Cristiano Ronaldo fora da legenda

IMG_1489XWEBX.jpg

Leio e não acredito. No Diário de Notícias de 21-4-2007 pedem a Eusébio da Silva Ferreira, simplesmente Eusébio, o pantera negra, que escolha o seu onze ideal. Quem pede? A Karen que deixou de ser Jardel e passou a assinar com o nome de solteira – Matzenbacher.

Eis o onze ideal de Eusébio: Buffon, Miguel, John Terry, Ricardo Carvalho, Roberto Carlos, Kaká, Deco, Gerrard, Cristiano Ronaldo, Thierry Henry e Ronaldinho Gaúcho. O treinador é Eriksson e os suplentes são: Van der Sar, Lampard, Rooney, Ferdinand, Beckham e Maldini.

Até aqui tudo bem. Um onze ideal é apenas um exercício magazinesco. Agora o erro, erro crasso, erro monstruoso está na legenda que é a seguinte: «A minha equipa – Só dois portugueses, Miguel e Ricardo Carvalho, e um luso-brasileiro, Deco. As escolhas de Eusébio para o melhor onze da actualidade.»

Reparem bem. Cristiano Ronaldo fica de fora na legenda. A minha dúvida é só uma: será que no novo Diário de Notícias os revisores também foram substituídos pelos computadores? Então o melhor jogador do Mundo, o Cristiano que eu vi chegar a Alvalade com onze anos trazido pelo Dr. Marques de Freitas e pelo seu padrinho (o senhor Fernão), o Cristiano Ronaldo que gostava de ver os juniores nos sábados à tarde sentado ao meu lado e do grande José Travassos (o primeiro português a jogar na selecção da Europa) no banco verde que ficava em frente às cabinas do velho campo número dois, o Cristiano Ronaldo, esse mesmo, desaparece da legenda do Diário de Notícias.

Não pode ser. Não pode ser.

José do Carmo Francisco

15 thoughts on “Cristiano Ronaldo fora da legenda”

  1. Mas a Madeira não é independente!?
    Tenho lido tantas vezes que a Madeira é uma República das Bananas. Para ser uma “República das Bananas” tem de ser idependente, algo como o Vaticano em relação a Itália.
    O que o DN mostra é grande conhecimento geopolítico e, quem sabe, alguma “inside information” da FLAMA.

  2. Caro Paulo:

    Achei piada ao seu comentário, acho no entanto que o facto de Cristiano Ronaldo exercer a sua profissão na Inglaterra é provavelmente mais relevante para o caso do que a sua origem insular.

    Mas isto sou eu (parcial) a divagar …

  3. Os CTT estão a dar a oportunidade de desenharmos um selo para 2008.Papelustro,blogger figueirense, escolheu o tema O imaginário infantil porque…o melhor do mundo são as crianças.Para que a Bruxinha viaje nos envelopes de Portugal inteiro precisa do vosso VOTO!É fácil: cliquem no link, insiram o vosso email e depois confirmem o voto no email que vão receber na vossa caixa de correio!
    Obrigada!

    Vote aqui

  4. Não é o texto que é reles; é a situação descrita no texto que é reles. Não faça de nós parvos. Não confunda mensagem com mensageiro.

  5. Boa equipa. Mesmo vindo de um luso-moçambicano… não me admira que ele não queira o Cristiano Ronaldo como português. Provavelmente tentaria fazer o mesmo ao melhor jogador português de todos os tempos (Luís Figo). E o DN é deste país? Ou também é um jornal luso-qualquer coisa? A rever…

  6. «Não me admira que ele [Eusébio] não queira o Cristiano Ronaldo como português.»

    Nuno Araújo,

    A mais frustrante experiência dum bloguista é ter gente que, como você, não nos sabe ler.

    Com franqueza. Todo o texto do JCF é sobre a deficiência da legenda do DN. Reparou nisso?

    Onde é que você leu que Eusébio não reconhece o Cristiano como português?

  7. o post é reles e totalmente desadequado ao que era o aspirina b.

    e este tipo de mensagens e a repetição do seu conteúdo por mais que uma vez como é o caso só pode ter um nome, onanismo -> “Então o melhor jogador do Mundo, o Cristiano que eu vi chegar a Alvalade com onze anos trazido pelo Dr. Marques de Freitas e pelo seu padrinho (o senhor Fernão), o Cristiano Ronaldo que gostava de ver os juniores nos sábados à tarde sentado ao meu lado e do grande José Travassos (o primeiro português a jogar na selecção da Europa) no banco verde que ficava em frente às cabinas do velho campo número dois, o Cristiano Ronaldo, esse mesmo, desaparece da legenda do Diário de Notícias.”

    ao que este blogue chegou!

  8. joão P. carvalho,

    Sim, a autobiografia não é sempre o mais fascinante dos espectáculos.

    E agradecemos a sua preocupação com o Aspirina, que, creia, nos enternece.

  9. A melhor resposta ao erro do «D.N.» foi a eleição pelos colegas jogadores em Inglaterra do Cristiano Ronaldo como o melhor jogador do campeonato. O resto é treta e confusão entre mensageiro e mensagem.

  10. agrada-me a resposta do senhor francisco.
    é como aqueles ‘sabichões’ que respondem a uma qualquer discussão de futebol com o “ganhámos não ganhámos? então cala-te”.
    agora que o post é do mais reles que leio regularmente aqui, disso nem a comissão arbitral das simulações da premier league o salvam.

  11. Fernando Venâncio:
    E quem lhe garante que foi o DN que se enganou? :) Já pensou nisso?

    E o sr. também não me soube ler… a arte de saber ler um comentário é tão importante quando a de ler um post de um bom blog… :) Bons posts!

  12. Caro Luís
    O DN e os jornais em geral (no que eu me vou meter) são para levar a sério? E não os levo muito a sério. Provavelmente o “legendista” não reconheceu o no nome o “Cristiano Ronaldo” e terá pensado que era um outro Ronaldo (talvez brasileiro) qualquer. Quando os “legendistas” portugueses já não percebem de futebol estamos mal, muito mal. Qualquer dia também não entendem de Fado e só sobrará a Nossa Senhora de Fátima (estou para ver a legenda à próxima estátua que lá vai ser erigida).

  13. Quem diz que o Ronaldo foi esquecido, quando o esquecimento pode ser de qualquer um do 3, é o mesmo tipo de pessoa que sobre os jogos faz comentários deseducativos, do tipo:
    – O golo decisivo foi marcado…(parece que vale + que os outros golos).
    – Teve sorte em marcar no minuto 90 (quando nunca ouvi dizer – teve sorte em marcar, p/ ex., no mn 67 – e há + golos marcados no mn 90 que 67 !)
    – A equipa A teve sorte p/ o guarda-redes de B errou (então está-se perante sorte/azar ou mérito/demérito ? ).

    Probabilidades e estatística não será o seu forte !

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.