Consulta de mapa

Factos: mesmo atirando com o país ao charco, como vão fazer com o entusiasmo dos cegos com um par de rollerblades, este governo é estável e dura até 2015. Não vai haver demissão, nem com o segundo, nem com o terceiro pacote de ajuda, porque quem atira com os cidadãos aos lobos simplesmente para conquistar o poder não vai concerteza abdicar dele só porque estamos a ser devorados. É para o lado que dormem melhor. E é sempre possível contar mais mentiras desde que se ponha uma cara séria e se tenha as pessoas certas nos lugares certos nos media. E eles põem, e têm.  Não vai haver dissolução, porque a criatura que empesta o Palácio de Belém é a exacta definição de uma múmia: por dentro dos dourados e pompa da instituição resta agora apenas um cadáver. Golpe de estado só no twitter. Não é de certeza por aí.

Por isso, tendo em conta estes factos, algumas realidades políticas igualmente duras: não adianta a ninguém estar neste momento a gastar muitos cartuchos, porque é demasiado cedo. Parece uma eternidade para quem vê o presente negro e o futuro inexistente, mas politicamente ainda agora começou. Seguro sabe isso, por isso se entretém a tentar blindar o seu poder interno em vez de fazer oposição, as centrais sindicais sabem isso, daí as manifestações generalistas e apagadas apenas para manutenção e testes da máquina, o António Costa e restantes pretendentes sabem isso também, por isso não fazem para já nenhuma jogada visível. O António José que atravesse o deserto. A oposição mais vocal está entregue a Louçã, não só porque é o que Louçã faz, mas também porque limpar a imagem do BE vai levar bastante tempo e quanto mais cedo se começar melhor. Resumindo, só lá para meados de 2013 é que se vai ver alguma agitação, algum brandir de armas, algumas vozes mais fortes, em preparação de 2014, o ano decisivo da contestação. O jogo político é, neste momento, longo.

Entretanto, estamos entregues a nós mesmos.

8 thoughts on “Consulta de mapa”

  1. É a realidade! Entregues tristemente a nós mesmos e ainda aos lobos que nos devoram. O Governo faz o que quer, oposição não existe, os sindicatos estão desacreditados. Só se nascer qualquer movimento inorganico que faça desabrochar as almas e as leve para a rua numa luta consequente se poderá esperar por melhores dias. No entanto, eu já não acredito nisso. Este nosso povo, depois de séculos de inquisição e 50 anos de ditadura fascista, perdeu a capacidade de levantar a cabeça e deitar a canga ao chão. Com a ajuda de Seguro e Cª. teremos governos de direita durante toda a legislatura e, possivelmente, por muitos mais anos depois disso. É este o meu triste desânimo; vi nascer a esperança no 25 de Abril. Como é possível que aquele povo que tão entusiasticamente estava na rua nesses dias esteja agora tão apático.

  2. josé,

    viste o que a Isabel Moreira tem feito? Viste o video do João Galamba no parlamento que o Val aqui postou? Tens acompanhado as declarações do Basílio Horta? E do Silva Pereira?
    Eu sei que são poucochinhos, sobretudo porque os media também não lhes ligam pevas, mas dizer que não existem, talvez seja um pouco exagerado…Mas compreendo onde queres chegar. Se isto continua assim, o PS fica com menos votos que o CDS nas próximas eleições.

  3. É isso que digo justamente num outro comentário; felizmente, para além de Isabel Moreira restão alguns (poucos) deputados no GP do PS que ainda fazem barreira contra este resvalar para o abismo a que estamos a assistir. É o que se verifica agora com a discussão sobre o projecto do tratado sobre a estabilidade, coordenação e governabilidade na UEM, que outra coisa não é que a negação e esvaziamento do pilar fundamental da democracia em Portugal: a Constituição da República

  4. percebo perfeitamente o mapa de que falas, Vega. Não tem fronteiras nem fim à vista, a não ser nós mesmos, o nosso íntimo individual para lidar com a desgraça. Por isso, passo depropositadamente para um mapa muito íntimo, muito real, o mapa da Tasmânia (já está repetido, eu sei,mas posso dar-me a estes luxos,que o Val disse que eu era dj do aspirina)

    (PS- já puxei alguns fãs por via do isco musical e depois vão ao resto; a cantiga é uma arma)

    http://www.youtube.com/watch?v=s-GQ63NStxk

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.