Idiota. De resto isso não é grave.É assim que você consegue chegar aos 80 anos. Em matéria de negócios é mesmo uma vantagem. E então na política! Não há dinheiro que o pague.Na qualidade de Idiota você não precisa de se preocupar com mais nada.E você é Idiota (Formidável, não acha?)”
Brecht

42 thoughts on “Utilitário para a blogosfera”

  1. “Mas não seria
    Mais simples para o governo
    Dissolver o povo
    E eleger outro?” – Brecht

    A frase que mais me lembro quando leio certos esquerdistas.

  2. Nada é impossível de Mudar

    Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo.
    E examinai, sobretudo, o que parece habitual.
    Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de
    hábito como coisa natural, pois em tempo de desordem
    sangrenta, de confusão organizada, de arbitrariedade consciente,
    de humanidade desumanizada, nada deve parecer natural
    nada deve parecer impossível de mudar.

    (Bertold Brecht)

  3. Também gosto bastante dessa descrição de uma distribuição na Avenida Estaline, em Berlim.
    Mas a o texto do Idiota é mais abrangente, alcança um arco da direita à esquerda que engloba todos os idiotas.

  4. OS ESPERANÇOSOS

    Pelo que esperam?
    Que os surdos se deixem convencer
    E que os insaciáveis
    Lhes devolvam algo?
    Os lobos os alimentarão, em vez de devorá-los!
    Por amizade
    Os tigres convidarão
    A lhes arrancarem os dentes!
    É por isso que esperam!

    (Bertold Brecht)

  5. Gosto de ver pessoas humildes como o NRA a bater no peito. Não identificando o(s) destinatário(s) do post presumo que esteja a assumir a sua condição de idiota. É o 1.º passo para um dia ambicionar alcançar a sua fase adulta.

    P.S. Cuidado é com essas ganzas para fins medicinais que vocês usam lá no vosso estaminé a que chamam de partido pois não fazem nada bem ao cérebro!

  6. DE QUE SERVE A BONDADE

    1

    De que serve a bondade
    Se os bons são imediatamente liquidados, ou são liquidados
    Aqueles para os quais eles são bons?
    De que serve a liberdade
    Se os livres têm que viver entre os não-livres?
    De que serve a razão
    Se somente a desrazão consegue o alimento de que todos necessitam?

    2

    Em vez de serem apenas bons, esforcem-se
    Para criar um estado de coisas que torne possível a bondade
    Ou melhor: que a torne supérflua!
    Em vez de serem apenas livres, esforcem-se
    Para criar um estado de coisas que liberte a todos
    E também o amor à liberdade
    Torne supérfluo!
    Em vez de serem apenas razoáveis, esforcem-se
    Para criar um estado de coisas que torne a desrazão de um indivíduo
    Um mau negócio.

    (Bertold Brecht)

  7. Cuidado, Rui, que qualquer dia tem uma fotografia sua no jornal do BE com um nariz de palhaço. Essa gente é perigosa!

  8. O Vosso tanque General, é um carro forte

    Derruba uma floresta esmaga cem
    Homens,
    Mas tem um defeito
    – Precisa de um motorista
    O vosso bombardeiro, general
    É poderoso:
    Voa mais depressa que a tempestade
    E transporta mais carga que um elefante
    Mas tem um defeito
    – Precisa de um piloto.
    O homem, meu general, é muito útil:
    Sabe voar, e sabe matar
    Mas tem um defeito-
    Sabe pensar

    (Bertold Brecht)

  9. A citação original diz a certa altura “Pode fumar!”. Ora aí está uma coisa que em certos locais é um privilégio.

  10. A arrogância de pessoas que se dizem democráticas e que chamam idiotas a quem discorda das suas eloquentes opiniões. A arrogância de quem se diz de esquerda e não assumem os alvos que realmente querem atingir (onde é que eu já ouvi isto?)
    Enfim … a arrogância

