Negacionismos

Sob o título e sobre o tema acima, Vasco Pulido Valente escreve um excelente post n’O Espectro (desculpem a falta de link, mas eu venho do jurássico, e lá nunca aprendi essas coisas). Único senão: a comparação de Auschwitz com o Gulag – que VPV inclui no seu elenco das formas de negacionismo e que eu concordo que é falsa, porque o Gulag não era um sistema de extermínio, muito menos etnicamente motivado (tem muito mais que ver com o universo concentracionário “ancien régime” do czarismo do que com qualquer sistema genocidário “moderno” ou com o “mal banal” Eichmanniano) e imoral, porque nega o carácter único de Auschwitz – paradoxalmente, não ocorreu nunca, como VPV sugere, durante o período stalinista, mas sim depois: apesar do “totalitarismo” ser uma construção ideológica dos primeiros anos do “containment”, e de a aproximação do nazismo ao comunismo (ou até da justificação do nazismo pelo comunismo) remontar, pelo menos, a Nolte, é na só na “segunda guerra fria” francesa dos anos 70 – quase vinte anos depois do XX Congresso do PCUS, portanto – que essa comparação ganhou o carácter de quase evidência que tem hoje; é obra de Furet e dos seus pares, e dos “nouveaux philosophes” – bons propagandistas, talvez, mas muito piores historiadores. Eu não sou velho, mas ainda me lembro do culto parisiense de Soljenitzin e de este ser declarado a “consciência moral” do Ocidente; isto passou-se, claro, antes de o dito ter aberto a boca e explicado o que pensava desse mesmo Ocidente, que o adulava, mas adiante: Soljenitzin era (e é, eu pelo menos acho, reaccionário que seja) um notável escritor – mas é obsceno falar do “Gulag” (assim, como conceito unificador) em paralelo a “Auschwitz”.

15 thoughts on “Negacionismos”

  1. NINGUÉM PÁRA O BENFICA NINGUÉM PÁRA O BENFICA NINGUÉM PÁRA O BENFICA Ó É Ó!NINGUÉM PÁRA O BENFICA NINGUÉM PÁRA O BENFICA NINGUÉM PÁRA O BENFICA Ó É Ó!NINGUÉM PÁRA O BENFICA NINGUÉM PÁRA O BENFICA NINGUÉM PÁRA O BENFICA Ó É Ó!NINGUÉM PÁRA O BENFICA NINGUÉM PÁRA O BENFICA NINGUÉM PÁRA O BENFICA Ó É Ó!NINGUÉM PÁRA O BENFICA NINGUÉM PÁRA O BENFICA NINGUÉM PÁRA O BENFICA Ó É Ó!NINGUÉM PÁRA O BENFICA NINGUÉM PÁRA O BENFICA NINGUÉM PÁRA O BENFICA Ó É Ó!NINGUÉM PÁRA O BENFICA NINGUÉM PÁRA O BENFICA NINGUÉM PÁRA O BENFICA Ó É Ó!

    Saudações benfiquistas!

  2. Quer-xe dijer…

    1) David Irving é um historiador reputado pela profundidade das suas investigações. Não é de nenhum modo um historiador marginal, apesar do carácter discutível de algumas das suas conclusões passadas.

    2) Negou de facto o holocausto antes de 1991 várias vezes, nomeadamente em 1989 na Austria (facto agora incriminado).

    3) Mas depois corrigiu esse erro grosseiro, segundo ele, após a leitura dos diários de Eichmann, então divulgados.

    4) Logo, está a ser julgado por delito de opinião científica (o erro era grosseiro, mas não incitou ao genocídio, como Brasillach em relação aos judeus ou Bush em relação aos muçulmanos), cometido HÁ 16 ANOS, e do qual já se retratou ! Crimes bem mais graves, como o roubo, já estariam prescritos, 16 anos apôs a sua prática e não poderiam já ser punidos ! Aparentemente um erro científico grosseiro que não provocou vítimas é muito mais grave que assaltar um banco !

    5) Confunde-se negar o holocaustozinho dos judeus (2/3 milhões de vítimas, contra o Grande Holocausto russso às mãos de Estaline e Hitler, de 50 milhões !) com o contestar dos números das vítimas do mesmo com base em investigação histórica.

    6) Repetem-se incessantemente mentiras a fim de que, mesmo desmentidas, alguma coisa reste…como no caso do Presidente do Irão, que não negou o holocausto, até porque acusou os europeus de serem responsáveis por ele e de enviarem a factura aos palestinianos, a ele completamente alheios…

    7) o mesmo se diga de Irving que há muito deixou de negar o holocaustozinho judeu, apenas contestando os números.

    CONCLUSÃO: se se insulta blasfematoriamente o Profeta da segunda religião do Mundo, isso para a Europa é liberdade de expressão…
    Mas se um historiador prestigiado comete um erro científico grosseiro, logo emendado, pode ser condenado a 10 anos de cadeia, mesmo depois de 16 anos, porque aí estão em causa não os Untermenschen árabes, mas a raça superior, o povo eleito da Tora, e com judeus não se brinca… Aí já não há liberdade de expressão… São estes “double standards”, de que que há centenas de outros exemplos, que revoltam os muçulmanos e que poderão levar toda a Humanidade ao Holocausto final…

  3. Só mesmo o Euroliberal para considerar David Irving um «um historiador reputado pela profundidade das suas investigaçõe» :-)

    Aliás a melhor definição de Irving é dada pela historiadora Deborah Lipstad: « «ele está no seu melhor pegando em informação precisa e moldando-a para a adaptar às suas conclusões»

    E já agora, a única educação formal de Irving consiste na frequência do curso de Física no Imperial College em Londres, no período 1957-1959, onde colaborou no jornal escolar Phoenix, tendo sido ainda o editor do jornal do London University Carnival Committee, o Carnival Times. Foi destituído desta posição após ter publicado num suplemento especial do jornal cartoons racistas, uma defesa veemente do regime de apartheid na África do Sul, um artigo elogioso da Alemanha nazi e uma alegação de que a imprensa britânica era posse de judeus. Numa entrevista da época ao The Daily Mail Irving afirmou: «Não pertenço a algum partido político. Mas pode chamar-me um fascista moderado se quiser. Acabei de regressar de Madrid (à época da ditadura de Franco) … voltei através da Alemanha e visitei o ninho de Hitler em Berchtesgaden. Considero-o como um templo».

    Links num post que escrevi há uns meses:

    http://www.ateismo.net/diario/2005/11/david-irving-na-cadeia.php

  4. À Dona Ermelinda: O seu conselho é bem-vindo (como deve ter percebido, só a literatura me interessa) – mas isso não a autoriza a tratar-me por tu (a Dona Ermelinda ponha-se no seu lugar).

  5. Não há nada melhor do que ter um club como o nosso Glorioso Benfica. Temos uns jogadores excelentes…
    Força Benfica estamos contigo…

  6. Não há nada melhor do que ter um club como o nosso Glorioso Benfica. Temos uns jogadores excelentes…
    Força Benfica estamos contigo…

  7. Eu sou a tita, tenho 8 anos e quero dizer que o benfica é o maior ele ganha a todos ele é um campião!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.