Vamos lá a saber

Não tem nada a ver, só quero aproveitar a oportunidade de estar rodeado de grandes cérebros para que me esclareçam sobre uma grande duvida que não pára de me atormentar.

Pacheco Pereira, Lobo Xavier e todos os outros furiosos inimigos de Sócrates e grandes crentes da sua culpabilidade e que se fartaram de elogiar Mário Soares pela sua lucidez e coragem, estarão convencidos que o homem que fez várias visitas a Évora, e disse o que disse a esse propósito, estava lelé da cuca ou era um inocente enganado pelo diabo?


__

Oferta do nosso amigo Pandil

.

11 thoughts on “Vamos lá a saber”

  1. nada disso. são apenas pessoas que sabem alguma coisa de biologia e que não ignoram que as rugas e decadência não são só externas . aquele cérebro a partir dos 70 começou a patinar .

  2. Yo man, estás enganado , não é isso.
    Em 2013 , aos 89 anos, convocou a esquerda para a Aula Magna, em combate à troika e o Pacheco mandou uma cartinha a apoiar, nem lhe passou pela cabeça que fosse demência.

  3. “… nem lhe passou pela cabeça que fosse demência.”

    e muito menos imaginou que viesse a dar geringonça. essa é a parte que lhes dói e que assobiam para o lado a ver se dói menos.

  4. Valupi, tu e troupe do Aspirina B podem dizero que quiserem sobre a longa vida de Mário Soares.
    Da minha parte, sublinho mais uma vez a nojice em que vivem.

    1. Deverias envergonhar-te.
    2. Agradece por mim ao teu amigo Pandilha, e diz-lhe:
    – um gajo decente disse que te fodas.

    .

  5. Estamos perante o efeito ‘trampa cm’ que os próprios pacheco, xavier, os fedorentos, do(s), seromenhos, clarinhas, jmtavares e uma pequena trupe de oportunistas afins criaram e desenvolveram, via opinativa nos media, com argumentos de purismo moralista que nunca usam mesmo em casos de corrupção racionalmente evidentes.
    Este efeito já corrompeu tanto estas cabeçudas quadraturas que o pacheco foi levado a fazer a apologia do ‘cm’ e agora sempre que quer referir-se a qualquer caso de corrupção só se lembra de citar o Sócrates e o Vara. Ele que política e partidariamente conviveu mui próximo com a rede de corruptos de gala do cavaquismo e foi colaborador íntimo do mais escroque e odioso corrupto que foi duarte lima, nunca lhe vem à memória do quadrado cérebro estes casos agudos de corrupção que bradam aos céus.
    Nos media são casos pontuais e raros os que têm a coragem de colocar a questão racionalmente para porem em dúvida toda a falsa arquitectura jurídica elaborada sob insinuações, ligações incríveis e provérbios populares que dão jeito para conversa de ocasião e jamais são argumentos jurídicos quanto mais provas.
    De Mário Soares todos elogiam mas lá vão contrapondo os “muitos erros que cometeu” sem indicarem um único erro cometido que a gente se lembre. O pacheco elogia-o no caso da “Aula Magna” porque se auto-elogia ao proclamar a sua participação nela e era contra passos mas o do, esse teve o desplante de dizer que Soares no caso Sócrates havia “ultrapassado o estado de sanidade”. E disso isto depois de dizer repetidamente que, mesmo quando foi dado como errado, o futuro sempre dera razão a Soares
    Que raio de critério e democratas são do e outros tais que, neste caso, o futuro ainda não se pronunciou e já estão dando o caso como sendo de insanidade do velho lutador inabalável quando o elevado dom intuitivo lhe dizia de que lado estava a razão?
    Atolaram-se numa mentira sempre repetida da qual não têm saída ou, cuja saída possível é passar a sem-vergonha de continuar a mentir enquanto vivam enganando os iguais que embarcaram no “efeito cm” irracionalmente.

  6. São manipuladores enredados na sua manipulação.
    A coerência das suas incoerências.
    A maldade com necessidade de auto-justificação.
    A canalhice assassina sem crime provado.
    A miséria que atola o mundo dos media convertidos em mírdea fedorenta e obscena.
    Ver cnn bbc sky é ver mãnhas.
    Velhas e velhos que tropeçam na retórica encomendada e mal estudada.
    Jovens seguidores de lição mal aprendida descabelando-se por um lugar na pilha de lixo onde chafurdam.
    Triste ver o defunto expresso numa meia-noite ensonada deprimida e desorientada no seu me too lixo.
    O velho e digno expresso à tona das suas tiragens um dia independentes vai empacotando livros para sair das bancas.
    Vão acabar todos nas redes sociais seus debates vociferados e maldosos e saberão como reagem os que sabem ler, ouvir e não ignoram.
    Talvez mudem um pouco como já se nota em parte do triste governo sombra enredado em debate canibal.
    Idem eixo e afins.
    9×9 igual a zero.
    Acompanho jose neves :
    – irracional.
    Bom dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.