  11. Nuno Ramos de Alpeida,
    “Sente-se.Está sentado? Encoste-se tranquilamente na cadeira. Deve sentir-se bem instalado e descontraído. Pode fumar. É importante que me escute com muita atenção. Ouve-me bem? Tenho algo a dizer-lhe que vai interessá-lo.Você é um iluminado. Está realmente a escutar-me? Não há pois dúvida alguma de que me ouve com clareza e distinção? Então Repito: você é um iluminado. Um iluminado.I como Isabel; L como Luís; U como Urraca; M como Mário; outro I como Isilda; N como Nuno; A como António; D como Daniel; O como Osório. iluminado. Por favor não me interrompa. Não deve interromper-me. Você é um iluminado. Não diga nada. Não venha com teorias. Você é um iluminado. Ponto final. Aliás não sou o único a dizê-lo. A senhora sua mãe já o diz há muito tempo.Você é um iluminado. Pergunte pois aos seus parentes. Se você não é um iluminado…claro, a você o dirão, porque você se tornaria convencido como todos os iluminados.Mas os que o rodeiam já há muitos dias e anos sabem que você é um iluminado. É típico que você o negue. Isso mesmo: é típico que o iluminado negue que o é. Mas falsa modéstia é vaidade. Oh, como se torna difícil convencer um iluminado de que é não um iluminado.É francamente maçador .Como vê, preciso de dizer mais uma vez que você é um iluminado e no entanto não é desinteressante para você saber o que você é e no entanto é uma desvantagem para você não saber o que toda a gente sabe. Ah sim, acha você que tem exactamente as mesmas ideias do seu parceiro. Secretamente, acha que as suas são melhores. Mas também ele é um iluminado.Faça favor, não se console a dizer que há outros iluminados: Você é um iluminado. De resto isso não é grave.É assim que você consegue chegar aos 80 anos. Em matéria de negócios é mesmo uma vantagem. E então na política! Não há dinheiro que o pague.Na qualidade de iluminado você não precisa de se preocupar com mais nada.E você é iluminado(Formidável, não acha?)”

  12. Caro Rui Castro,
    Como diz o ditado: há mais Marias na terra. Não identifiquei os posts e os comentários porque são muitos, mas é sempre bom, ver enfiar a carapuça.

    Orgulhosamente,
    Estou certo que o Rui não precisa do nariz de palhaço.

  13. Caro NRA,
    Se ler bem (sabe ler ou não!?) o meu comentário perceberá que não estou a enfiar carapuça nenhuma. O melhor mesmo é tirar essas palas que tem nos olhos para conseguir ler convenientemente (já a colocação das vírgulas no seu comentário foi difícil de interpretar).
    Quanto à sua dificuldade em identificar destinatários para as suas baboseiras, sugiro que vá ao dicionário (sabe o que é?) e leia o segnificado da palavra cobarde.

  14. Caro Rui Castro,
    Tche,tche, está a enervar-se, isso não lhe faz bem. Experimente beber um copo de água e contar até 100. Conseguiu?
    Vê como tudo parece melhor.
    Agora, relativize os comentários, não leve os blogs tão a sério, e preocupe-se em conversar com os outros. Percebeu?
    Não corrija as minhas virgulas que eu prometo não ligar aos seus textinhos.
    Um dia, quem sabe, você vai argumentar e pensar e nessa altura vamos conseguir trocar ideias.

  15. Caro NRA,
    Che che (não vale a pena gaguejar) só conheço um que já morreu e que assassinou uns tantos que não partilhavam das suas ideias.
    Prometo que não corrijo mais as suas vírgulas, até porque com stress todos nos enganamos.
    Um abraço

  16. Estive aqui a ler umas coisas, e apraz me fazer uma pergunta:

    Rui Castro, o senhor foi enrabado pelo tio do NRA, seu pediatra, quando era pequeno? Então, deixe-o em paz.

  17. Eu pensava que “o idiota” era o principe Michkin de Dostoievski,afinal andam todos por aqui,em busca do destinatário possível.

  18. Acho que a melhor definição para o sr. Rui Castro está no nome que ele deu ao blog onde escreve.
    A incontinencia nesse senhor é geral.
    Pela frente, por trás e por cima.
    Talvez um TAC lhe revelasse que na cabeça só tem algo que costuma permanecer noutra parte do organismo humano.

  19. Um provável solilóquio que apresenta uma particularidade ainda mais notável:

    Escrito ao espelho e para ler ao espelho!

    Help yourself…

  20. Como ontem fiquei sem net e não pude dar troco e como já ninguém vai ver os posts de baixo … aqui vai

    Parece que ninguém até agora fez estudos de impacto ambiental sobre a energia eólica.
    Mas toda a gente sabe que hoje um bom meteorologista vale tanto como um bom geólogo.
    E toda a gente sabe que existem mapas eólicos .
    E nesses mapas podemos ver que existem , poderia dizer-se pipelines de vento.
    E toda a gente sabe que a atmosfera está farta que brinquem com ela.
    Por outro lado tb toda a gente sabe que os ventos correm das altas pressões para as baixas pressões .
    Assim qt mais resistência for criada , maior vai ser a necessidade de fazer essa correcção.
    Portanto e à parte o desfeiamento da paisagem com ventoinhas gigantescas , ninguém sabe neste momento o impacto que um sem número dessas ventoinhas pode provocar. Mas que provoca alguma coisa é incontornável.

    As energias alternativas produzem quantidades insignificantes de energia comparadas com as necessidades crescentes da população.
    …..
    Se queimares uma tonelada de carbono (sob a forma de carvão, por exemplo) não terás nunca 3,67 toneladas de CO2
    João André…

    Meu caro João André … Se queimares uma tonelada de carbono terás sim 3,67 t de CO2 .
    Faz uma pequena pesquisa no google e vais descobrir isso imediatamente .
    escreve 3.67 t CO2 e vais ver o que aparece ..

    Além do mais existe hoje a tecnologia de reacção rápida (nuclear )http://www.nikiet.ru/eng/publications/innoproj.html que não deixa lixo , todo o combustível é usado.
    Mas ainda mais importante é que o tipo de combustível usado não pode nunca ser utilizado para bombas, ao contrário do que acontece com as centrais nucleares térmicas convencionais , que deixam lixo radioactivo durante milhares de anos ..consomem apenas uma pequena fracção do combustível usado e o seu resíduo pode ser usado para refinação e usado em bombas ..como quer fazer o Irão ….

    Comentário de: Afonso Henriques | março 22, 2006 03:35 PM

  21. Ó Afonso Henriques também não é preciso exagerar, de resto aquele texto do Brecht revela todo um interesse próprio, bem independente dos estados humorais de Eolo.

    Vá lá Afonso Henriques, em nome dos bons velhos tempos do BDEII (eu ainda nem sabia o que era um blog nessa altura), diz-nos o que pensas sobre o texto do Brecht. Para idiota já cá estou eu.

  22. “Um peido é muito mais nocivo para o Ambiente do que uma simples central nuclear. E em portugal são, pelo menos, 10 milhões de peidos diários, que libertam o metano, principal causador do buraco de ozono”. – Q.B.

  23. Afonso, meu caro, já deixei a resposta lá em baixo. Quem a quiser ler que vá.

    Ainda fiwuei com esperança de ler aqui as obras completas de Brecht, patrocinadas pela Margarida, mas ela parece ter-se cansado… pena.

  24. Eu estou mesmo a ver daqui a 20 anos as ventoinhas gigantescas todas enferrujadas ( é que agora são todas bonitinhas ) a desfeiar a paisagem … va ficar lindo..

    João André … não fizeste nenhum comentário ao impacto ambiental das ventoinhas …

    Só um pormenor … a nossa atmosfera tem o comprimento equivalente à distância de Lisboa a Alverca .. a partir daí até Santarém é só pra Inglês ver de tal maneira é rarefeita…

    qt ao teu comentário sobre o nuclear e o CO2 ..vai aqui a minha resposta ..pega …

    Olha lá ..João André … então achas que fui eu que se lembrou que 1 tonelada de carbono equivale a 3,67 t de CO2 ???
    Eu ..não … são os livros todos que falam isso … vais contestar os livros todos ?
    Quem és tu ? Uau… um novo Einstein … esse é que contestava os livros todos…mas esse fez tantas mas tantas contas que acabou por mostrar que tinha razão…

    Qt ao nuclear … mais uma vez estás a contestar ..não a mim óbviamente … a ultima referência foi a Scientific American de Março de 2006 …. e podes escrever… os novos reactores rápidos ..não deixam práticamente residuos….

    Claro .. não és obrigado a acreditar….assim como não és obrigado a acreditar na teoria da relatividade … ou no Big Bang …ou que os americanos foram à Lua…

    O google não tem informação … encontra informação…

    Qt ao Berthold .. ele que se f*da …

  25. O Analfabeto Político

    O pior analfabeto é o analfabeto político.
    Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos.
    Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão,
    do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio
    dependem das decisões políticas.
    O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia
    a política. Não sabe o imbecil que da sua ignorância política nasce a prostituta,
    o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista,
    pilantra, o corrupto e lacaio dos exploradores do povo.

    (Bertold Brecht)

  26. Quem me manda tentar ter uma discussão decente com o Afonso Henriques? O homem é realmente um idiota. Que se há-de fazer… Na lógica do Brecht ainda chega a Ministro ou algo do género…

  27. Li o texto. Tá bem escrito, parece-me um bom auto-retrato. O texto só pode ter saído da cabeça de um idiota. Li os outros textos. Confirma-se a minha opinião. Brecht é um idiota. E um da pior espécie. Um daqueles idiotas que acham que são os únicos não idiotas à face da terra.

    Senhor Nuno Ramos de Almeida: não o conheço, não sei se será um idiota. Mas se pretende atingir a idiotice, está no bom caminho. Continue a citar textos idiotas e dentro de muito pouco tempo até os idiotas o acharão idiota.

  28. Dificuldade de Governar

    1

    Todos os dias os ministros dizem ao povo
    Como é difícil governar. Sem os ministros
    O trigo cresceria para baixo em vez de crescer para cima.
    Nem um pedaço de carvão sairia das minas
    Se o chanceler não fosse tão inteligente. Sem o ministro da Propaganda
    Mais nenhuma mulher poderia ficar grávida. Sem o ministro da Guerra
    Nunca mais haveria guerra. E atrever-se ia a nascer o sol
    Sem a autorização do Führer?
    Não é nada provável e se o fosse
    Ele nasceria por certo fora do lugar.

    2

    E também difícil, ao que nos é dito,
    Dirigir uma fábrica. Sem o patrão
    As paredes cairiam e as máquinas encher-se-iam de ferrugem.
    Se algures fizessem um arado
    Ele nunca chegaria ao campo sem
    As palavras avisadas do industrial aos camponeses: quem,
    De outro modo, poderia falar-lhes na existência de arados? E que
    Seria da propriedade rural sem o proprietário rural?
    Não há dúvida nenhuma que se semearia centeio onde já havia batatas.

    3

    Se governar fosse fácil
    Não havia necessidade de espíritos tão esclarecidos como o do Führer.
    Se o operário soubesse usar a sua máquina
    E se o camponês soubesse distinguir um campo de uma forma para tortas
    Não haveria necessidade de patrões nem de proprietários.
    E só porque toda a gente é tão estúpida
    Que há necessidade de alguns tão inteligentes.

    4

    Ou será que
    Governar só é assim tão difícil porque a exploração e a mentira
    São coisas que custam a aprender?

    Bertolt Brecht
    Tradução de Arnaldo Saraiva

  29. QUEM É O SR. BERTOLT BRECHT ?

    Quem é o Sr. Bertolt Brecht ?

    Sr. Brecht nasceu antes da virada do século, no dia 10 de fevereiro de 1898. Como ele mesmo disse viveu em tempos negros: viu a 1a Grande Guerra, viu a Revolução ser massacrada na Alemanha e seus líderes serem barbaramente assassinados, assim como milhares de operários e também as lideranças sindicais.

    Viu a fome nos anos 20, viu a ascenção de Hitler, viu a perseguição de perto. Em 1933 viu o incêndio do Parlamento Alemão – o Reichstag – e compreende que tinha chegado uma nova era.. Sabia que os próprios nazistas tinham colocado fogo no parlamento e colocado a culpa nos comunistas. As perseguições iam aumentar. Era hora de fugir.

    A partir daí fugiu de país em país, sempre com a mala em cima do armário, sabendo sempre que não era bem vindo. Finalmente nos Estados Unidos sentiu na carne o que era a Caça às Bruxas. O anti-comunismo estava mais forte do que nunca no país que se dizia a terra da liberdade.

    “As ruas do meu tempo conduziam ao pântano.
    A linguagem denunciou-me ao carrasco.
    Eu pouco podia fazer. Mas os que estavam por cima
    Estariam melhor sem mim, disso tive esperança.”

    A pesar de todas as perseguições – ou talvez justamente por elas – o Sr. Bertolt nunca parou de escrever. Escreveu de tudo: poesia, teatro, ensaios, roteiros de cinema. Mas apesar da sua produção ser enorme tinha grandes dificuldades para sobreviver: dinheiro curto, dificuldades com a língua ( por causa das sucessivas mudanças de país), e, sobretudo o constante rótulo – comunista.

    Depois do fim da guerra volta para sua Alemanha, mas sabe que ela não era mais a mesma: eram os tempos das duas Alemanhas. Num curto período de tempo finalmente Brecht teve o seu teatro e o seu coletivo de trabalho: o Berliner Ensemble. Instalado no mesmo teatro que em 1928, antes da sua fuga, fez um enorme sucesso com a Ópera dos Três Vinténs, é com essa companhia que finalmente vai poder colocar em prática o seu trabalho. Em 1954 o Berliner Ensemble faz a sua primeira grande viagem pela Europa, e a partir daí o nome do Sr. Bertolt Brecht passará a ser um dos nomes mais importantes para o teatro no século vinte.

    Discutido, criticado, atacado, perseguido. Entretanto uma coisa é certa: o Sr. Bertolt Brecht lutou durante toda a sua vida pelos oprimidos. Claramente assumiu posições de esquerda e procurou colocar a luta de classes no palco. Nunca de forma dogmática. Sempre buscando a dúvida dialética. Por isso para incontáveis teatreiros do mundo inteiro ele não é O Sr. Bertolt Brecht, mas sim o nosso companheiro de trabalho Brecht, ou b.b. como ele se assinava sempre em letras minúsculas. Um conpanheiro de luta, uma luta longa e difícil, que só terá fim quando não mais existirem classes socias diferentes.

    Prematuramente morre aos 58 anos no dia 14 de agosto de 1956. Mas seu nome e sua luta continuarão vivos enquantos suas peças e suas idéias continuarem por aí. Entre tantas outra coisa b.b. nos ensinou que o teatro deve divertir . Então bom divertimento!

    Luiz Fernando Lobo
    01 de Outubro de 1997

  30. Filipe: que comentário mais tacanho o seu! O Álvaro Cunhal não foi grande por ter estado preso mas por ter lutado toda a sua vida e por ter dado uma contribuição única na organização do PCP, na luta antifascista e na luta pelo Portugal de Abril. Ele foi um dos imprescindíveis de que Brecht falou.

    E o Brecht foi um grande poeta e dramaturgo do seu tempo. Exilou-se como tantos alemães mas optou pela RDA quando a guerra acabou. Foi um intelectual inovador e comprometido com a construção dum mundo mais justo, mais fraterno e mais cooperante. É um dos meus poetas favoritos porque vai direito ao “osso” das coisas.

    PS: espreitei o avesso, não pude deixar mensagem porque só aceitam comentários de blogguers o que me pareceu um tanto elitista…vejam lá isso. Não dificultem a vida a quem só uma vez por outra quer mandar uma boquita.

  31. Obrigado, mas sou apenas um observador (de idiotas)!! Plenário para quê?? Voçês não fazem outra coisa…idiotas!!!! :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.